10 junho 2010

10 de Junho

Estou a ouvir o toque de silêncio nas cerimónias do 10 de Junho presididas por Sua Excelência o Presidente da República e medito no que seria esta cerimónia no próximo ano se fosse presidente o locutor da Rádio de Argel a quem se deve a morte de alguns daqueles falecidos em combate a quem neste momento se presta homenagem.

Valerá a pena meditar neste pormenor nacional da história recente e no momento futuro próximo de que nestes dias se fala.

9 comentários:

Saozita disse...

Olá João Soares, essa parte da história muitos poucos bloggers a conhecem, não seria interessante aqui explicar ao que se refere?

Sabendo que se refere a Manuel Alegre que foi comentador da rádio Argel durante 12 anos, e que o seu desempenho, foi classificado de traição a Portugal, para além de desertor quando foi escalado para uma missão em Angola.
Realmente dá para meditar, e pensar nas voltas que a vida dá, especialmente relativamente às culpas que lhe são assacadas na morte de militares portugueses originadas pela revelação de informação militar secreta, que se obtinha dos prisioneiros e desertores do exército português.

Relativamente às homenagens aos combatentes portugueses, são mais uma hipócrisia, portugal esqueceu esses mortos que morreram ao serviço da pátria e abandonou as famílias dos mesmos.

Ex-combatentes deficientes das Forças Armadas, vivem actualmente em condições de miséria e sem o apoio devido.

Um beijo

Beezzblogger disse...

Sãozita, para os mais incautos, como sugere, foi feito uma explanação desse assunto, no blog "Pulseira Electrónica"

Podem ver aqui: http://pulseiraeletronica.blogspot.com/2010/05/o-pais-esta-saque-e-os-traidores.html

e aqui:
http://pulseiraeletronica.blogspot.com/2010/05/o-pais-esta-saque-e-os-traidores.html

Cts
Beezz
Carlos Rocha

direitinho disse...

A Sãozita tem razão.
Muitos morreram como cães sem dono e os que regressaram deficientes continuam abandonados sem respeito algum.
Andei na Guiné. Posso falar.
Hoje somos um peso para este estado onde os prémios são dados aos aos foragidos e os lugares de honra aos malabaristas que vão destruindo o nosso país e os nossos costumes e tradições, roubando-nos a saúde a educação e até o direito de reclamarmos....

A. João Soares disse...

Caros Amigos,

Há realmente muita gente que não sabe e não compreende o que se passou. O link colocado pelo Beezz conduz a um texto cuidadoso e bastante completo.

Na verdade não há provas de alguém ter morrido por culpa de Manuel Alegre. Mas tal hipótese é verosímil e provável porque a sua intervenção regular na Rádio Argel era orientada para estimular e impulsionar os combatentes guerrilheiros contra as tropas portuguesas e muitos dos nossos jovens morreram em emboscadas efectuadas e minas colocadas por eles.
O povo diz que é «tão ladrão quem vai à vinha como quem fica à porta».
Mas realmente ninguém afirma factualmente que o nosso poeta matou algum militar ou mandou matar qualquer deles.

Porém, o que hoje salta á meditação é a hipótese de no próximo ano o PR que fará o discurso de conforto e estímulo aos militares poder ser o autor de tais propagandas a partir de Argel, contra os militares portugueses. Não sei como isso poderia ser aceite e que reacções haveria.
Mas, o povo passa indiferente a tudo isso e coisas piores!
Abraço
João
Só imagens

Lina-solopoesie disse...

Saozita
Come sono felice di conosceti... Sono corsa nel tuo blog per leggere i tuoi post. Io al contrario di te non consco la tua

lingua .. perchè non posti il traduttore' se vuoi te lo mando io? certo non e perfetto ... ma si capisce molto.
Comunque sono felice di aver fatto la tua conoscenza... Verrò spesso da te come spero che tu farei con me!
UN GRANDE ABBRACCIO
LINA

Prof. Irapuan Teixeira disse...

Pois, meu caro João Soares, eu gostaria de perguntar e não comentar. Não gosto de comentar política que não seja a do meu país (o Brasil), mas como morei em Portugal (Porto e Lisboa) e também estudei nesse país irmão, pergunto: o Cavaco ainda se mantém no poder? E essa história da Educação Sexual? Os portugueses vão deixar acontecer em suas escolas o que já aconteceu no Brasil? Eu sou Professor (Universitário) de Profissão, tenho alguns Blogs em que insisto em brigar pelo educação primeira que é a da família, mas saber que Portugal caminha na mesma linha errada que o meu país andou percorrendo me assusta. Forte abraço.

A. João Soares disse...

Caro Professor Irapuan Teixeira,

Agradeço a honra que me deu com a sua visita e o comentário que se f´dignou deixar e que transcrevi, com uma pequena omissão, na resposta a um comentário no blog Sempre Jovens sobre o professor. Transcrevo aqui o meu texto sem incluir este seu comentário:

«O professor é uma peça indispensável da formação da sociedade, do valor de uma Nação. Precisa de ser aproveitado numa estrutura racional, eficiente, honesta com sentido de Estado, responsável e responsabilizante, coisa que o nosso ministério da Educação não tem sabido ser.

Transcrevo parte do comentário do Professor universitário brasileiro Irapuan Teixeira no post "10 de Junho":
«...»

... não precisamos de inventar nada, bastando olhar para o que se passa lá fora e aproveitar o melhor. Mas, infelizmente, sendo os políticos o pior da nossa sociedade, parece ter sido escolhido para o principal ministério, o da Educação, o refugo daquilo que o partido pode juntar.

Peço-te que me envies ou publiques algo que se refira ao programa «plano inclinado» de ontem onde ERNÂNI LOPES apresentou esquemas de grande interesse e lucidez sobre a preparação do nosso povo para amanhã. O Portugal do futuro exige grandes mudanças na mentalidade das pessoas, a começar pelos governantes.
São de temer as perguntas dos nossos netos. Porque é que vocês deixaram chegar Portugal a esta situação?»

Caro Prof Irapuan Teixeira, concordo consigo quando diz que o primeiro degrau do ensino, da educação reside na família. Costumo dizer que a educação se inicia no momento em que a mãe dá a primeira mamada ao bebé. Desde o primeiro momento de vida, a criança deve ser treinada para viver em sociedade, respeitando os seus próximos, interagindo com eles seguindo regras de civismo, com direitos e deveres. Ao contrário do que dizem alguns psicólogos, a criança não deve ser deixada ao abandono com os seus caprichos, os próprios animais selvagens ensinam às crias regras de convivência na manada.

Muito obrigado e apareça mais vezes com os seus estímulos para análise dos principais problemas com que nos deparamos.

Abraço
João

Saúde e Alimentação

O Guardião disse...

Talvez as duas amigas do poeta levem avante a ideia de acabar com alguns feriados e este também seja um deles, evitando-se assim o embaraço do dito.
A minha idade leva-me a conhecer bem o assunto e a conhecer ainda melhor o poeta e o seu actual "inimigo" Soares que também tem episódios pouco edificantes no currículo. Podia juntar também um outro figurão xuxalista que em Moçambique também fez das boas aos seus compatriotas, mas fico enjoado só de pensar nessa gente.
Cumps

A. João Soares disse...

Caro Guardião,

Já que fala desses figurões, sugiro que visite o post que publiquei há um ano e um dia que pode abrir com este link
Memória de 13 de Junho de 1974.

Um abraço
João
Do Mirante

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas