21 setembro 2007

Poema do Outono

O OUTONO chegou

que lindo dia!

Vem, amor,

vem passear comigo pela rua,

que bom vai ser

sentir a minha mão na tua.

Olharemos o céu

com o mesmo olhar extasiado,

que bom vai ser

pisar as folhas a teu lado.

Ouvir o pássaro cantar

por sobre o ramo despido

e o sussurrar do teu amor

no meu ouvido.

Gente irá passando

alheada junto a nós,

que bom vai ser

sentir o mundo

e estarmos sós.

Num banco de jardim

soprado por fresca brisa

falar-te-ei de mim

serei poetisa.

Mas, se a brisa soprar

mais fresca e mais agreste,

irei buscar

o xaile que me deste.

E o brilho do nosso olhar

que em ternura se reflecte

será poesia, canção,

magia que se repete.

Poema oferecido por Brizíssima http://brizissima.blogs.sapo.pt/

5 comentários:

Joana Dalila Santos disse...

Gosto muito

Maria Faia disse...

Belíssimo poema de Outono amigo João Soares.

Desejo um bom fim de semana a todos os Amiga da Voz da Povo.

Beijo
Maria Faia

A. João Soares disse...

Amigas Joana e Maria Faia, Agradeço a vossa atenção, mas não sou o autor do poema. O único mérito que me poderá caber foi publicá-lo por o reconhecer muito interessante e, desta foram, contribuir pra o prazer dos Amigos da Voz do Povo. Devemos partilhar aquilo de que gostamos!!!

Abraços

avelaneiraflorida disse...

UM POEMA BONITO ...para uma estação que toda ela se renova na beleza da nãe Natureza!!!!

Não é por acso que as cores outonais só podem ser descritas por palavras e emoçoes especiais!!!!

Um BOM FIM DE SEMANA!!!

A. João Soares disse...

Cara Avelaneira Florida,
Obrigado pela visita e o comentário.
Bom fim-de-semana
Um Abraço

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas