02 novembro 2007

Ministério genial!!!

O MAI está a estudar uma ideia de colocar no pára-brisas dos carros um dístico de cor que denuncie se o condutor é seguro ou perigoso. Se teve acidentes ou não. Ideia maravilhosa de um ministério que já resolveu tudo o que é essencial para a felicidade dos cidadãos e agora se preocupa com pormenores conducentes ao aumento da segurança nas estradas!!!

Uns génios extraordinariamente inteligentes e realistas!!! É preciso que criem também dísticos para denunciar os carros que transportam casais de namorados mais preocupados com as meiguices do que com a segurança deles e dos outros utentes da estrada. Também um dístico para dizer que o condutor esteve na discoteca até às seis da manhã, outro para o que matou a sede com uma conhecida marca de uísque, ou que se tranquilizou com determinado estupefaciente, etc, etc.

Seriam apenas uns dísticos a juntar ao do seguro (que é totalmente inútil, visto que só a BT-GNR acaba por detectar os carros sem seguro, em grandes quantidades), ao das inspecções periódicas, ao do imposto de circulação. São inúteis mas ornamentam os pára-brisas!!!

APENAS me permito sugerir aos responsáveis do MAI que não imponham dísticos em quantidade tão exagerada que impeçam o condutor de dispor de um pequeno rectângulo livre no vidro de modo a poder conduzir com a segurança suficiente para não saírem da estrada. Mesmo sem esses adesivos já há despistes que sobram!!!

Com medidas deste calibre, podemos estar descansados porque temos gente inteligente e sensata a velar por nós!!!

2 comentários:

João Rato disse...

Ainga dizem que estes gajos não tomam medidas! Esta medida é de facto de bradar aos céus! Como é possível? Também eu tinha pensado escrever alguma coisa sobre o assunto, não consegui! Não sei hei-de rir, se hei-de chorar - vou continuar a viver entre bananas!

A. João Soares disse...

Caro João Rato,
Portugal está transformado num hospício. Tanto louco a esquecer os verdadeiros problemas e a perder tempo e energias com palermices.
A propósito, uma achega oportuna do DN de hoje:

Cada cidadão devidamente certificado
http://dn.sapo.pt/2007/11/03/opiniao/cada_cidadao_devidamente_certificado.html

Ferreira Fernandes

A ideia arrisca-se a ter filhotes. Basicamente trata-se de atestados de cidadão. Propõe-se que cada carro tenha um distintivo com cores que classificam o perigo do seu condutor: verde (pouco), amarelo (médio) e vermelho (muito). Porquê só o condutor? Devia anunciar-se, com dísticos, outros comportamentos. Em casas de violência doméstica deveria ser obrigatório, à porta de entrada, um letreiro com uma moca. E o caloteiro deveria ter ao peito um zé-povinho e o lema: "Queres fiado? Toma!"... E assim por diante. Acabava-se com esse aborrecimento de não sabermos nada sobre os indivíduos que nos cercam. Às vezes, vou no elevador e pergunto-me: será que este tipo à minha esquerda tem os impostos em dia? É horrível a dúvida. Saber tudo de todos é o futuro. Felizmente já há quem se adiante. Vejo Luís Filipe Vieira na TV e, em rodapé, a legenda respectiva: "No Benfica só têm lugar excelências". Esse afixa nas suas frases o que é: mais excelência era impossível.

Um abraço e Bom fim-de-semana

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas