06 julho 2008

Quadriplicou ordenado e já é a favor do betão...

Presidente da TAP
Ordenado quadriplicou em 5 anos
Por Sónia Trigueirão

Fernando Pinto passou de 190 mil para 1,2 milhões de euros de vencimento anual.
O Conselho de Administração Executivo da TAP custa à empresa quase quatro milhões de euros por ano (...)
Notícia do SOL Online - Aqui!!!

3 comentários:

david santos disse...

Olá, Tiago!
É o que temos, mas há uma volta a dar-lhe: começarmos a fazer justiça. Pois enquanto a justiça que eles fizeram for a nossa justiça, jamais haverá justiça. Por isso, eu penso que vai sendo tempo de começarmos a fazer a nossa própria justiça. Pois de que eles nos andam a roubar, disso ninguém duvida. Por isso, testemunhas não nos faltam.
Abraços.

victor simoes disse...

Em relação a este caso concreto, acho uma barbaridade e um contracenso, os prémios de gestão atingirem semelhantes valores. E porquê?porque nem a TAP é rica, nem Portugal um país desafogado financeiramente. Por outro lado, se existe contenção no salário do Zé Povinho, porque não haver também, nestes funcionários?
Os prémios de objectivos, devem existir sim, até para compensar quem trabalha e é bom profissional.
Mas com a devida ponderação e moderação. Por estas e outras, é que a distribuição da riqueza, está muito mal e cada vez há mais pobres, enquanto as fortunas dos já ricos se multiplicam.

A. João Soares disse...

Caro Víctor Simões,
Mas o que é pouco claro é uma empresa estar com prejuízos e o seu principal responsável merecer prémio de objectivos! Ainda se houvesse lucros, não parecera mal receber uma pequena percentagem deles. Havendo prejuízos, talvez devesse suportar uma percentagem deles!!!
Abraço
A. João Soares

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas