06 outubro 2008

Pedroso, desiste de 49 crimes, contra blogger

O deputado do Partido Socialista, Paulo Pedroso, desistiu na passada Sexta -Feira 03 de Outubro, de uma queixa apresentada contra o autor do blogue Do Portugal Profundo, que estava a ser julgada no Tribunal da Boa Hora, em Lisboa.
António Caldeira, responsável pelo conteúdo do blogue, estava sentado no banco dos réus acusado de 49 crimes por difamação. Pedroso queria ainda uma indemnização cível no valor de 150 mil euros. Mas, na oitava sessão do julgamento, o deputado socialista desistiu da queixa.

Na base da queixa apresentada por Paulo Pedroso estavam textos divulgados no blogue, no ano de 2004, relativos ao processo da Casa Pia. O deputado terá tentado que o arguido pedisse desculpa, mas segundo apurou o Portugal Diário isso não aconteceu.

José Maria Martins, advogado de António caldeira, confirmou ao Portugal Diário a desistência do processo.

Pedroso pagou os 2500 euros ao bloguer

O deputado do PS terá também pago a António Caldeira, esta sexta-feira, a indemnização de 2500 euros a que foi condenado, numa primeira instância e que, após recurso, viu o tribunal da Relação de Lisboa confirmar.

in: Diário IOL .pt

8 comentários:

victor simoes disse...

Para mim, é claro que o Paulo Pedroso, verificou que não estava a lidar com nenhum coitado, sem defesa. E como sabe que não tem razão, ficou-se que foi melhor, para si próprio.

Parabéns, ao nosso amigo e blogger, José Balbino e ao Dr.José Maria Martins!

Enquanto houver justiça, vamos acreditando no sistema!

A. João Soares disse...

Caro Víctor Simões,
Aquele conhecido político pediu indemnização para lavar a imagem mas tinha perdido a melhor oportunidade para a lavar, quando apresentou queixa, por difamação, contra seis ex-alunos da Casa Pia e ainda Carlos Silvino (Bibi), por durante «a fase de inquérito» do mega-processo «não terem deposto com verdade». Após ter sido deduzida acusação, a defesa dos jovens pediu abertura de instrução, mas o 4º Juízo do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu-se pela «não pronuncia dos arguidos». «Não estavam preenchidos os requisitos para os arguidos serem pronunciados pelos crimes de difamação e injúria, nem tão pouco pelo crime de falsidade de testemunho e denúncia caluniosa». O tribunal decidiu não dar razão ao ex-deputado socialista e nenhum foi a julgamento.
E o queixoso, aceitou silenciosamente sem ter apresentado recurso, no qual teria ocasião para provar que não é pedófilo. Não recorreu nem provou, e ficou como certo aquilo que denominou como «difamação e calúnia».
Era, mesmo, caso para recorrer aos tribunais internacionais contra esta falha dos tribunais portugueses! Era momento para esclarecer rigorosamente até aos mais ínfimos pormenores, este caso! Ou será que já concluiu que lhe teria sido mais favorável ter ficado sossegado, em vez de incriminar os ex-miúdos?

Na altura, escrevi: E, perante a decisão do douto tribunal, fica para sempre a dúvida: ele é ou não pedófilo? No caso de o ser, é passivo ou activo?
Como o tribunal disse que não havia provas a favor da queixa de Pedroso, ou seja que os meninos que o acusaram não o difamaram, nem injuriaram e nem praticaram falsidade de testemunho nem denúncia caluniosa, pode concluir-se que aquilo que disseram era verdade?
Será, mesmo, verdade ou não verdade aquilo que essas testemunhas disseram?
Uma situação complicada que nada agradará ao Pedroso, para limpar a sua folha de serviço!
Como irá ele lavar a face, depois desta decisão do tribunal.
Agora, passado este tempo, vê-se que quer lavar a face com dinheiro, estranho detergente!!!
Estas considerações aplicam-se integralmente à sua desistência da queixa contra o bloguista António Balbino Caldeira.
Afinal, ele não é parvo, evitou a lavagem de mais roupa suja em público, que só viria piorar a má imagem que já criou (ou lhe criaram mas de que não se quer limpar!)
Abraço
A. João Soares

david santos disse...

Olá!
Aqui não é só um que se está a lavar, são mais: Pedroso e "tribunais".
Abraços.

David Santos

vermelho disse...

É muito bem feito!
Mas continuamos com um problema: quem paga o sofrimento das crianças?
Abraço.

stériuéré disse...

Pois se é ou não pedófilo, não sei, mas que o senhor agora até está mais gordo , está!
Deve ser com o excesso de trabalho forçado.Tadinho!

Beezzblogger disse...

Eu ainda vou ver o estado a penar (nós todos) para pagar indemnizações chorudas aos arguidos da casa pia...

Vai ser um fartote...

Abraços do Beezz

Ana Martins disse...

Parabéns ao bloguista António Balbino Caldeira.
Quanto a Paulo Pedroso, ele lá
sabe por que desistiu.
Ele e não só, pairam no ar as dúvidas, se é que as há!!!

Eu só digo: Coitadas das pobres e indefesas crianças que caiem nas mãos dos monstros que infelizmente há por este mundo fora.

Beijinhos

Mário Relvas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas