21 outubro 2008

Pútrida heroína



Embrulho-me em palha húmida
quase moribunda.
Fedem a vómitos delirantes,
consumidos pela puta da vontade de te desejar tanto.
Quando me cruzei contigo pela primeira vez,
eras tão pura, idílica,
miragem perfeita da minha visão distorcida da vida.
Trazias-me paz, esquecia-me do mundo,
eu era um herói, o teu herói!
Prometeste-me fidelidade, amor, loucura…
e eu acreditei, como um cego do teu sabor,
nas promessas que se transformavam
em sombras tão anímicas...

Fui cevando esta vontade de te querer
- como um cão vadio -
e tu, sempre bela e feiticeira,
com a tua força sedutora, domavas as minhas fraquezas,
queria apenas mais uma dose.

Ilusões, só ilusões…
que me transformaram num escarro sebento,
sustentado por um proxeneta do meu próprio corpo.
Larga-me maldita!
Não aguento mais esta seringa
que troco nas esquinas das orgias
que procuro nos urinóis abandonados.
Já não tenho mais nada para te dar...
...agora que já me levaste tudo...

Leva-me agora a vida, pútrida heroína.

Conceição Bernardino

8 comentários:

Ana Martins disse...

Uma dura realidade que nos atormenta o dia-a-dia.
Parece que cada vez mais aumentam os prisioneiros da droga, e nem sequer dá para entender, dada a informação que hoje temos a toda a hora e instante.

Belíssimo o poema!
Oxalá seja lido por muitos milhares de jovens, talvez os faça pensar, e evite que muitos entrem por estes caminhos onde tão dificil é recuar.

Beijinhos

victor simoes disse...

Viva Conceição. Gostei deste teu poema, a droga, qualquer que seja é sempre motivo de alienação do individuo. O flagelo das sociedades modernas, com a desagregação da familia e tudo o advem por arrasto.

Bj

Táxi Pluvioso disse...

Não foi a heroína que conheci.

Zé Povinho disse...

Uma ilusão que se paga caro, muito caro mesmo.
Gostei.
Abraço do Zé

Isabel-F. disse...

uma triste realidade ...


parabéns pelo poema.


bjs

david santos disse...

Duro! Muito duro!
Parabéns.

Conceição Bernardino disse...

Obrigada a todos pelos comentários sobre uma realidade de olhos fechados.

Beijos

Nativo disse...

Trafico haverá sempre,a solução passa por substituir o trafico existente de drogas pesadas por drogas leves como axixe e ervas.
Como consegui lo?Indo ao topo da cadeia.Quem?Os que conheçem esse mundo,não do consumo sobretudo mas de como funciona o trafico.Há gente a fazer isso?há....e portanto há esperança,e para quem está no terreno a fazer isso é importante haver blogs destes a chamar atençao para isto.
Peço vos permissao para por o vosso blog nos favoritos do meu blog recentemente criado e ainda em desenvolvimento.
Posso?

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas