07 junho 2008

AFINAL HÁ GRANDES RABOS DE PALHA...

Parece-me que afinal, há grandes rabos de palha e não admira que a banca seja o sector mais privilegiado, face a estas notícias, do “Correio da Manhã” na sua edição de 2008/06/06, dando conta do seguinte, e passo a citar:

Quatro dos seis partidos com representação na Assembleia da República têm uma dívida aos bancos total de cerca de 11,2 milhões de euros. Entre PS, PSD, CDS-PP e BE, os sociais-democratas encerraram a conta de 2007 com a dívida bancária mais alta: justamente 6,97 milhões de euros. Ao todo, entre dívidas de médio, longo e curto prazos, PS, PSD, CDS-PP, PCP, BE e Os Verdes têm uma dívida total a terceiros de 17,4 milhões de euros. (note-se que o PCP, só se insere na dívida a terceiros, juntamente com Os Verdes)

As campanhas eleitorais são a maior fonte de despesas partidárias. No final de 2007, PS e PSD tinham as mais elevadas dívidas aos bancos…

Ora, com esta panóplia de dívidas, os seus membros partidários ficam reféns da banca, que quando vão para o poder, como o PS neste momento, fazem as políticas de agrado ao grande capital, bem como com as promessas de tachos para quando estes sairem do poder, ingressarem na Banca como tem sido apanágio destes últimos anos.

Saliento ainda o facto, do PCP não estar inserido nas contas destas dívidas, e pouco me importa que me chamem “Comuna”, apenas constato um facto muito importante que os média pouco frisaram, apenas saiu esta notícia e é preciso andar muito atento para se conseguir acompanhar estas danças.

5 comentários:

Beezzblogger disse...

.|.

A. João Soares disse...

Caro BEEZZ,
Boa malha!!! Toca mesmo na nota certa. Com isso estão relacionados os «tachos dourados» que dariam mais de que falar do que o caso do «apito dourado».
Os bancos e as grandes empresas é que mandam no País, em conluio com os políticos que desempenham um papel passivo, à espera do tal «tacho dourado» Onde estão anichados os ex-governantes e deputados? Uma relação dessas sinecuras, será bem elucidativa. Não é só a Mota-Engil, nem a GALP, nem a CGD, o BCP, o Banco de Portugal, a Iberdrola, há muito mais.
Faça-se essa lista, juntem-se os ordenados chorudos e as «reformas milionárias» e depois ficamos esclarecidos...
Um abraço
A. João Soares

david santos disse...

O nosso (poder), PS, PSD e CDS, sempre foi dominado pelo outro PODER: o dinheiro.
Mas continuará a sê-lo.
A não ser que o povo lesado, humilhado e ofendido por esses (sacanas), lhes comece a dar a matar.
Se assim não for, fica-te Portugal cada vez pior. Mas era bom não esquecer a UGT. Também deve andar dentro dos mesmos sacos.
Abraços.

David Santos

Beezzblogger disse...

Oh amigo David, então a UGT é o caso mais flagrante desta corja, e o caso Torres Couto, em que é que ficou?

É mais um caso para dizer, dasssss!!!!

Abraços do Beezz

OBS: vamos correr com estes sacanas de merda á bomba??? que me diz?

victor simoes disse...

A promiscuidade entre políticos e a Banca, assim como os grandes grupos económicos, deveria ser investigada, o apito dourado é brincadeira de crianças, comparado com os compadrios, e a corrupção que está instalada nos corredores do poder.

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas