07 abril 2007

"O LIVRO NUNCA ESTEVE TÃO VIVO!"


ALMA POÉTICA

A OFERTA E EXPOSIÇÃO

DA ALMA POÉTICA

DA NOSSA AMIGA

CONCEIÇÃO BERNARDINO


Foi numa noite cheia de gente, de amigos e familiares; de gente amante da vida, do lazer, do convívio social e cultural; da ânsia do saber, e do prazer de ler para conhecer, que CONCEIÇÃO BERNARDINO, culturalmente solidária, expôs e abriu a sua Alma Poética.

Conceição Bernardino é uma amiga sempre presente nos Blogs de diálogo e convívio salutar, entre os quais se destaca o blog comunitário A VOZ DO POVO.
Com a sua simples grandeza de alma, ali esteve literariamente, no Bla, Bla em Matosinhos, rodeada de muita gente, e dos amigos da Voz do Povo, para nos apresentar o seu livro que, logo a abrir, nos relembra que apesar da invenção de todas as tecnologias de informação, a contradição continua consensual:
Porque o livro é algo que se transforma num bem muito pessoal;

Num amigo sempre disponível!

Por isso a sua leitura inicia-se desta forma:

- “O LIVRO ESTÁ MORTO!...

O LIVRO NUNCA ESTEVE TÃO VIVO!

E a sua grandeza de Alma Poética projectou-se humilde e culturalmente na imensidão do saber, do respeito e amizade enquanto vectores do Amor de que não larga mão.
Por isso aí, nesse livrinho da Conceição Bernardino, se abraçam aqueles que lhe estão no peito e na alma, na vida, nos passos do dia a dia, e os que lhes estão mais próximos,

por isso faz estas dedicatórias:
“Dedico este livro à minha querida mãe, que fez de mim a mulher que sou hoje.
A uma menina muito especial que mora no meu coração, minha sobrinha Cátia.
Aos meus queridos amigos e familiares.
A um escritor de grande prestígio que sempre esteve a meu lado, David Santos.
A uma grande escritora, que me apoiou em todos os momentos e sempre acreditou em mim, Alexandra Caracol.
Agradeço profundamente à minha melhor amiga Isabel Pereira, pela coragem e determinação que sempre depositou em mim.”

Para concluir, nesta "Voz do Povo", este registo de lançamento da ALMA POÉTICA” da nossa amiga Conceição Bernardino, escolhi por opção, um dos muitos e sentidos poemas desse livro que agora faz parte da minha biblioteca do saber, que enriquece e complementa os meus conhecimentos… poéticos:
DIFERENÇAS SEM ESPERANÇA

Se a humanidade esquecesse as diferenças,
As raças se juntassem,
O mar era só um e o céu seria de todos:
Deus, seríamos nós!

Um só gesto, uma só voz,
Uma lágrima esquecida.
Em cada rosto sofrido, angustiado
Um retrato pendurado
Na parede do passado.

O mundo seria de todos,
A verdade só uma.
Uma rosa perfumada
Em cada janela aberta.

Como é bom sonhar
Com um mundo real,
Que vive apertado
Dentro do meu peito
Há espera de ser libertado.

Nós fazemos a diferença
Quando deixamos de ver
Somente com o olhar;
Se soubermos escutar
Sem nada dizer,
Palavras para quê?

A humanidade seria bem melhor
Se ouvisse melhor,
Aquilo que não consegue ver.

Pág. 31 Alma Poética

Obrigado escritora, amiga e solidária
Conceição Bernardino.
Na aquisição do seu livro
Encontrei um pedaço de si que ficou comigo!

PARABÉNS!
José Faria

9 comentários:

A.J.Faria disse...

Que a Alma Poética tenha a capacidade de enriquecer todos os seus leitores.
Abraço

Beezzblogger disse...

E eu estive lá, e vi com estes que a terra há-de comer, ela mereceu cada gesto de carinho dos seus amigos, pois quem escreve assim não é gago...

Para a minha querida amiga Conceição B. um grande beijinho do Beezz, e para si amigo Faria que o conheci ontem, abraços e continuação de uma boa Páscoa.

victor simoes disse...

Tive muita pena de não estar presente. Mas, pelo que que me informam os meus amigos, foi realmente um grande dia. Parabéns Conceição.

Abraço Zé Faria

Ludovicus Rex disse...

Boa reportagem Amigo Faria
Parabéns Conceição e siga em frente.
Boa Páscoa

Mário Margaride disse...

Amigo Faria, a nossa amiga Conceição merece este carinho e admiração, por parte de todos nós.

Que esta "Alma Poética", tenha a capacidade de catalizar todos aqueles, que por vários motivos estão afastados da leitura, e principalmente da poesia, motiva-los, para o prazer de leitura.

Obrigada amiga Conceição, por nos teres porporcionado ontem, uma enorme alegria, pois tivemos o previlégio de estarmos presentes, como disse o amigo Carlos.

E um muito obrigado, ao nosso amigo Faria, por nos trazer aqui o retrato, da apresentação de ontem do livro "Alma Poética" da nossa amiga Conceição.

Abraço

M.Margaride

JOSÉ FARIA disse...

Este espaço continua a dar frutos literários!
Abraços!

José Faria

MRelvas disse...

Felecito-te com um beijinho de muita amizade amiga Conceição!

Quando puder compro-te o livro!

Mário Relvas

Conceição Bernardino disse...

Obrigada, meu querido amigo nada disto teria sido possível sem o vosso apoio e carinho.
Foi neste blog que nasci com vocês e do qual tenho muita honra em participar, por isso o meu livro é uma homenagem a todos vós que lutam por nós, do qual eu faço parte O POVO.
Um agradecimento muito profundo a todos que lá estiveram presentes e repartiram comigo o vosso apoio e carinho, M.Margaride , José Faria, Bezzbloger.
Um muito obrigada também aos ausentes pela coragem e os emails que me enviaram com muito carinho.
Fiquei sem palavras, emocionada ao ver-vos e ao ler esta homenagem.
Um muito, muito obrigada de coração.
Beijinhos
Conceição Bernardino

Parabéns para todos vós...

JOSÉ FARIA disse...

Amiga Conceição, SAÚDE!
Vou repetir aqui o que acabei de deixar no teu cantinho:

Pois entendo que a Arte, Cultura e Engenho devem ser cultivados,
de forma equilibrada e harmoniosa,
na mistura do real com o imaginário,
para que construtivamente possa ser saboreada
no presente e no futuro.

Esta “Alma Poética”, compreende tudo isso.

Mais uma vez, parabéns

José Faria

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas