26 outubro 2008

A crise do capitalismo e a importância actual de Marx

"Karl Marx está de volta. Pelo menos, este é o veredito dos editores e livreiros da Alemanha, que asseguram que suas obras estão a desaparecer das estantes. A crescente popularidade é imputada, à crise económica em curso." ''Marx entrou de novo na moda'', diz Jörn Schütrumpf, da editora Karl-Dietz, que publica as obras de Marx e Engels em alemão. "
Por Kate Connolly no jornal britânico The Guardian
Alemães em número crescente parecem dispostos a se proclamarem fãs de Marx, numa época em que virou moda repetir a crença do filósofo, de que o capitalismo com seus excessos de cobiça terminaria por se destruir. Quando Oskar Lafontaine, líder do crescente partido de esquerda alemão Die Linke (A Esquerda), disse que incluiria a teoria marxista no manifesto da nova sigla, para sublinhar seus planos de estatização parcial das finanças e do sector energético da nação, foi taxado pelo tablóide Bild de ''maluco esquerdista'' que ''perdeu o rumo''. Mas agora o ministro das Finanças da Alemanha, Peer Steinbrück, que deve ter perdido algumas noites de sono nas últimas semanas, que se declarou também um fã: ''Em geral, é preciso admitir que certas partes da teoria de Marx na verdade não são tão ruins assim'', disse cautelosamente à revista Der Spiegel.

A falta de crença, nos actuais modelos de gestão económica, sobretudo nas teorias neoliberais e na economia de mercado têm levado vários estudiosos, a uma análise crítica destas políticas!

“Em entrevista a Marcello Musto, o historiador Eric Hobsbawm analisa a atualidade da obra de Marx e o renovado interesse que vem despertando nos últimos anos, mais ainda agora após a nova crise de Wall Street. E fala sobre a necessidade de voltar a ler o pensador alemão:

“Marx não regressará como uma inspiração política para a esquerda até que se compreenda que seus escritos não devem ser tratados como programas políticos, mas sim como um caminho para entender a natureza do desenvolvimento capitalista”.

1 comentário:

Beezzblogger disse...

Outro histórico de esquerda, da verdadeira, daquela que defendo, afinal tinha razão, isto descambou, agora até o vira-casacas do Durão "Cherne" Barroso, ex-PCTP/MRPP, diz que é preciso tomar medidas sem precedentes, e ele, que bajulou o Bush, que medidas tomou em conjunto com o Blair, Aznar e companhia limitada?

Corja da corja, escória de escumalha, vendilhões e escroques que agora rezam dia e noite para que não se lhes acabe a "Mama"...

Abraços do Beezz

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas