09 novembro 2007

Portugal, País virtual

A realidade, esse contratempo
Por Manuel António Pina, no JN

Deitar foguetes é um bom remédio para as depressões colectivas, o problema é ter que apanhar as canas.

No mesmo dia em que começava na AR o debate do Orçamento de Estado para 2008, e o Governo festejava, e a Maioria aplaudia, as prestações da economia portuguesa e as suas, a UE divulgava estatísticas que colocam Portugal no último lugar da Europa do crescimento do PIB "per capita". Enquanto, nos 27, PIB, produtividade e emprego continuam a ir por aí fora, aumenta, em todos esses factores, a distância de Portugal para a última carruagem do comboio europeu, o que quer dizer que estamos hoje pior do que estávamos em 2005, ano da graça da maioria absoluta do PS.

De perto, o panorama é ainda mais negro. Assim, a produtividade da nossa economia terá crescido apenas um terço da média europeia (0,5% contra 1,5%). Mas, como o emprego aumentou na UE mais do dobro do que em Portugal e a produtividade tem em conta o PIB por trabalhador, aqueles 0,5% são, na realidade, bem menos.

A solução pode ser, como faz a ministra da Educação com o abandono escolar, trabalhar "para a estatística" e despedir mais gente. Com o mesmo PIB a dividir por menos trabalhadores, aumentará milagrosamente a produtividade da economia portuguesa. E haverá novas razões para foguetório.

NOTA: Como disse o ex-PM Pinheiro de Azevedo, «é só fumaça». E o pior de tudo isto, por colocar fora do horizonte a hipótese de uma reforma profunda nas mentalidades, principalmente dos dirigentes, é que, como ele dizia «o povo é sereno», mas infelizmente continua demasiado sereno, silencioso e apático, talvez demasiado esperançado num milagres providencial, o que elimina as esperanças realistas.

Sem comentários:

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas