09 junho 2007

QUEM VAI SER A VÍTIMA?

O terrorismo norte-americano não pára. Ainda não completou a saída, como fez em Saigão, de Bagdade; e já anda a inventar nova desestabilização ao mundo.
Agora são sistemas antimísseis para defender a Europa.
Defender a Europa de quem?
O que será que o terrorismo norte-americano tem em mente?
Quem vai ser a nova vítima deste terrorismo?
Espero, desta vez, que os lacaios europeus não se metam em alhadas, mas que ela já está inventada, isso está, ninguém duvide.
É que o terrorismo, para aquela besta, não pode parar...

25 comentários:

Teresa Calcao disse...

David,
Ve se consegues viver em paz com a China,a Korea e o Irao a produzirem armas nucleares,e entao depois podes falar mal dos americanos......So um pensamento!
Beijinho

david santos disse...

Olá, Teresa!
A China, a Korea e o Irão, pelo que se saiba, nunca mataram ninguém com as armas que dizes eles terem.
Mas o terrorismo norte-americano sim, tem matado muito inocente.
Atenção, que eu estou a dizer o terrorismo norte-americano, não estou a dizer os americanos.
Quem matou mais de um milhão de inocentes no Iraque? Foram aqueles país? Não. Não foram. Quem matou milhões de inocentes no Vietaname?
Foram aqueles países, não. Não foram. Quem matou centenas de milhares no Japão? Foram aqueles países? Não. Não foram. Foi sempre o terrorismo norte-americano. Aliás, é sempre o terrorismo norte-americano que anda a engendrar guerras. Mas atenção! Não sou só eu quem o diz. O Carter também o diz e é americano. Será burro, o Carter? E o Moore, também será? É que se fosse só eu que soubesse, ainda seria de estranhar. Mas há milhões de americanos a dizer o mesmo que eu digo. "O CENTRO DO TERRORISMO INTERCIONAL É A SEITA BUSH".
Aparece, Teresa. As nossas opiniões não matam. Mas as armas do assassino Bush, matam.
Parabéns.

A. João Soares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beezzblogger disse...

O post desta pessoa que tanto incomoda, diz que, e apesar dos "Amigos" Americanos, terem posto fim ao Genocídio Hitleriano, (agarrm-se a este facto com unhas e dentes), e nos terem salvo desse monstro, agora não PODEM, NÃO DEVEM, NEM TEM O DIREITO de massacrar a seu belprazer, o IRAQUE, O VIETNAME, e agora viram-se para o IRÃO.

Só quem não vê, é que, defende com unhas e dentes os TERRORISTAS BUSH.

Mas enfim é assim e há-de ser, até um dia. Pois nada desculpa, ou pensávam, os defensores deste terrorismo, que os americanos deixariam a EUROPA, Fosse a EUROPA de HITLER, ou a EUROPA da CEE, vingar e subrepor-se ao poderio dos EUA.

Desengane-se, Caro AJoão Soares.

Em que mundo vive?, Eu pensava, que era Português, e Europeu, mas afinal...

Abraços amigo david, e parabéns pelo trabalho.

david santos disse...

Bons reflexos, por acaso...
Eu não me esqueci de nada. Agora, o senhor sim. O senhor esqueceu. Eu, por exemplo, nunca defendi o belicismo, fosse nas mãos de quem fosse. Mas, como deve estar recordado, pois na altura eu tive o cuidado de o alertar, o senhor defendeu a possibilidade do Irão ter armas nucleares para se poder defender daqueles a quem eu chamo de terroristas.
Quanto aos argumentos sérios, senhor João Soares, por acaso o senhor retrocou algum dos meus argumentos?
Onde estão os argumentos não sérios ou menos sérios?
É mentira, o Iraque?
É mentira, o Vietname?
É mentira, as bombas atómicas no Japão?
Carter é burro?
Moore é burro?
Pois foram estes os factos que eu apresentei à Teresa. Ou foram outros? Veja bem...
Qual fundamentação científica perante estes factos?
A falta de serenidade traz oscilações. Isto não é nada bom.
A não ser que já me tenha visto oscilar perante a traição, o terrorismo, a maldade ou a clamar pela guerra. Penso que não. Isto para não falar no sofrimento das mães das vítimas do terrorismo norte-americano. Pois, como o senhor deve saber, o desaparecimento duma criança é terrível. Agora, se souber medir, meça a diferença.
Cumprimentos

Beezzblogger disse...

A propósito, mesmo a calhar, hoje aquando da visita do Sr. BUSH, à Albânia, foi aplaudido, e porque razão o foi num país sofredor da guerra? Que não teria existido, caso um seguidor de TITO, se tivesse seguido, mas com a queda do muro de Berlin e a morte deste, o resultado tem sido catastrófico, ou também aqui o cumunismo fez guerra e comeram criancinhas ao pequeno-almoço?

Assim, os interesses de BUSH, são meramente estratérgicos, são interesses, anti-comunismo, pois não poderiam deixar o crescente cumunismo aí se desenvolver na ex-Juguslávia de TITO.

Pense nisso, reflita e veja bem se não são argumentos valiosos, meu caro A João Soares.

Abraços do Beezz

A. João Soares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
david santos disse...

"O autor expôs mais uma vez a sua agressividade", o autor fui eu.

"O autor do post", "esqueceu-se", entre aspas, quem se esqueceu (entre aspas), foi o autor do post.

"Mas qualquer um está sujeito a um esquecimento e tem direito a expressar as suas ideias, mesmo que não consiga fazê-lo de forma serena e convincente com argumentos sérios e fundamentados cientificamente, por forma a não receber comentários como o da amiga Teresa".

Quem escreveu isto, fui eu?

Agora agressividade, esquecimento por convicção, falta de serenidade e fazer textos por forma a não receber comentários como os da amiga Teresa, este (relambório) deve constar dentro dos seus sentimentos. Não dos meus.

Vamos a este último comentário.

"É certo que tudo se compreende deles contra mim, mas não vejo que o comentário justifique racionalmente tanta ira".
"ira, ódio, por isso,...e a caravana passa!

"É certo que deles se compreende tudo contra mim." O que quer isto dizer? Haverá mais coisas das quais eu ainda não me tenha apercebido?

Ira e ódio, esta parte, faço questão em entregar-lhe o cartuxo inteiro.

Quanto ao "caravana passa", só lhe digo o seguinte: o senhor é que sabe quais são os caminhos que pisa. Não me cabe a mim conduzi-lo.

Quanto aos comunistas, se algo me quer dizer sobre esta gente, tem que ter paciência e entender-se com eles.

Agora se por acaso não tiver capacidade para discutir o texto, paciência, não tenho o que lhe faça.

Quanto ao não ser parecido com Bush, eu por muita "ira" que tivesse, como o senhor diz, não faria tal comparação. Não, porque o Bush não seja parecido com ninguém, mas por o que está subjacente no texto, eu só posso comparar Bush a Hitler, Estaline, Sadam, Blair, Aznar, Durão Barroso, Berluscone, etc... Eu não o tenho nesta conta.


Bem, mas para não perder mais tempo, gostava de o ver escrever sobre o texto e que me respondesse a isto:"É certo que deles se compreende tudo contra mim." O que quer isto dizer? Haverá mais coisas das quais eu ainda não me tenha apercebido?

Dalila disse...

nao entendo

david santos disse...

Eu também não entendo, Dalila.

Foi apenas um comentador, que não só não respondeu às minhas perguntas, como apagou os próprios comentários que fez.

Contudo, como na net já não é fácil apagar só para não mostrar as asneiras que se dizem, eu vou tentar recuperar os comentários e voltar a colocá-los no sítio.

Não é fácil, mas há quem saiba fazer isso.

Por isso, embora pareça, eu não estou a falar sozinho.

Parabéns.

Beezzblogger disse...

É que para cúmulo ainda apagou, os post que tinha feito anteriormente, aqui neste blog, acho dplorável tal situação, mostra bem, a farqueza de espírito de pessoas que contrariadas nas suas opiniões, não sabem respeitar as opiniões dos outros.

Eu pensava que haveria mais respeito, mas afinal penso que não.

Enfim, é o que temos.

Abraços do Beezz

Anónimo disse...

Isto parece um palco de opereta. Vê-se que os comentários do David e do Beezzblogger não se destinaram a reforçar e clarificar o texto do post, como seria lógico, mas apenas tiveram a intenção de «pulverizar» o comentador Soares. Dúvidas de que é portugiuês? Não ter capacidade para discutir o texto? Não se mostrar as asneiras que se dizem?
Por os vossos comentáios não se destinarem a reforçar e clarificar o texto, é que, qando o comentário foi retirado, os vossos perderam qualquer sentido ou razão de ser. Os donos absolutos da verdade ficaram a pairar no vazio. É isso que vos dói eheheheheh
Confesso que estou com curiosidade em conhecer esse misterioso comentário do Soares. Peço ao David que se esforce para o recuperar, porque deve ser uma bela prosa em bom português, com muita erudição, como é timbre do meu ex-professor de geopolítica na UITI, em Lisboa.
Cumprimentos
Jorge Monteiro

Beezzblogger disse...

Olá, caro Jorge Monteiro, está, e perdoe-me a expressão, redondamente enganado. E está enganado pelo simples facto de que nada me doi, nem mesmo o Coronel A João Soares, ter retirado os comentários dele, bem como os seus post's anteriormente colocados, isso é problema dele.

O meu último comentário, se bem o leu, refere-se única e exclusivamente, á falta de respeito para com os outros, pois quando não se tem argumentos, desvia-se, para não dizer, foge-se.

O que o Coronel A João Soares disse, foi da sua inteira responsabilidade, agora era correcto que o assumi-se.

Passe Bem!

david santos disse...

A mim não me dói nada, senhor Jorge Monteiro. Se o senhor João Soares não teve argumentos, o problema é dele, não meu. Aliás, eu já sabia que ele não os tinha. O que ele tem, isso sim, é muita maldade. Mas como ele já deve ter percebido, achou melhor calar-se. Quanto aos elogios que lhe dá, eu acho muito bem, pois se é essa a sua perspectiva! Mas foi pena ele não dar andamento à confusão, aliás, é o que ele sabe fazer: confundir. Quanto à minha perspectiva em relação ao senhor João Soares, lamento dizer-lhe, mas é muito má: desde ignorante a pessoa dotada de muita maldade, armado em esperto.
Agora acerca dos comentários que ele apagou, embora eu saiba ser possível recuperá-los, dá algum trabalho. Caso o senhor Jorge Monteiro lhe peça, quem sabe, ele não voltará a publicá-los. Agradecia-lhe imenso. É que sem eles, o melhor fica por dizer.
Ah, desculpe, como deve ter percebido, os comentários do senhor João Soares foram apagados (particípio passado) após eu lhe ter pedido o que o senhor Jorge Monteiro leu nos meus comentários. Que acabam por não ser comentários, como o senhor Jorge Monteiro diz e muito bem, porque os dele também não o eram. Eram provocações: disparates. Mas é pena o diálogo não se ter mantido. Porque a ignorância de que o senhor João Soares é dotado, eu perdoo-lhe, mas a maldade, não.
Obrigado pelas críticas que me fez e apareça sempre. Nunca diga bem do que não gosta.

Anónimo disse...

Estou grato pela gentileza da vossa resposta ao meu comentário anterior. Ambos, principalmente o David, vieram dar-me resposta a uma dúvida que agora ficou esclarecida.
Como é que João Soares podia continuar a emparceirar com as companhias que tinha neste blog?
Este comentário do David é revelador de uma má índole que acaba por não ofender senão quem o profere.
Penso e lamento que A Voz do Povo não vai aguentar muito mais tempo, porque parece um ninho de víboras em que pretendem comer-se uns aos outros.
E lamento que o David não se dê ao trabalho de recuperar os tais conmentários cheios de asneiras e reveladores de ignorância. Não se poupe ao trabalho. Prove que aquilo que diz é verdade.
Onde estará afinal a maldade e a ignorância? Não se deve avaliar tão duramente uma pessoa que não se conhece. O David está a ser demasiado petulante, arrogante e convencido que tem poderes de um Deus tirano e sanguinário, ao referir-se de tal forma a um seu colega de blog, em vez de se limitar a debater as ideias sem ofender a pessoa com calúnias que, de maneira nehuma correspondem ao carácter e à dignidade que lhe são reconhecidas por todos os que a conhecem, desde há muitos anos em condições muito diversificadas.
Mas basta aquilo que o Soares tem escrito em posts nos seus blogs e em comentários em diversos blogs para se ver que aquilo que o David diz é apenas fruto do seu ódio e maldade contra uma pessoa digna, erudita e muito sensata, que está merecendo a consideração de todos, menos daqueles que têm inveja do seu valor pessoal como é o caso do David.
Cumprimento-o e espero que me brinde com a recuperação dos tais comentários do Soares, antes que A Voz do Povo se cale.
Jorge Monteiro

david santos disse...

Olhe, senhor "Jorge Monteiro", estes truques dos anónimos, já são há muito conhecidos. Já não escapam a ninguém.
Quanto aos elogios que faz ao senhor João Soares, como é óbvio, ficam todos em casa. Não há nada melhor para quem é ignorante, como é o caso do senhor João Soares, como se elogiar a si próprio. São estes truques e outros, que me mostraram a falta de carácter, a má educação e formação do senhor João Soares.
Quanto aos comentários que quer que eu recupere, não há nada melhor que ser o próprio a recuperá-los. Com vê, para si não custa nada.
Aliás, para si, como é fácil de ver, as palavras que abonam o senhor João Soares estão bem distinguidas no meu comentário. Só que o senhor João Soares, talvez habituado a levar a vida à base de expediente, não tenha capacidade para verificar o que lá está escrito. Quanto ao "erudito, sensatez e inveja do seu valor pessoal", por muito que lhe custe, ainda que pense o contrário, derivado à sua falta de conhecimentos, cultura geral, substitua erudito por ignorância, sensatez por maldade, e inveja por ódio. São estes os valores que eu lhe atribuo.
O senhor João Soares e os seus truques, já não me enganam. Nem a mim nem a ninguém. Aliás, a mim nunca enganaram. Mas, para mal de alguns incautos, conseguiram enganar alguém. Esta é a verdadeira face do senhor João Soares: jogar por baixo da mesa.
Nunca elogiei os meus valores, nunca. Mas há uma coisa que o senhor sabe, é que não jogo por baixo da mesa. Aliás, nem sei como fazer isso. Talvez por isso, a distância que nos separa seja superior de uma unidade para milhões de toneladas. Deixe-se de truques, senhor João Soares. Esta maldade é seu apanágio, mas ainda vai a tempo de recuperar alguma coisa, caso queira, claro. Quanto ao apagar as asneiras maldosas que escreve, isto não é de agora, já vem de longe. Mas há coisas escritas que o senhor João Soares não consegue apagar, nomeadamente alguns mails com a mesma função agora atribuída ao "senhor Jorge Monteiro".
Este jogo de fugir e se elogiar por baixo da mesa, para pensar que continua a enganar incautos, como o fez com alguns, já está velho. Está gasto. Dê a cara e não ande com as suas jogadas de sempre: por baixo da mesa. Ou só tem capacidade para jogar pelo escuro?
Jogue às claras... não se esconda atrás das fardas dos "soldados" para ter capacidade de enfrentar os seus superiores hieráquicos. Tenha juízo, senhor João Soares! Quanto à Voz do Povo estar mal ou bem, embora eu não seja o responsável pela Voz do Povo, repare-se no passado e veja-se o presente. Embora os anonimatos, ainda vícios dos mesmos, a verdade é que a Voz do Povo, basta ver, tem mais de uma centena de visitas diárias. Muitas delas estrageiras. Isto é mau? Agora veja-se as presenças nos "eruditos". Até por isto, se vê como os tais "eruditos" andam enganados.
Deixe-se de trapalhadas. Estas trapalhadas só servem para esclarecer o seu verdadeiro sentido de estar na vida: a mentira, os truques.
Não tinha reparado na última frase do comentário, "senhor Jorge Monteiro", "antes de a Voz do Povo se apagar". Eu, como já disse atrás, não tenho responsabilidades na Voz do Povo. O resposável pela Voz do Povo, pelo menos que eu saiba, é o Victor Simões. Não sou eu. Mas não duvide, "senhor Jorge Monteiro"-João Soares, basta eu querer que a Voz do Povo seja sempre um espaço de referência. Só isto, mais nada. Ou tem dúvidas?
Bem, disto, eu sei que "senhor Jorge Monteiro"-João Soares não duvida.
Dê a cara! Mas atenção! Mesmo sem a cara, eu estarei cá sempre para responder. Sei do prazer que tem em estar a discutir comigo, passa-lhe pela cabeça perceber de alguma coisa, mas eu não me importo, embora com a cara seja honesto da parte mesmo do mais ignorante, mas cada um é como é.
Apareça sempre, "senhor Jorge Monteiro"-João Soares, com as suas hiruditas.
Eu cá estarei.

A. João Soares disse...

Sr Jorge Monteiro,
Tinha decidido não mais voltar a este blog mas, ao ser informado deste interessante diálogo, vim fazer esta visita para contactar consigo.
Diz ter sido meu aluno na UITI, mas confesso que, pelo nome, não me recordo. Não é de admirar, porque eram muitos alunos e já passaram nove anos depois da minha saída para a Academia de Seniores e em simultâneo para a Academia Saudação.
Agradeço a sua intenção de querer esclarecer sobre aquilo que conhece de mim, gerando este diálogo que muito o deve ter incomodado.
Sugiro-lhe que NÃO INSISTA para não se sentir ainda mais incomodado.
Gostaria de o contactar pessoalmente, para o que lhe peço que utilize o meu e-mail que encontra na minha ficha de blogger.
Cumprimentos
A. João Soares

david santos disse...

Que riso!

david santos disse...

http://www.blogger.com/profile/10632950707313358983

david santos disse...

http://domirante.blogspot.com/

david santos disse...

http://joaobarbeita.blogspot.com/
Foi pena! Palavra de honra que foi...

Anónimo disse...

Sr. João Soares,

Bem haja pela sua sugestão de eu não me incomodar mais com este caso. Mas trata-se de um assunto muito interessante por enquadrar uma situação patológica de contornos curiosos e bastante explícitos. Pelos vistos, o Sr. deixou de visitar A Voz do Povo, mas espero que algum amigo o informe destas minhas palavras. A dada altura, pensei aconselhar o Sr. a processar criminalmente o David pelas ofensas e calúnias despropositadas e sem fundamento que lhe dirigiu publicamente, ao alcance de todo o mundo. Mas cedo reparei que, se o Sr. o chamasse ao banco do tribunal, ele não chegaria a ser julgado em virtude de qualquer advogado, mesmo com pouca experiência, conseguir provar que ele é INIMPUTÁVEL.

Ele tem andado com uma DEPRESSÃO grave que se tem traduzido não só nas palavras com que se refere ao Sr., mas também nos posts que tem publicado na Voz do Povo (São expressivos os seguintes: «Antes de partir», em 20 de Maio, «O Inverno», em 24 de Maio e «Solidão compreensiva», em 12 de Junho, para me limitar aos mais recentes). Apresenta sintomas de PARANÓIA, com egocentrismo, falsa concepção dos outros, sensações de receio de não ser considerado o melhor bloguista, tudo isto aliado a ideias persecutórias vendo maldade e terrorismo por todo o lado (são bem esclarecedores os quatro posts contra os EUA, em menos de um mês, 21 de Maio, 9, 15 e 16 de Junho). Na estrutura das suas ideias, em autêntico delírio, deturpa os factos vulgares, por forma a satisfazer a sua carência de segurança psíquica. Repare como ele alimenta a ideia fixa do terrorismo americano, publicando aqui aquilo que encontra mais a seu jeito, sem acrescentar agravos nem atenuantes, e os termos ácidos que usa nas suas poucas palavras escritas sobre este tema. Vale também a pena analisar a forma como reage a qualquer comentário que não se limite a gabar as suas «virtudes» de poeta que compreende todas as línguas do mundo e é conhecido em quase todos os países! Só falta candidatar-se ao prémio Nobel ! Isto são sinais de graves perturbações mentais que o tornam INIMPUTÁVEL se for chamado à responsabilidade pelas afirmações e insinuações que faz.

Outro resultado do desequilíbrio mental de que padece é a publicação no dia 15, em comentários, dos endereços dos blogs Do Miradouro e Do Mirante. Com que estranha finalidade? Seria para os comparar com a Voz do Povo?, por eu ter dito que a Voz está a calar-se? Mas ele nem viu, nem percebeu que essa comparação não lhe é desfavorável, pois, como qualquer visitante pode constatar
- apenas com uma pessoa a postar, os blogs do Sr. Soares têm neste mês até à data desta provocação, 26 posts cada um,
- enquanto A Voz do Povo, com 28 contributors, tem no mesmo período APENAS 8 posts. É uma grande diferença !
- Quanto à qualidade dos posts, isso fica à apreciação dos visitantes.
- Quanto ao número de visitantes, parece que o Do Mirante tem o contador avariado, o que impede comparações, mas o Do Miradouro, menos publicitado, está com 24 visitas por dia, como qualquer visitante pode fazer as contas.
- Em proporção com o número de contributors, A Voz do Povo deveria ter 28x24=672 por dia!!!
Talvez ele não queira fazer estas comparações. Então para que publicou os endereços?
Na realidade, devido a estas manifestações patológicas, apenas merece COMPAIXÃO e COMISERAÇÃO.

Estes sintomas de depressão alternadas com agressividade PARANÓICA, sobrepõem-se a indícios de ESQUIZOFRENIA progressiva e irreversível, bem manifesta na sua reacção anómala ao meio envolvente. São bem visíveis os momentos de indiferença e de desinteresse emocional aqui publicados em 20/5, 24/5,e 12/6, que exprimem uma morbidez pungente ao ponto de, quando não é capaz de ter ideias, recorrer às de outros, chegando a deixar dúvidas se isto não poderá mesmo indiciar tendências suicidas. A sua psicopatia é notória nas suas associações mentais e na afectação da capacidade de raciocinar, embora por vezes aparente lógica dedutiva. Dos oito posts que colocou nos últimos 30 dias, além dos 4 contra os americanos (quase todos cópias), há um sobre um caso humano na Grécia e 3 são doentiamente depressivos, pessimistas e anti-sociais, nada havendo de crítica ou aplauso sobre a realidade envolvente nacional. Está a necessitar de apoio psiquiátrico urgente.

Na reacção do David ao meu primeiro comentário de 12/6, reparei que o caso é grave e decidi fazer um segundo comentário em 14/6 para ver se confirmava ou não a minha hipótese de diagnóstico. O resultado foi totalmente concludente, pois ele abriu-se, mostrando os mais elucidativos sintomas da sua perturbação paranóica e esquizofrénica. E agora, perante estas minhas palavras, se ninguém amigo o controlar, irá expelir toda a sua bílis, repetindo aquilo que já escreveu, mas em termos ainda mais agressivos, sem o mínimo rebuço ou recato, como é característico da grave doença mental que o afecta.

Para concluir, peço que me permita dizer-lhe que o Sr. Soares faz muito bem em não dialogar com tal indivíduo e em se retirar deste blog, pois não é bom andar com más companhias. Deixe-o falar, porque quem acaba por ficar mal visto é ele. As pessoas que lerem tudo isto não são estúpidas e tirarão as devidas conclusões.

Cumprimentos
Jorge Monteiro

david santos disse...

Conheço-te bem, palerma! És como os cabos xicos, na tropa! Pensas que enganas alguém! Podes ter a certeza que não sai daqui a postagem nem te vai faltar a resposta que eu entenda como a mais adequada à tua mentalidade.
As tuas frustrasções, agora que já não há guerra colonial, estão subjacentes na falta de carácter e de dignidade que tens. Vinhas agora, já com a postagem a desaparecer, pensando que me escapavas, aldrabão!
Aparece. És tão mesquinho e tão despido de carácter que te escondes atrás do anonimato para despejar as tuas frustrações. Aparece, grande burro! Aqui não há nenhuma manutenção militar. Se vinhas atrás de encontrar na net esse tipo de coisas, enganaste-te bem.
Vens agora com "Jorges Monteiros" ein!!??
A Voz do Povo teve muito boa gente, mas também teve alguma canalha, como tu! Aliás, até te dás ao luxo, por aí se vê o "homem" que és, de dizer mal de uma instuição que te permitiu dizer as asneiras e as mentiras que te apeteceu.
Não sejas burro! Ou duvidas que eu não sei a peça que tu és!!??
Ouve, meu canalha: João Soares! Essa tua mentalidade mesquinha e traiçoeira, faz-me lembrar os cabos xicos no tempo da guerra colonial, que passavam o tempo escondidos dentro da caserna, para ouvir o que os soldados diziam e depois transmitirem aos comandantes de companhia. Neste caso, capitães e primeiros-sagentos xicos: macacos. Não perdeste os hábitos.
Aparece! Não sejas burro!
Não penses que levas por diante a tua faroleirice, porque quando eu entender, a postagem volta, juntamente com os comentários, para a primeira linha.
Palerma!
Vai para tribunal, pois então!
Faroleiro! Xico esperto! Ratinho! Sabes o que é isto, de ratinho!?
Estes eram os transmontanos, coitados, que eram contratados por os grandes donos da terra, para irem para o Alentejo boicotar as lutas dos trabalhadores alentejanos. Tu és outro ratinho! Só que os outros, com o 25 de Abril, desapareceram. Mas tu queres subsistir. Queres-te aguentar!
Ratinho! Palerma! Estiveste de volta do dicionário tanto tempo para despejares estas parlermices tão mal enquadradas e tão desligadas, contextualmente.
Tu, que em tempos, para ofender o Mário Mragaride, falavas em sujeito, predicado e complementos, etc... e nem sabes concluir um período nem construir uma frase simples. Mas, para te gabares, até te intitulas de erudito! Não sejas burro!
Aparece sempre. Quero voltar a levar o texto para a primeira linha, juntamente com os comentários. Podes ter a certeza que desta vez nao sais ileso. Essas tuas faroleirices, a não ser que eu morra antes, não vão ficar sem resposta!
Fazer comparações com visitas entre a voz do Povo o o mirante, que é isto!?
Que tenho eu com isto!?
"Paranóia, esquizofrenia, imputável, compaixão, pungente", tanto tempo em redor do dicionário para dizer estas parlemices todas!?
Mas é que nem sabes enquadrá-las, se ao menos tivesses jeito para enquadrar as palavras de acordo com o seu signicado, pelo menos as pessoas ficavam com a ideia de teres a terceira classe antiga. Bem, também para ser primeiro cabo xico, o analfabetismo já chegava.
Aparece sempre! Cá estarei para te responder. Não perco tempo com o dicionário. Como podes ver, a resposta já está cá. Não andei, como é o teu caso, uma semana a rondar o dicionário para despejar asneiras sem sentido e desenquadradas de qualquer linhagem de uma escrita medíocre. É que nem este nível atinge.
Aparece, mas era bom que aparecesses, não a falar para ti via, "Jorge Monteiro", mas de cara levantada, sem te refugiares nos teus anonimatos.
Anda sempre, cá te espero.

Anónimo disse...

Amigo David Santos,
Tenho muita consideração por si e lamento ver que se tivesse deixado descontrolar e cair nessa peixeirada. Mas tem a sorte de ficar com um diagnóstico pormenorizado e bem fundamentado, grátis, completamente à borla, o que não sai na rifa a qualquer cara.
Mesmo que não concorde com o que nele lhe é dito, não deixe de ir a um psiquiatra para ver se tudo está bem consigo ou se não anda por aí mãosinha do Dr. Alzheimer. Mais vale prevenir do que remediar.
Cuidado com esse seu conterrâneo que, embora se diga seu amigo, parece ser amigo da onça, e não seu. A sua alusão ao «canto do cisne» é um mau augúrio ou mesmo uma ameaça. É que esta expressão é usada para designar a última obra de um artista, escritor, compositor, etc.
O que pretenderia ele dizer?
Será apenas uma prova da sua fraca cultura?
É melhor não confiar muito nele.

Cumprimentos amigos do
Francisco Silva

Anónimo disse...

Caro Amigo David,
O Sr. é um homem de coragem, por vezes, demasiado exuberante e palavroso, e por vezes excessivamente sisudo e depressivo.
Não gosto de o ver neste momento tão pouco produtivo. As suas poucas postagens estão a reduzir-se a «copiar e colar» obras de outros.
Você é um vencedor, não havendo qualquer Golias a amedrontá-lo. Não se deixe aterrorizar com o prenúncio de um próximo «canto do cisne» como um seu dito amigo lhe insinuou. A sua luta é para «lavar e durar».
É uma obstinação própria do seu actual estado de saúde. Desejo-lhe uma rápida recuperação e boas melhoras.

Beijinhos à D. Conceição e um abraço amigo da vossa
Fernanda da Ponte

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas