01 março 2008

CADA VEZ TENHO MAIS FORÇA...

Como todos devem saber, escrevo neste espaço, bem como noutros bem descritos aqui nesta barra lateral, mas para melhor entenderem, eles são: A VOZ DO POVO; DEMOCRACIA EM PORTUGAL; Ó ROSA TU NÃO CUMPRENDES e PASQUIM DO POVO. Eu já tinha sofrido ataques de muita ordem, aos textos que escrevo, aliás pessoas pelas quais tenho grande apreço, e elas sabem quem são, também foram alvo desses ataques, levados a cabo por pessoas movidas pela doença, ou pela maldade, ou pela inveja, ou por outro motivo maquiavélico qualquer. Isto tinha um fundamento, os textos que escrevo parecem incomodar, incomodar os poderes instalados ou interesses obscuros.

Nunca tive a intenção de ofender ninguém, mesmo aqueles que se sentiram ofendidos, mas esses paciência, apenas digo o que penso, e se pensam que me amedrontam... Estão mal enganados, pois não temo por feitio, e não temo por teimosia, e quando falo do que sei, e dou uma opinião, não será um lápis azul, ou um ameaça física ou verbal que me intimidará.

Éramos uma equipa de uns dez ou doze, os comentadores e autores do Blog "A VOZ DO POVO", a mesma que alguém tentou calar, que está aí para durar, está aí para mostrar, que a nós ninguém nos cala e a mim muito menos. Embora alguns destes colaboradores, tenham saído do blog, por razões que a razão desconhece, mas eu não sou ninguém para obrigá-los a ficar. Depois de uma ausência, em que reflecti no que tinha dito, de que jamais escreveria um texto na voz, eis que na minha mente se fez luz, e eu disse para os meus botões:

NÃO, SE ALGUÉM QUER CALAR A VOZ, EU, ENQUANTO PUDER JAMAIS PERMITIREI, NEM QUE SEJA O ÚNICO A POSTAR, E A COMENTAR, ELA JAMAIS SUCUMBIRÁ...

Depois de eu ter voltado novamente a postar na voz, surgiram os ataques novamente, desta feita agora bem dirigidos, àqueles que não pensam da forma que algumas pessoas querem que elas pensem. Estes ataques, de extrema-direita surgem, a alguém que não tem partido, mas que tem ideais de esquerda, aliás, bem patentes nos textos que escrevo e que não faço intenção de esconder. Os ataques, lembram na sua grande maioria, a ilustrações do tempo do PREC com referências da data, que hoje estão descontextualizadas face ao exposto nesses textos. Mas o mais grave, é o fazerem-se passar, por outras pessoas, outros colaboradores deste blog, que outrora deram o seu contributo em prol da sua divulgação, e do seu crescimento. A utilização dos nomes, das fotos destes, é um roubo de identidade grave, e atenta contra a liberdade, seguida de comentários, que em nada se identificam com as verdadeiras pessoas detentoras dessa mesma identidade.

É uma vergonha que isto aconteça, onde nós deveríamos concentrar esforços em prol de discutimos as verdadeiras maleitas do país, andam uns senhores armados em parvos, brincando ao esconde esconde, e ao diz que disse. Era bom que serenassem esses ímpetos malfeitores, pois quem não gosta de certo artigo, não comente, ou deixe a sua opinião fundamentada, ou serei forçado a fazer o que já o fiz, APAGAREI TODOS OS COMENTÁRIOS DOS MEUS POSTS, por estarem fora do contexto e serem de pura brincadeira de mau gosto.


Gostaria muito que tivéssemos, uma VOZ bem activa e interventiva no quadro da blogosfera, e para isso conto convosco, companheiros de luta.

A LUTA CONTINUA, A MIM NINGUÉM ME CALA!!!


Powered by ScribeFire.

5 comentários:

Beezzblogger disse...

.|.

A. João Soares disse...

Caro Beezz,
O caso está vastamente identificado. O próprio já confessou ser o autor de muitos comentários, com identificações disparatadas, ter colocado comentários que logo retirou, etc.
É uma falta de respeito pelo espaço dos posts de cada um. Um comentário é uma opinião, concordante ou discordante, pessoal do comentador, e o espaço a isso destinado não deve ser ocupado por colagens de textos extensos, principalmente se nada acrescentam à percepção do tema em polémica.
Aquilo que o Beezz refere é pura malvadez, vandalismo, próprio de entes imaturas e pérfidas. O comportamento que sugiro é o seguinte: fazer clique sobre a identidade do comentador e, se não estiver bem definida, eliminar de imediato. Se o texto do comentário nada acrescentar à compreensão do tema, a favor ou contra,elimina-se, o mesmo aos anónimos que não tragam nada que nos permita conhecer o autor.
Muitos comentadores poderão ser lesados, mas é fácil eles evitarem estas medidas drásticas. A vergonha de um post ter cerca de 40 comentários eliminados de imediato pelo autor justifica estas medidas.
Abraço

david santos disse...

Eu não quero contrariar ninguém, apesar de ter sido a maior vítima, penso eu, desse tipo de trapalhadas feitas por trapalhões, ao ponto de fazerem comentários em meu nome em países estrangeiros. Ao princípio aborreci-me. Agora, que cada um inconsciente, doente, quero dizer, faça o que quiser. Hoje por todo o mundo fazer comentários a denegrir o meu trabalho ou a minha imagem, é tempo perdido. Todo o mundo sabe quem eu sou e quais são os meus métodos. Sabe também, que eu não sei fazer trafulhices. Podia saber, pois não será assim tão difícil, mas nunca quis aprender. Quanto aos doentes que teimam em fazer traquinices, é deixá-los andar. Pois não passam disso mesmo: traquinas.
Eu tenho em meu poder, sem exagero, mais de 70 maroteiras que os traquinas me fizeram, mas a verdade é que deixei de postar no meu blogue quando me apeteceu e, sem pretender elogiar-me, ele ainda tem mais de 220 visitas diárias. Mas visitas de verdade. Não são visitas à machada como fazem alguns contadores. Por isso, de nada valeu aos maldosos todo o mal que me fizeram. Eu acabei quando quis e eles continuam doentes: sem cura.
Como disse em tempos, a Voz do Povo será sempre a Voz do povo. Sabendo-se que depende sempre da boa disposição de alguns, mas ela continua firme.
Um dia destes, caso eu esteja bem-disposto, vou mostrar maroteiras que me fizeram que darão para meio ano ou mais, de postagens das grandes aqui na Voz do Povo. Já chega de conversa!
Comigo, caro bezz pode sempre contar.
A minha vida agora não é a mesma que eu tinha em Agosto de 2006, quando começámos, mas em pouco tempo se fazem umas postagens. Não preciso de as pensar nem de as corrigir: é sempre num segundinho. O que não quer dizer que saia tudo bem, mas...
Abraços

Mário Relvas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A. João Soares disse...

Caro Beezzblogger,
Porque será que Mário Relvas se sentiu mal e eliminou o comentário que tinha aqui colocado?
Ninguém o pode impedir de o eliminar. Mas porque o colocou e depois se arrependeu?
Já não é a primeira vez que nos mostra a sua instabilidade.
Abraços
A. João Soares, eu próprio

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas