08 novembro 2009

A luta de massas pode acontecer

aqui, por várias vezes, em posts e em respostas a comentários, foi manifestado receio de que, se o ambiente sócio-político não se tornar mais conforme com a moral e a ética e o Poder não se direccionar mais para os interesses nacionais, isto é, de todos os portugueses, criando mais justiça social, possam surgir formas de luta mais ou menos violentas para repor a estabilidade social, que agora é apenas aparente.

O artigo do Público online «Jerónimo de Sousa diz que luta de massas será incontornável», vem confirmar que esse receio não era lunático nem fantasista, mas apenas fruto da observação das realidades do País. Do artigo ressalta que à estabilidade social deve ser concedida mais alta prioridade do que à estabilidade governativa. Daquela resulta benefício para Portugal, desta apenas resulta benefício para o partido do governo e para os seus protegidos.

Segundo o artigo, os governantes têm de saber aprender a ouvir o povo, as pequenas e médias empresas, os funcionários, os trabalhadores por conta de outrem, os policiais e os militares, naquilo que são os seus legítimos anseios, as suas reivindicações, os seus direitos.

E têm que fazer tudo para acabar com o enriquecimento ilícito, a corrupção e o tráfico de influências que estão a corroer os alicerces da necessária confiança entre todos os portugueses. Para isso ter bom resultado é preciso também reduzir a burocracia ao mínimo indispensável.

Para os interessados no tema, aconselha-se a leitura do artigo cujo título, três parágrafos acima, serve de link.

2 comentários:

Gonçalo disse...

Vai-me desculpar, mas o link já nao está acessivel, e gostaria de ler esse artigo para, se calhar, melhor compreender realmente este post. Mas para já parece-me bastante óbvio que o que mais acontece, e a imagem que é mais transparente. É que os politicos debatem entre si o que mais lhes convém, e não o que mais convém ao povo, os que realmente interessam no meio disto tudo. Parece que o que acontece no parlamento fica no parlamento. Nunca há a euforia de algo de novo que seja bom, de uma grande melhoria. Será que o povo português se pode comparar a um "velho do restelo" ou realmente as coisas não estão a andar para a frente?

Posso estar errado... mas é para isso que cá estou também, para aprender.

A. João Soares disse...

Gonçalo,

Realmente,o link não funciona, embora o URL esteja certo.
Para ler o artigo pode procurá-lo no Público online de 7 de Novembro
com o título «Jerónimo de Sousa diz que luta de massas será incontornável». O URL com que opode entrar no Google é
http://www.publico.clix.pt/Política/jeronimo-de-sousa-diz-que-luta-de-massas-sera-incontornavel_1408846
Desta forma contornará esta dificuldade que não consigo remediar nem neste blog nem noutro onde publiquei o mesmo post.

Obrigado por ter aqui vindo e por me alertar deste problema

Abraço
João

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas