22 setembro 2013

MARINHO PINTO DESMACARA OS CORRUPTOS E NADA SERÁ COMO DANTES?

in: Não votem em corruptos




Após ver este video... Perante as graves revelações e factos
Portugal deveria estremecer.
O povo deveria incendiar-se de raiva, contra os que permitem
A dormência deveria acabar
A revolta deveria começar
O jogo corrupto deveria ter fim
Os corruptos deveriam abandonar o país, com medo e vergonha
Os portugueses deveriam escorraçar os que ficassem
E nada ficaria como dantes...
Se neste país de políticos indecentes
Habitassem portugueses e cidadãos, decentes.

Resumo do video.
Toda a crise teria solução, se os nossos políticos, e partidos políticos não fossem corruptos, há décadas Mas os portugueses continuam a defende-los e a atacar quem os denuncia...
"Pedro Santos Guerreiro, diretor do Jornal de Negócios, foi categórico: os canais de evasão para paraísos fiscais foram e continuam a ser protegidos pelas elites portuguesas e europeias." fonte
1- Até ao minuto 2.40, o resumo do caos que nos arruína.
- Em 2011, 25% da riqueza produzida em Portugal, não pagou impostos.
- Num só ano, excedeu mais de metade do valor do empréstimo pedido à Troika. 43,5 mil milhões de rendimentos não tributados.

- Este tipo de evasão fiscal é perpetuado na maior impunidade, pela chamada economia oculta. Na maioria através da corrupção, de negócios ruinosos para o estado e de facturação falsa com empresas fantasmas. - - Estas fortunas, resultantes destes negócios ilícitos, são transferidos para offshores, e regressam a Portugal livres de impostos, através de complexas operações de branqueamento de capital.
- Portugal com 25% de economia paralela, está muito acima da média dos países da OCDE, que é de 16%.
- Só para termos uma ideia dos reflexos criminosos que esta situação representa na economia portuguesa, caso estes rendimentos ocultos pagassem impostos, o PROBLEMA DO DEFICIT DESAPARECIA!
- E bastava que a percentagem da economia paralela fosse semelhante à média da OCDE, para que Portugal tivesses um deficit de apenas, 3,9%




Porque os governos e partidos não resolvem este problema grave?
2 - Marinho Pinto responde, ao minuto 2.47 -
"Não há vontade politica."
Há é palhaçada e folclore a fingir que querem combater estes crimes.
Os políticos são muitas vezes, antes, durante e depois dos cargos políticos, empregados das empresas que cometem estes crimes.
Basta ver os políticos que passaram pelo governo muitos já trabalhavam nessas empresas e outros, depois de sair dos governos, voltaram para essas empresas. Mesmo sem experiência nenhuma de gestão. Mas vão para administradores, pois negociaram em nome do estado, voltuosos interesses públicos.
Isto deveria originar um inquérito parlamentar, se tivéssemos um parlamento a sério, mas não temos, temos é um parlamento infiltrado por pessoas ao serviço desses jogos e desses interesses ocultos.
A quantidade de pessoas no parlamento, que patrocinam directamente interesses privados, com as leis que se produzem no parlamento, é um ESCÂNDALO EM PORTUGAL. Mas ninguém se escandaliza.
Aliás a única preocupação dos políticos e mesmo dos portugueses, é atacar e desacreditar as pessoas que denunciam isto.




3 - Minuto 4.40 - Em 2004 o vice presidente do Banco Mundial, que esteve em Portugal, disse que se não fosse a corrupção, nós poderíamos ter um índice de desenvolvimento económico, semelhante à Finlândia.
Em Portugal o capital não paga impostos, nem as grandes fortunas, só o trabalho é que paga impostos.
O problema em Portugal, que faz com que tudo continue a evoluir neste sentido, é que todos se preocupam em desacreditar, criticar e silenciar os poucos que denunciam a corrupção, por isso o grande mal será sempre o silêncio das pessoas honestas.
Já todos sabemos que o rei vai nu, mas será que vale a pena alguém avançar e dizer -
O rei vai nu? Ou que isto é uma choldra?

4 - Ao minuto 6.29, Marinho Pinto desvenda mais uma arma poderosa que eles, os corruptos, criaram para se proteger do povo e da justiça. Os tribunais arbitrais.
Tal como criaram as offshores para fintar as finanças, também os tribunais arbitrais foram criados para corromperem a justiça.
Veja bem o descaramento descrito nas palavras de Marinho e Pinto. O que se esconde por trás dos tribunais arbitrais, onde se ocultam os saques descarados aos portugueses. Só os muito ricos possuem dinheiro para constituir um tribunal arbitral, onde os juízes são escolhidos pelos interessados... ??? Não perca esta escandalosa explicação, da forma como eles dividem o saque.

Mas... As pessoas continuam a atacar Medina Carreira, Paulo Morais, Marinho e Pinto, sem se preocuparem com o que eles denunciam... somos um país de cobardes? Quando o génio aponta para a lua, os idiotas olham para o dedo, é um ditado muito aplicável. As pessoas não percebem que quem ataca estes senhores, apoia os corruptos?
Que se estes senhores quisessem, estariam lado a lado com os corruptos, muito confortáveis e ricos, a ajudar ao saque? Será assim tão difícil perceber isso?
Medina é atacado porque já lá esteve e não fez nada, como se fosse possível um só homem derrubar uma máfia organizada. Medina é mau porque afirma que se deve reformar o estado social, como se todos não soubéssemos que é uma verdade, dolorosa mas eminente. Não o quisemos fazer a bem, agora está a ser feito à bruta, com inocentes a morrer.
Criticam Marinho Pinto porque foi PS... nem percebem que neste mesmo video, se ele denuncia a justiça e a corrupção em geral, e ainda neste outro, como se pode constatar, é óbvio que ele está a denunciar também o PS.

Não faz sentido tentar desacreditar uma pessoa que denuncia a corrupção de todos os governos/partidos, afirmando que é de um partido? Somos tão fáceis de enganar? Ainda não perceberam que estes senhores são vitimas dos políticos? E os políticos, continuam a confundir-nos?
A partir dos 8 minutos, descrevem-se mais casos de corrupção, mas da triste justiça portuguesa que protege ricos e não vitimas... Conta que um jovem, comprou uma espingarda, decidiu matar o pai da namorada, mas foi absolvido, porque o pai é juiz desembargador e a mãe é procuradora.

E é com o silencio dos justos que os criminosos se regozijam...
Quem paga mais, para compensar a fuga de impostos?
As protecções aos ricos, com desculpa esfarrapada.
Pergunto... Afinal quem não é o corrupto?
Paulo Morais, convidou os corruptos a terem mais vergonha, neste video.

Caiado Guerreiro afirma que a luta contra a corrupção, em Portugal, é areia para os olhos.

"Grécia vai investigar fuga ao fisco denunciada por relatório de jornalistas
O governo grego decidiu avançar com uma investigação sobre as contas de empresas 'offshore' de uma centena de serviços fiscais desconhecidos, cuja existência foi revelada por relatório elaborado por um grupo de jornalistas a nível mundial." fonte

"Hollande declara guerra a paraísos fiscais e obriga ministros a revelar património. Os bancos franceses vão ter de revelar, todos os anos, uma lista com todas as subsidiárias estrangeiras. Lei de moralização da vida política, hoje anunciada, incluiu ainda a divulgação do património dos ministros. Património dos ministros será público
Esta medida faz parte da lei da moralização da vida política, hoje apresentada por Hollande e discutida em conselho de ministros a 24 de Abril. A lei é, segundo o “Le Fígaro”, baseada em três eixos centrais: além da erradicação dos paraísos fiscais, Hollande incluiu a luta contra a fraude fiscal e a corrupção e a transparência sobre o património dos representantes políticos eleitos. " fonte

Em Portugal continua tudo na mesma... a corrupção, a fraude e fuga ao fisco, são actividades protegidas e incentivadas pelos governos.
Grécia, Islândia e Chipre estão a apurar as responsabilidade dos politicos e banqueiros nas crises, e alguns já foram julgados e condenados. Na Alemanha e na Grécia, os envolvidos no caso dos submarinos, já foram condenados.
Em Portugal, perseguem-se os que denunciam. Marinho Pinto, conta neste video como é que, na justiça, se luta para silenciar quem denuncia a corrupção.
  • Um video animado que explica como é que os ricos decidem quem fica rico e quem fica pobre, com o apoio dos governos.
  • Um outro video, que foi banido, que mostra como os governos querem ocultar a verdade sobre a protecção aos ricos. Os governos dizem ao povo que tem que proteger os ricos porque são eles que movem a economia. Será? Veja o video, ou olhe para o que está a acontecer em Portugal.
  • E ainda este video de 2 min, que explica o papel fundamental da classe média.
  • A PT um exemplo de fugas fiscais, legais e gigantescas

Sem comentários:

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas