19 junho 2007

ISTO TEM QUE DAR PARA LAVAR E DURAR

A primeira parte desta festa foi feita no word e levou 1 minuto e 34 segundos a ser publicada. Deve, na minha perspectiva, ter demorado 3 ou 4 dias, ao autor, claro, a ser construída. Quem tiver dúvidas, que tenha um pouco de paciência, vai ao contador, porque não dá muito trabalho e pode confirmar o que eu estou a dizer. Ainda lá encontra os números dos IPs. Está tudo à mão de semear.

A segunda parte, como eu não uso o word para escrever, é sempre andar, demorou 40 minutos e 28 segundos a construir, mais 42 segundos a publicar.

Leiam isto:

Anónimo said...
Sr. João Soares,Bem haja pela sua sugestão de eu não me incomodar mais com este caso. Mas trata-se de um assunto muito interessante por enquadrar uma situação patológica de contornos curiosos e bastante explícitos. Pelos vistos, o Sr. deixou de visitar A Voz do Povo, mas espero que algum amigo o informe destas minhas palavras. A dada altura, pensei aconselhar o Sr. a processar criminalmente o David pelas ofensas e calúnias despropositadas e sem fundamento que lhe dirigiu publicamente, ao alcance de todo o mundo. Mas cedo reparei que, se o Sr. o chamasse ao banco do tribunal, ele não chegaria a ser julgado em virtude de qualquer advogado, mesmo com pouca experiência, conseguir provar que ele é INIMPUTÁVEL.Ele tem andado com uma DEPRESSÃO grave que se tem traduzido não só nas palavras com que se refere ao Sr., mas também nos posts que tem publicado na Voz do Povo (São expressivos os seguintes: «Antes de partir», em 20 de Maio, «O Inverno», em 24 de Maio e «Solidão compreensiva», em 12 de Junho, para me limitar aos mais recentes). Apresenta sintomas de PARANÓIA, com egocentrismo, falsa concepção dos outros, sensações de receio de não ser considerado o melhor bloguista, tudo isto aliado a ideias persecutórias vendo maldade e terrorismo por todo o lado (são bem esclarecedores os quatro posts contra os EUA, em menos de um mês, 21 de Maio, 9, 15 e 16 de Junho). Na estrutura das suas ideias, em autêntico delírio, deturpa os factos vulgares, por forma a satisfazer a sua carência de segurança psíquica. Repare como ele alimenta a ideia fixa do terrorismo americano, publicando aqui aquilo que encontra mais a seu jeito, sem acrescentar agravos nem atenuantes, e os termos ácidos que usa nas suas poucas palavras escritas sobre este tema. Vale também a pena analisar a forma como reage a qualquer comentário que não se limite a gabar as suas «virtudes» de poeta que compreende todas as línguas do mundo e é conhecido em quase todos os países! Só falta candidatar-se ao prémio Nobel ! Isto são sinais de graves perturbações mentais que o tornam INIMPUTÁVEL se for chamado à responsabilidade pelas afirmações e insinuações que faz. Outro resultado do desequilíbrio mental de que padece é a publicação no dia 15, em comentários, dos endereços dos blogs Do Miradouro e Do Mirante. Com que estranha finalidade? Seria para os comparar com a Voz do Povo?, por eu ter dito que a Voz está a calar-se? Mas ele nem viu, nem percebeu que essa comparação não lhe é desfavorável, pois, como qualquer visitante pode constatar- apenas com uma pessoa a postar, os blogs do Sr. Soares têm neste mês até à data desta provocação, 26 posts cada um,- enquanto A Voz do Povo, com 28 contributors, tem no mesmo período APENAS 8 posts. É uma grande diferença !- Quanto à qualidade dos posts, isso fica à apreciação dos visitantes.- Quanto ao número de visitantes, parece que o Do Mirante tem o contador avariado, o que impede comparações, mas o Do Miradouro, menos publicitado, está com 24 visitas por dia, como qualquer visitante pode fazer as contas. - Em proporção com o número de contributors, A Voz do Povo deveria ter 28x24=672 por dia!!! Talvez ele não queira fazer estas comparações. Então para que publicou os endereços?Na realidade, devido a estas manifestações patológicas, apenas merece COMPAIXÃO e COMISERAÇÃO.Estes sintomas de depressão alternadas com agressividade PARANÓICA, sobrepõem-se a indícios de ESQUIZOFRENIA progressiva e irreversível, bem manifesta na sua reacção anómala ao meio envolvente. São bem visíveis os momentos de indiferença e de desinteresse emocional aqui publicados em 20/5, 24/5,e 12/6, que exprimem uma morbidez pungente ao ponto de, quando não é capaz de ter ideias, recorrer às de outros, chegando a deixar dúvidas se isto não poderá mesmo indiciar tendências suicidas. A sua psicopatia é notória nas suas associações mentais e na afectação da capacidade de raciocinar, embora por vezes aparente lógica dedutiva. Dos oito posts que colocou nos últimos 30 dias, além dos 4 contra os americanos (quase todos cópias), há um sobre um caso humano na Grécia e 3 são doentiamente depressivos, pessimistas e anti-sociais, nada havendo de crítica ou aplauso sobre a realidade envolvente nacional. Está a necessitar de apoio psiquiátrico urgente.Na reacção do David ao meu primeiro comentário de 12/6, reparei que o caso é grave e decidi fazer um segundo comentário em 14/6 para ver se confirmava ou não a minha hipótese de diagnóstico. O resultado foi totalmente concludente, pois ele abriu-se, mostrando os mais elucidativos sintomas da sua perturbação paranóica e esquizofrénica. E agora, perante estas minhas palavras, se ninguém amigo o controlar, irá expelir toda a sua bílis, repetindo aquilo que já escreveu, mas em termos ainda mais agressivos, sem o mínimo rebuço ou recato, como é característico da grave doença mental que o afecta.Para concluir, peço que me permita dizer-lhe que o Sr. Soares faz muito bem em não dialogar com tal indivíduo e em se retirar deste blog, pois não é bom andar com más companhias. Deixe-o falar, porque quem acaba por ficar mal visto é ele. As pessoas que lerem tudo isto não são estúpidas e tirarão as devidas conclusões.CumprimentosJorge Monteiro
Segunda-feira, Junho 18, 2007 10:51:00 AM

david santos said...
Conheço-te bem, palerma! És como os cabos xicos, na tropa! Pensas que enganas alguém! Podes ter a certeza que não sai daqui a postagem nem te vai faltar a resposta que eu entenda como a mais adequada à tua mentalidade. As tuas frustrasções, agora que já não há guerra colonial, estão subjacentes na falta de carácter e de dignidade que tens. Vinhas agora, já com a postagem a desaparecer, pensando que me escapavas, aldrabão!Aparece. És tão mesquinho e tão despido de carácter que te escondes atrás do anonimato para despejar as tuas frustrações. Aparece, grande burro! Aqui não há nenhuma manutenção militar. Se vinhas atrás de encontrar na net esse tipo de coisas, enganaste-te bem.Vens agora com "Jorges Monteiros" ein!!??A Voz do Povo teve muito boa gente, mas também teve alguma canalha, como tu! Aliás, até te dás ao luxo, por aí se vê o "homem" que és, de dizer mal de uma instuição que te permitiu dizer as asneiras e as mentiras que te apeteceu.Não sejas burro! Ou duvidas que eu não sei a peça que tu és!!??Ouve, meu canalha: João Soares! Essa tua mentalidade mesquinha e traiçoeira, faz-me lembrar os cabos xicos no tempo da guerra colonial, que passavam o tempo escondidos dentro da caserna, para ouvir o que os soldados diziam e depois transmitirem aos comandantes de companhia. Neste caso, capitães e primeiros-sagentos xicos: macacos. Não perdeste os hábitos.Aparece! Não sejas burro! Não penses que levas por diante a tua faroleirice, porque quando eu entender, a postagem volta, juntamente com os comentários, para a primeira linha.Palerma!Vai para tribunal, pois então!Faroleiro! Xico esperto! Ratinho! Sabes o que é isto, de ratinho!?Estes eram os transmontanos, coitados, que eram contratados por os grandes donos da terra, para irem para o Alentejo boicotar as lutas dos trabalhadores alentejanos. Tu és outro ratinho! Só que os outros, com o 25 de Abril, desapareceram. Mas tu queres subsistir. Queres-te aguentar!Ratinho! Palerma! Estiveste de volta do dicionário tanto tempo para despejares estas parlermices tão mal enquadradas e tão desligadas, contextualmente.Tu, que em tempos, para ofender o Mário Mragaride, falavas em sujeito, predicado e complementos, etc... e nem sabes concluir um período nem construir uma frase simples. Mas, para te gabares, até te intitulas de erudito! Não sejas burro! Aparece sempre. Quero voltar a levar o texto para a primeira linha, juntamente com os comentários. Podes ter a certeza que desta vez nao sais ileso. Essas tuas faroleirices, a não ser que eu morra antes, não vão ficar sem resposta! Fazer comparações com visitas entre a voz do Povo o mirante, que é isto!? Que tenho eu com isto!? "Paranóia, esquizofrenia, imputável, compaixão, pungente", tanto tempo em redor do dicionário para dizer estas parlemices todas!?Mas é que nem sabes enquadrá-las, se ao menos tivesses jeito para enquadrar as palavras de acordo com o seu signicado, pelo menos as pessoas ficavam com a ideia de teres a terceira classe antiga. Bem, também para ser primeiro cabo xico, o analfabetismo já chegava.Aparece sempre! Cá estarei para te responder. Não perco tempo com o dicionário. Como podes ver, a resposta já está cá. Não andei, como é o teu caso, uma semana a rondar o dicionário para despejar asneiras sem sentido e desenquadradas de qualquer linhagem de uma escrita medíocre. É que nem este nível atinge.Aparece, mas era bom que aparecesses, não a falar para ti via, "Jorge Monteiro", mas de cara levantada, sem te refugiares nos teus anonimatos. Anda sempre, cá te espero.
Segunda-feira, Junho 18, 2007 1:09:00 PM

Reparem na forma como são tratados os substantivos e adejctivos de ambos os textos.

Há mais no texto que está postado mais em baixo. Aliás, o texto que tem dado origem a esta peça. Peça, que espero, não acabe nestes meses mais chegados. Sempre com casa cheia.

1 comentário:

António Castro disse...

David o senhor não embarque no canto do cisne. Eu estive a ler o comentário que está no seu blogue mas ele tem objectivos maldosos, nao apague isto. Se for preciso para mostrar que o que digo não é mentira eu tenho alguns comentários feitos por esse senhor em outros blogues que sem eira nem beira só estão a dizer mal de si. Não embarque na ladeiinha que ele está a tentar inpingir-lhe. O David faça como quiser mas o objectivo daquele senhor é fazer-lhe mal. Nao vá em conversas. Não tenho andado por cá mas tenho acompanhado o seu trabalho. Não se deixe enganar. Há muitos comentários dele por esses blogues fora dizer mal de si, mesmo anónimos. Não apague esta postagem.
Se for preciso eu trago os ditos comentários e pulico-os aqui, é só o meu amigo querer. Eu estou aqui perto, estou em Santa maria da Feira.
Nao se deixe embarcar no canto do cisne. Esse senhor e outros amigos dele andam sempre a ver como queimar o seu blogue, eles têm medo não sei de quê mas têm. Eu sou muito fácil de encontrar, basta deixar-me uma mensagem no seu blog ou aqui nesta postagem e digo-lhe logo onde estou.
Não embarque no canto do cisne. A postagem que tem no seu blogue pode-lhe estar a evitar muitas visitas porque nunca publicou mais nada mas deve estar atrapalhar muita gente.
Mais uma vez digo não embarque no canto do cisne.
António Castro

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas