22 junho 2008

Os sete sapatos sujos

Havendo aqui vários posts recentes com belos comentários que focam a esperança de uma nova era, de modernidade, é oportuno trazer aqui este pequeno texto de Mia Couto.

O escritor moçambicano Mia Couto, também licenciado em Medicina e Biologia, fez uma oração de sapiência, na abertura do ano lectivo do Instituto Superior de Ciências e Tecnologia de Moçambique, tendo sido publicados excertos desta oração no “Courrier Internacional.

Destacamos... “Os Sete Sapatos Sujos”:
Não podemos entrar na modernidade com o actual fardo de preconceitos.
À porta da modernidade precisamos de nos descalçar.
Eu contei “Sete Sapatos Sujos” que necessitamos de deixar na soleira da porta dos tempos novos.
Haverá muitos. Mas eu tinha que escolher e sete é um número mágico:

Primeiro Sapato: A ideia de que os culpados são sempre os outros.

Segundo Sapato: A ideia de que o sucesso não nasce do trabalho.

Terceiro Sapato: O preconceito de que quem critica é um inimigo.

Quarto Sapato: A ideia de que mudar as palavras muda a realidade.

Quinto Sapato: A vergonha de ser pobre e o culto das aparências.

Sexto Sapato: A passividade perante a injustiça .

Sétimo Sapato: A ideia de que, para sermos modernos, temos que imitar os outros.

11 comentários:

Helder Ribau disse...

brilhante... gostei imenso...
helder

A. João Soares disse...

Obrigado pelo comentário. Eu apenas decidi trazer aqui estas belas «imagens» por serem ricas de ensinamentos éticos e terem coerência com outros posts que publiquei.
Como o mundo seria maravilhoso se as pessoas seguissem os bons conselhos!!!
Um abraço
A. João Soares

Odele Souza disse...

João,

Excelente sua idéia de publicar este texto. Cada uma das frases nos leva a refletir. E tomara João que da reflexão, muitas pessoas passem à ação.

Um abraço.

Ana Martins disse...

BRILHANTE MESMO! Se todos analisássemos bem estes 7 sapatos, se parássemos para pensar em cada um deles, com toda a certeza teríamos um mundo melhor...
Um abraço, Ana Martins

A. João Soares disse...

Cara Ana Martins,
Ao colocar estes sapatos aqui à porta tive a intenção de que fossem um convite a cada um seguir estes conselhos após profunda reflexão, para que o mundo seja melhor.
Vamos nesta, sim? Vamos jurar a nós próprios nunca mais esquecer isto!!!
Abraço
João

Beezzblogger disse...

Não podiam ser mais verdade, ao ler estas frases, recostei-me e pensei:

"Será que haverá, algum político que terá a consciência destas realidades?"

Não creio, mas contudo agradeço ao meu amigo A João Soares por este belo tema.

Abraços do Beezz

A. João Soares disse...

À Odele e ao Beezz
Agradeço as palavras simpáticas.
Seria bom que toda a gente meditasse nestes pontos, por estas ou por outras palavras. Porque não chamar a isto de CIVISMO, em sentido lato?

Abraços
A. João Soares

Pata Negra disse...

É difícil apanharem-me descalço, já com sapatos rotos!...
Isto das palavras serve sempre para dar a volta, se fossem meias rotas:
Primeira meia - a ideia de permanente sentido de culpa.
Segunda meia - a ideia de que o sucesso é riqueza e que a riqueza se adquire a trabalhar.
Terceira meia - viver acabrunhado com as críticas destrutivas dos nosso inimigos.
Quarta meia - a ideia de que a realidade não se muda com ideias
Quinta meia - o culto da pobreza e a ingenuidade de sermos nós próprios
Sexta meia - o querer mudar a natureza injusta da existência
Sétima meia - a mania de que para imitar os grandes escritores e pensadores basta dizer umas larechas nas caixas de comentários de blogs amigos.
Um abraço só porque me apetece

A. João Soares disse...

As ideias são como as cerejas. Com meias ou inteiras(!) é possível, elencar (que linda palavra!) um decálogo de virtudes ou de defeitos.
Mas que é vantajoso reflectir nestas coisas, lá isso não duvido.
Um abraço
A. João Soares

Maria Soledade disse...

Amigo João, deixo aqui uma sugestão:-Que tal oferecer estes "sete sapatos" aos nossos governantes?
Como é habitual dizer-se:-Servi-lhes-ia como uma luva...

Beijinhos
Maria Soledade

A. João Soares disse...

Cara Soledade,
Eles não precisam que lhes sejam oferecidos. Eles têm estes sete e muitos outros. Eles precisam de os deitar para o lixo.
Mas eles não compreendem mensagens tão inteligentes como esta de Mia Couto.
Por outro lado, eles sabem tudo o que se diz nos blogues. Têm gente encarregada de fazer as pesquisas. Quando uso um título mais «sugestivo», para eles, o número de visitantes aumenta imenso!!!
Eles sabem que os blogues são uma moderna arma muito poderosa.
Beijos
João

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas