20 março 2010

POESIA: SONHOS REAIS

POESIA: SONHOS REAIS

É a grande Luz que em nós reside em cada dia
É o sentir humano que nos enche de esperança
É a alegria na correria e nos risos de uma criança
É o nosso amar declamado e escrito em poesia

É um interior a fazer saltar a realidade ao exterior
É um sofrimento que procura quem o veja sofrer
É uma verdade que deve mostrar-se, não se esconder
É um sítio onde a saudade existe e mora muita dor

Amor dos bons sonhos e da alegria
Amor dos amantes e dos amores
Amor conduzido pela Nobre poesia

Onde ninguém se engana nem há rancores
Onde ninguém sofre de ilusão doentia
Onde, como diz a poesia, só há jardins e flores

David Santos

1 comentário:

Ana Martins disse...

Caro David,
os sonetos são o genero de poesia que mais gosto. Este está muito bonito, parabéns!

Beijinhos,
Ana Martins

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas