25 abril 2010

25 de Abril, 36 anos depois, mais ‘ricos’ e mais instruídos!

Segundo, Isabel Madeira e João Paulo Madeira no Jornal Sol on line, "Em 1974 apenas um terço das casas em Portugal tinha duche. Com esgotos só 60%. Uma viagem entre Lisboa e Trás-os-Montes levava um dia inteiro e 26% da população era analfabeta. Mais de três décadas depois, a qualidade de vida melhorou e os portugueses ficaram mais ‘ricos’ e instruídos.(...)". É verdadeque muito da vida dos Portugueses melhorou, no entanto melhorou no todo para a classe dominante, em especial para os promotores da Revolução, o povo continuou na miséria e sem possibilidades de grande mobilidade social, nunca foram criados instrumentos de Justiça Social e as desigualdades são enormes! É uma vergonha que 36 anos passados, aínda existam dois milhões de pobres, e outros milhares de subsídiodependentes que de outra forma seriam também considerados pobres.
            Para ilustrar, estas facetas da sociedade portuguesa actual, basta verificar o nível salarial dos portugueses, o empobrecimento constante da classe média, e o enriquecimento ilícito das elites políticas e capitalistas. Portugal continua na cauda da Europa, e cada vez mais pobre, 36 anos depois do 25 de abril de 1974, somos o espelho da vergonha das classes políticas que nos governam.

3 comentários:

Beezzblogger disse...

Meu amigo Victor, de facto não podia estar mais de acordo, realmente Portugal está cada vez mais na cauda da Europa, e a sociedade em geral (povo) está cada vez mais pobre. Constacto ainda que, o povo é sado-masoquista, é burro, entorpecido e bruto, é assim que digamos, uma pedra por lapidar. O que vejo, e para pena minha, é que o povo gosta de ser enxovalhado, espezinhado, gamado e burlado dia-a-dia, sem sequer mostrar os dentes (ai que vergonha sinto de pertencer a este povo).

"Sozinhos, nada podemos, juntos, temos o mundo na mão!"

Elementar, meu caro amigo, elementar.

Abraços Revolucionários do
@Beezz
Carlos Rocha

david santos disse...

Olá Victor!
O povo tem aquilo que merece. Enquanto as pessoas honestas e trabalhadoras não se convencerem que a luta de classes, em Portugal, claro, prevalece e é para durar, não vai haver melhorias neste País. Para que não haja dúvidas, vamos ver o que o patrão da CIP oferece aos desempregados: baixar o subsídio de desemprego. Bandido! Não oferece postos de trabalho. Oferece miséria. Quanto ao futuro, ele vai ser igual ao passado: PS, PPD e CDS. Precisamente aqueles que roubaram o País fabricando banqueiros, gestores de empresas públicas e compradores de submarinos. Há muito que digo e repito: eles vão comer tudo. Se por acaso o povo não gosta de ser - comido -, porque não vamos a eles? Mais vale a morte que a má sorte.
Abraços

A. João Soares disse...

Caro Víctor Simões,

A parte inicial do seu texto fez-me lembrar um indivíduo que, para demonstrar os melhoramentos destes 36 anos, falava da TV a cores, dos imensos canais de TV por cabo, da Internet e da quantidade de computadores, principalmente dos portáteis, dos telemóveis que até já têm máquina fotográfica, etc., etc....
Realmente as evoluções nas tecnologias colocaram ao nosso alcance coisas maravilhosas. Mas tudo isso vem de fora, foi criado pela globalização e mau seria se cá não chegasse.
Mas naquilo que depende de nós, estamos realmente muito atrasados e, quanto à instrução, vemos nos concursos da TV vários licenciados que mostram menos saber do que antigamente se tinha com apenas a quarta classe.
A distribuição de muitos diplomas de cursos superiores não corresponde a um aumento da instrução dos portugueses em geral. No essencial sabe-se pouco, não se fazem contas à vida, o endividamento cresce, a falta de discernimento para não ir atrás das «pechinchas» que todos os dias nos são oferecidas, são aspectos preocupantes.

Um abraço
João
Do Miradouro

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas