13 novembro 2007

Orçamento de Estado estrangulou ainda mais

O Orçamento de Estado (OE) para 2008 não cobre as despesas com pessoal das universidades e ainda determina que as instituições passem a descontar 11% para a Caixa Geral de Aposentações, em vez dos 7,5% actuais.As despesas com pessoal nas 14 principais universidades públicas (excluindo a Universidade Aberta) vão passar de 747,8 milhões de euros para 782,2 milhões. O Orçamento de Estado do próximo ano vai transferir cerca de 679 milhões de euros para aquelas instituições.Segundo dados do Ministério das Finanças, as universidades vão gastar mais 4,6% nas despesas com pessoal, fruto de promoções, aumentos e contratações. Dentro do lote das 14, há variações distintas. Por exemplo, a Universidade Técnica de Lisboa vai aumentar em 9,8% e Aveiro em 13,6%. No extremo oposto, está a ausência de aumento neste capítulo da despesa. Esse é o caso isolado da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.As remunerações certas e permanentes representam cerca de 85% das despesas das universidades. Em média, as instituições terão de pagar 13,4% daquelas despesas com receitas próprias. Há, no entanto, casos em que a percentagem é quase de 25%, situação vivida no ISCTE.Para grande parte das universidades, as receitas próprias representam menos de metade do bolo de entradas de dinheiro. Segundo a Conta Geral do Estado de 2006, só o Instituto Superior Técnico e a Faculdade de Engenharia do Porto é que tinham mais de 50% de receitas próprias, isto é, cumpriam um dos requisitos para passar a fundações.

2 comentários:

Mário Relvas disse...

É engraçado como notícias recentes dão à estampa "pagamentos" comparticipações do governo português a universidades americanas.Em contrapartida o governo retira os apoios aos alunos carênciados da Univesidade Católica. Outras universidades jazem neste final do ano em busca de dinheiro para pagar aos funcionários...quanto amis para o investimento em projectos de estudo!

Abraço e ainda estou à espera do tal comentário lá no sítio...

victor simoes disse...

Olá amigo MRelvas. É verdade meu amigo, todas as acções de propaganda não chegam para tapar os olhos ao Povo, acho que o povo português já não vai em estorias da carochinha!
O prometido é devido...

Um grande abraço

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas