03 novembro 2008

Fraudes no BPN? - Valerá a pena abrir processo crime? É melhor não!


O BPN é o nome mais recente dos sistema de vigarice que está implantado em Portugal!

Vigarice impune. Não tenhamos a mínima dúvida que qualquer processo crime que venha a ser aberto não terá qualquer efeito.

Se os tentáculos do polvo se espraíaram até Cabo Verde, é certo e sabido que os cumplices em Cabo Verde vão ficar impunes.Portugal tem uma relação com Cabo Verde muito forte, bastando dizer que este ano já lhe entregou, como apoio a fundo perdido 70 milhões de euros e emprestou outros 240 milhões. Nada tenho contra o apoio a Cabo Verde - País de que muito gosto e bem conheço - porque é necessária diplomacia económica e este país é parte da nossa história colectiva e temos o dever histórico de o apoiar como temos apoiado de forma muito importante.

Os responsáveis da fraude em Portugal vão ficar totalmente impunes. Em volta dos bancos estão pessoas que já foram grandes responsáveis partidários, estão envolvidos em multiplos negócios com o Estado Português, numa teia viciosa de cumplicidades, interesses partidários, de grupos económicos, que minam todo o sistema político português.

Se fosse nos Estados Unidos haveria rapidamente prisões, julgamentos.A democracia portuguesa está corroída pela corrupção, pelo amiguismo, por formas subterrâneas de riqueza.

A Maçonaria tem tentáculos em toda a parte, minando, subvertendo todo o sistema e contribuindo para o afundamento da Nação Portuguesa.Os processos crime que envolvem gente desse tipo têm sempre um destino: O Arquivo!

O Povo que trabalha não tem qualquer poder real. Participa dos formais actos eleitorais, sempre com dois vectores dominantes e não conta para nada. O Povo, na esmagadora maioria inculto e pobre, não sabe nada dos verdadeiros canais do Poder. O Povo quando vota no PS ou no PSD pensa que está a defender a sua "religião", o seu "clube". Pensa que participa mas é um mero figurante.

Abrir um processo crime é mais um sorvedouro de dinheiros públicos. O Povo vai pagar com impostos e sacrifícios a investigação, para depois o processo ir para o lixo.

A Magistratura está dependente do Poder Político e Económico. Para isso contribui a Maçonaria que nas lojas subverte a separação de poderes.

O maçon juiz ou magistrado do ministério público, ou polícia judiciária, tem de obedecer ao venerável da loja, às indicações dos "irmãos", uma vez que na loja maçónica o princípio é a igualdade entre os irmãos e a obediência devida à Maçonaria é superior daquela que é devida à lei. Um Estado dentro do Estado.

Assim, enquanto a maçonaria for o sangue do regime corrupto não haverá Justiça. Aliás, a maçonaria é intocável. Ninguém tem coragem para a discutir, ninguém se atreve a mostrar-lhe os podres.


6 comentários:

david santos disse...

Isto é o pequeno cheiro, porque o cheiro maior está mais espalhado. Para quem ainda tivesse dúvidas que o ps e psd são seitas de mal-feitores tem aqui um pequeno cheiro.
Podemos pôr tudo em causa. A Caixa Geral de Depósitos, ninguém dúvide, o buraco deve chegar aos nossos antípodas. O Banco de Portugal deve ser outra lástima. Eu já disse e repito: Victor Constâncio não percebe nada de nada. É um joguete que fica por muitos milhões ao País e a função dele tem sido esconder as vigarices dos gatunos. Enquanto o povo não sair para a rua a valer, eles irão roubar tudo.
Abraços.

stériuéré disse...

Valer a pena abrir processo crime? Não, naõ vale , só lhes vamos dar é mais dinheiro pelos custos de tribunal!O melhor mesmo era o Povo fazer justiça pelas próprias mãos, isso é que era!

Beezzblogger disse...

Ora aqui está finalmente, o verdadeiro sabor de que falo e tenho conhecimento à muito tempo, basta darem uma vista de olhos nos arquivos deste blog, que orgulhosamente faço parte, e no meu outro espaço onde escrevo, que realmente me tenho esforçado para escarrapachar estas pulhices destes Maçons filhos duma P*****, que nos tem gamado ao longo destes anos todos, esses mais os "bilderberg's" filhos duma Rameira a cheirar a cebo.

Grande postagem amigo Vítor, é dar-lhe sem dó nem piedade, mas falta incluir aqui a OPUS DEI.

Abraços do Beezz

david santos disse...

É verdade, Carlos.
Eu ja escrevo mal-feitores e dúvide para ver se alguém se lembra. Escrever certo já não dá.
Por isso e para estes casos, já nem vale a pena dizer as coisas certas.
Mas atenção! Há povo que gosta disto... se houvesse hoje eleições, os tipos ganhavam; não duvide! Há povo que tudo faz para manter essa gente no poder. Este povo sim, este povo é malfeitor.
Os ladrões não: Os ladrões são mal-feitores.
Abraços.

David Santos

Cidadão do Mundo disse...

Amigos, enquanto estas sociedades secretas dominarem a política e os políticos corruptos, o povo continuará, subjugado, escravizado e ao sabor dos senhores do mundo (capitalismo selvagem )a revolução mostra-se assim o único caminho para mudar esta política opressora e injusta que humilha e deprime o povo português na sua esmagadora maioria.
Abraço!

Ana Martins disse...

Olá Victor,
claro qe não valerá a pena abrir processo, pois se tal acontecer andará embrulhado por muito tempo e os resultados como é óbvio serão inconclusivos.

Razão tem o David Santos, quando diz que se houvessem hoje eleições este governo seria de novo eleito, claro que sim, o povo parece que gosta de ser enganado.

Beijinhos mano, e parabéns pelo post.

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas