09 agosto 2008



Um Anjo No Leito




Dez anos de idade
Sonhos de infância em apogeu
Criança linda de verdade
Que a mão do Homem adormeceu.
Vinte anos agora tem,
Seu olhar impávido e sereno
Dá força a sua Mãe
Que a cuida com tanto zelo.
Um verdadeiro bebé grande
É esta menina imaculada,
Por isso há muito quem reclame
Pela justiça atrasada.



O ralo dessa piscina
Não sugou só seus cabelos,
Sugou-lhe também da vida
Tudo o que há de mais belo.
Uma vergonha verdadeira,
É de bradar aos céus tanta lentidão
Porque na justiça brasileira
Dorme a voz da razão.


Escrito a 27 de Julho de 2008
Ana Martins

Para Odele e Favinha, com carinho e dedicação.

6 comentários:

Rui Figueiredo Vieira disse...

Simplesmente lindo... Parabéns pelo Blog.

victor simoes disse...

Ana, todos os teus poemas são lindos. Está na hora de pensares em divulgá-los para além da Blogosfera.
Este poema para a Flávia, seria ajustado ao dia 15-09-2008, em que os Bloggers se manifestarão em apoio à causa.Concerteza até lá farás outro também alusivo.

Um bj

david santos disse...

Lindo poema, Ana.
A nossa Flavia merece.
Parabéns.

Isabel-F. disse...

Lindissimo Ana....


beijinhos

Beezzblogger disse...

Bem... Lindo, lindo, lindo...

A nossa Flávia merece, eu também já lhe dediquei um poema, mas sem sombra de dúvida que este está fantástico, porque fala sobre tudo, parabéns minha amiga.

Beijos do Beezz

Odele Souza disse...

Ana querida,

Peço desculpas por não ter estado aqui antes. Ando a mil por hora com a Blogagem Coletiva de Flavia. Que lindo Ana, você é sempre tão sensível, tão delicada comigo e Flavia, que fico comovida.

Tenho atualizado os links dos blogs que estão aderindo à Blogagem e é impressionante ver o apoio do povo português à causa de Flavia. Na frente de muitos blogs, lá está Portugal, Portugal, Portugal....
Fico imensamente agradecida a você e a todos os amigos portugueses que têm estado presentes nesta minha luta por justiça por Flavia, uma justiça tão lenta que já - há tempos - se tornou uma justiça injusta. E sei Ana, não é só no Brasil. Também em Portugal a justiça deixa as vítimas esperar por anos a fio pela condenação de seus algozes. Quem sabe TODOS JUNTOS NÃO PODEREMOS MUDAR ISTO? Vale tentar!. Se lutar não adiantar como por vezes me dizem, acredito que ficar de braços cruzados adiantará menos ainda.

Um beijo a vc e aos outros colaboradores deste blog. Um beijo aos meus amigos portugueses, que eu adoro.

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas