09 julho 2008

O Invejoso

Você teme o invejoso? Por quê?

O invejoso é um eterno expectador, pois enquanto:

Você pesca, ele olha o rio ...
Você dorme pacificamente, ele perde o sono quando pensa em você.
Você acorda e saúda o sol, ele olha o seu bronzeado.
Você sai para o trabalho, ele calcula o seu salário.
Você constrói sua casa, ele julga a cor das tintas.
Você estuda, tem boas notas, ele se preocupa com esses números.
Você conquista um diploma, ele vive o medo do seu sucesso futuro.
Você levanta um prédio, ele escolhe uma janela para pular.
Você ensina os seus alunos, ele tenta descobrir o que você não sabe.
Você cura os doentes, ele adoece por causa disso.
Você tem a simpatia do chefe, ele prefere chamá-lo de puxa-saco.
Você recebe os aplausos, ele busca saber se alguém o vaia.
Você liga seu computador para serviço útil, ele colecciona programas de vírus.
O que ele realmente faz, quando faz: Você cria, ele copia!

Ele é um eterno expectador...
... merece sua compaixão e não seu temor ...
Existimos para sermos, não melhores do que os outros, mas para sermos melhores do que nós próprios.

4 comentários:

Beezzblogger disse...

E posto isto, digo o seguinte:

«É só inveja, é só inveja
é de cobardes que não dão luta
quem fala, quem fala mal de mim
ou é ladrão ou filhos da P****...»

Citando, esse mestre da cultura popular, Quim Barreiros.

Mainada!!!

Abraços do Beezz

Ana Martins disse...

Caro João Soares,
A inveja é na verdade um dos sentimentos mais feios e nocivos que existe.
O invejoso na realidade não vive, sobrevive preocupado e angustiado com o sucesso dos outros.
Um abraço, Ana Martins

victor simoes disse...

A inveja segundo a Biblia Sagrada, é um dos sete pecados mortais.
Todos conhecemos o quanto nefasto é, conviver e/ou trabalhar com invejosos.
Mas os que o são, serão também eternos insastifeitos, porque a inveja, não os deixará serem felizes.

A. João Soares disse...

Caros Beezz, Ana Martins e Victor Simões,
Inveja, última palavra de «Os Lusíadas» de Luís Vaz de Camões, parece ser uma característica do povo português, que muito o impede de progredir ao mesmo ritmo de outros povos.
O invejoso é infeliz e o mais prejudicado com os seus sentimentos negativos. Mas quem por ele é odiado, também acaba por sofrer. Lá diz o ditado: Nunca o invejoso medrou nem quem ao pé dele morou.
Abraços
A. João Soares

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas