19 julho 2008


Menino da Rua

No olhar tristeza pura,
No rosto infância esquecida
Nas mãos pequeninas e sujas
O vazio da vida.
Ser desprotegido
Sovado pelo destino,
Sem pão, sem ensino,
Sem amor e carinho.
Menino do Sol,
Da chuva, do vento,
Menino do tempo.
Os sonhos que trazes
Na alma ferida
São filmes audazes
Das noites perdidas.


Para ti a esperança
É como uma bola de neve,
Que nos sonhos cresce, dança
E ao acordar derrete.

Menino da rua
Quem sabe um dia
Tenhas uma vida
Plena de ternura,
Amor e alegria.

Escrito a 13 de Julho de 2008
Ana Martins

5 comentários:

HOMEM LIVRE disse...

É bem,é bem...Mas que boa concorrência.Bonito poema

A. João Soares disse...

Cara Ana Martins,
Lindo poema. Mas quanto à parte final, é preciso que cada um de nós lhe abrevie o momento de encontrar a ternura, o amor e alegria de que ele precisa e a que tem direito como ser humano. Ninguém deve ter de esperar pela felicidade, deve tê-la agora, a melhor possível dentro das circunstâncias e fazer tudo para que amanhá seja melhor. O presente do indicativo é o momento em que vivemos em que somos felizes ou não o somos.
É preciso que todos os meninos tenham hoje iguais possibilidades para se realizarem como pessoas. Parece utópico, mas temos de o tornar real.
Se assim não for, os casos da Quinta da Fonte repetir-se-ão em outros locais.
Abraço
João

Ana Martins disse...

Caro João Soares,
tem toda a razão, o que é realmente triste é que quanto mais olhamos para o mundo em que vivemos, mais distantes nos parecem os direitos destas crianças, que não têm quem as apoie e proteja.
Vivemos num mundo em que muito se fala e pouco se faz.
Eu sei que também pertenço ao mundo que critico, mas quem sou eu, o Jõao, ou outras pessoas como nós para o conseguir mudar...
Teria que haver muita união, sensibilidade e amor ao próximo, o que infelizmente está a escassear.
Onde vamos parar?
- Não sei... O tempo o dirá!
Um abraço

A. João Soares disse...

Cara Ana,
Já que tanto se fala de democracia, em que o valor de cada voto é igual, cada um de nós tem uma parcela de poder e de responsabilidade para contribuir para a mudança.
A Ana, com esta poesia, está a dar um grande contributo e eu com o comentário ~pretendo dar uma ajuda no sentido de chamar a atenção para o problema. É pena que as pessoa passem ao lado dos problemas que são mais importantes e urgentes.
Repare que o post seguinte ainda não tem um comentário e aborda um tema vital para a humanidade, a água e os recursos naturais devem merecer a máxima atenção porque deles depende a sobrevivência dos seres vivos.
O que pretendem as pessoas? Apenas fofoquices e anedotas?
Estamos realmente a seguir um mau caminho.
Beijos
João

victor simoes disse...

Acho que já foi tudo dito, este poema expressa bem, o espelho da tua alma. É sobretudo um avivar de memórias, o lembrar o sofrimento do outro. Sobretudo dos meninos da rua, crianças longe dos afectos e de tudo o que a carta dos direitos da criança define como um direito, de todas as crianças do mundo.
Sabemos da existência, mas muitas vezes não queremos ver, a realidade ao pé da nossa porta.

E enquanto houverem notícias do género, Angelina Jolie ( mulher do Brad Pitt ,deu à luz gémeos, as fotos do casal e dos filhos a primeira foto da família Jolie-Pitt, agora com seis filhos, foi já vendida a um jornal norte-americano por 11 milhões de dólares (7 milhões de euros).

Isto é concerteza um mundo louco, onde a uns tudo assiste e tudo têm, a grande maioria não tem nada, como o caso de tantos meninos da rua,
... para reflectir!

PS: Deixo no entanto aqui a ressalva de que segundo parece, o dinheiro das fotos reverte para instituições de caridade, claro por vontade do casal, que possuidores de uma fortuna colossal, tem assim um acto benemérito, que concerteza lhes fica bem, e aumentará no futuro mais o pecúlio, com a admiração de todos os fãs. Semear para colher...

Em relação ao poema em concreto... muito bom. Parabéns.

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas