13 abril 2007

Sorte ou Azar?

Cavaleiro Templário

Uma Sexta Feira 13 ou seja, uma Sexta-feira no dia 13 de qualquer mês, é considerada popularmente como um dia de azar. Paraskavedekatriaphobia é o medo/fobia da Sexta Feira 13.

Esta superstição teve origem no dia 13 de Outubro 1307, sexta-feira, quando a Ordem dos Templários foi declarada ilegal pelo rei Filipe IV de França; os seus membros foram presos simultaneamente em todo o país, e alguns torturados e, mais tarde, executados, por heresia.

Outra possibilidade para esta crença está no facto de que Jesus Cristo provavelmente foi morto numa sexta-feira treze, uma vez que a Páscoa judaica é celebrada no dia 14 do mês de Nissan, no calendário hebraico. Recorde-se ainda que na Santa Ceia sentaram-se à mesa treze pessoas, sendo que duas delas, Jesus e Judas Iscariotes, morreram em seguida, por mortes trágicas, Jesus por execução na cruz e Judas, provavelmente, por suicídio.

"Superstição" vem do latim superstitio, que significa "o excesso", ou também "o que resta e sobrevive de épocas passadas". Em qualquer acepção, designa "o que é alheio à actualidade, o que é velho". Transposto para a linguagem religiosa dos romanos, o vocábulo "superstitio" veio a designar a observância de cultos arcaicos, populares, não mais condizentes com as normas da religião oficial.

O número 13

Símbolo de desgraça, já que 13 eram os convivas da última ceia de Cristo, e dentre eles, Jesus que morreu na sexta-feira foi, consequentemente, ligada ao horror que o número 13 provocava nas gerações cristãs. Por isso, muitas pessoas evitam viajar em sexta-feira 13; a numeração dos camarotes de teatro omite, por vezes, o 13; em alguns hotéis não há o quarto de número 13 - este é substituído pelo 12-a. Muitos prédios pulam do 12º para o 14º andar temendo que o 13º traga azar. Há pessoas que pensam que participar de um jantar com 13 pessoas traz má sorte porque uma delas morrerá no período de um ano. A sexta-feira 13 é considerada como um dia de azar, e toma-se muito cuidado quanto às actividades planejadas para este dia.

Como se vê, a crença na má sorte do número 13 parece ter tido sua origem na Sagrada Escritura. Esse testemunho, porém, é tão arbitrariamente entendido que o mesmo algarismo, em vastas regiões do planeta – até em países cristãos – é, estimado como símbolo de boa sorte.

O argumento dos optimistas se baseia no facto de que o 13 é um número afim ao 4 (1 + 3 = 4), sendo este símbolo de próspera sorte. Assim, na Índia o 13 é um número religioso muito apreciado; os pagodes hindus apresentam normalmente 13 estátuas de Buda. Na China, não raro os dísticos místicos dos templos são encabeçados pelo número 13. Também os mexicanos primitivos consideravam o número 13 como algo santo; adoravam, por exemplo, 13 cabras sagradas. Reportando-nos agora à civilização cristã, lembramos que nos Estados Unidos o número 13 goza de estima, pois 13 eram os Estados que inicialmente constituíam a Federação norte-americana. Além disso, o lema latino da Federação, "E pluribus unum" (de muitos se faz um só), consta de 13 letras; a águia norte-americana está revestida de 13 penas em cada asa.

O número 13 é tido ora como sinal de infortúnio, ora de bom agouro.

As lendas

Além da justificativa cristã, existem 2 outras lendas que explicam a superstição. Uma Lenda diz que na Escandinava existia uma deusa do amor e da beleza chamada Friga (que deu origem a friadagr, sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, a lenda transformou Friga em uma bruxa exilada no alto de uma montanha. Para vingar-se, ela passou a reunir-se todas as sextas com outras onze bruxas e mais o demónio - totalizando treze - para rogar pragas sobre os humanos. Da Escandinava a superstição se espalhou pela Europa.

A outra lenda é da mitologia nórdica. No valha, a morada dos deuses, houve um banquete para o qual foram convidados doze divindades. Loki o espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga em que morreu o favorito dos deuses. Este episódio serviu para consolidar o relato bíblico da última ceia, onde havia treze à mesa, às vésperas da morte de Cristo. Daí veio a crendice de que convidar 13 pessoas para um jantar era desgraça na certa...

21 comentários:

A. João Soares disse...

Amigo Ludo, Obrigado por trazer mais cultura.
Curioso é ver que apesar das apreciáveis evoluções da ciência e da técnica, as pessoas continuam agarradas a superstições pouco racionais e fazem depender delas o planeamento das suas vidas.
O se humano é muito complexo!!!
Um abraço
João Sopares

Ludovicus Rex disse...

Pode crer Amigo, o ser humano é mesmo muito complexa. A imaginação muitas vezes supera a racionalidade.
Um abraço e Bom Fim de Semana

fontez disse...

espero q hj seja sorte...
post bem escrito...
bom fds.
abraço

Papagaio da Suica disse...

Professor obrigado.
independentemente até tive alguns azares mas sei que tem mais a ver com o ciume.

deixo como proximo tema ou analise o ciume.
obrigado abrc. m.o

Ludovicus Rex disse...

Fontes e Papagaio da Suiça, Obrigado e bom Fim de Semana

MRelvas disse...

Caros amigos, venho agradecer-vos a todos o meu começo na "arte" de bloguista aqui na Voz do Povo, por isso vos atribuí (a todos) um Award, que deverão ir buscar ao meu Aromas de Portugal. Confesso que com as diferenças até me sinto bem e agradeço a todos pelo debate de ideias.
-----------

Caro Victor Simões, depois deverá nomear cinco blogs da sua lista de links e fazer como eu fiz.Colocar o Award na faixa lateral e fazer um post semelhante ao que eu fiz, bem como clicar na placa do award
e ir deixar uma palavra no guest book do mesmo!
Abraços para TODOS
Bom fim de semana
Mário Relvas

Ludovicus Rex disse...

Caro Mário, estamos consigo.
Um Abraço e Bom Fim de semana

victor simoes disse...

Mto obrigado amigo MRelvas, pela distinção do nosso blogue, ultimamente, tenho andado fora e como vê, a semente ficou e o nosso blogue tem pernas, e creio que será sempre um blogue do povo e de amigos. Para já, penso que em termos de blogues colectivos, já somos um sucesso na blogosfera, isto porque poucos se mantém como a nossa Voz do Povo. Já criei uma nova página aqui no blogue que irá para o ar logo que esteja preparado.

victor simoes disse...

Amigo Ludo, cá está mais um texto excelente, a nova página que iremos trabalhar aqui na Voz do Povo, é bem do seu agrado e fica desde já convidado para a gerir se aceitar o encargo. Eu ando numa faze complicada, e não tenho trabalhado muito para o blogue, mas como se constata os nossos colaboradores, leitores e amigos visitantes, são a autonomia do blogue. Este nosso a Voz do Povo, já é um blogue que não precisa do administrador para se manter na blogosfera, esse primeiro objectivo, foi plenamente atingido.

Um grande abraço

Ludovicus Rex disse...

Amigo Simões, Muito obrigado pelas suas palavras. A Blogosfera sabe de nós, da Voz do Povo...
Estamos cá.
Um Forte Abraço e Bom Fim de Semana

Beezzblogger disse...

E eu quero desejar a todos os meus amigos um santo fim de semana, quero também dizer ao amigo Relvas que fico feliz que o seu blog tenha um award, é sinal para não se parar, quanto á Voz do Povo sigamos pois em frente.

Abraços amigo ludo pelo que nos faz aprender, bem haja por esta cultura difundida aqui na nossa Voz.

Bom fim de semana a todos.

Ludovicus Rex disse...

Amigo Rocha, Obrigado pelas suas palvras e sigamos sempre em frente.
Um Abraço e Bom Fim de Semana

MRelvas disse...

Então não colocam o Award meus senhores??

Não quebrem a corrente...

Abraços
MRelvas

Anónimo disse...

Só uma perguntinha provocadora: porquê tanto silêncio?!?
Quando eram as inventonas do Bush, do Durão e do Portas, as trapalhadas do Santana... ui... quando era a defesa do aborto... que não, era apenas a despenalização até às 10 semanas... é bom nem recordarmos... nessa altura eram posts e mais posts... comentários e mais comentários (qual deles o mais moralista!)... e agora é o silêncio total (e incomodado... será envergonhado... talvez cumplice!?!) sobre as habilitações (alegadamente) obtidas pelo "nosso primeiro"!?!
E nada sobre a perfeita liberalização da "liberdade" de abortar, sem limites e à custa do contribuinte?!?

Ludovicus Rex disse...

Amigo Anónimo, como deve ter percebido este poste... é de cultura geral...
Será que não entendeu isso?
Se quer postar no blog, dê a cara e inscreva-se nos colaboradores deste Blog Colectivo.
Bom Fim de Semana

MRelvas disse...

Caro Ludo, não interessa o comentário anónimo, nem que tudo se saiba na net...pergunto "EU" sobre o "prémio Arward que vos ofereci a todos.

Isso sim, quanto ao resto eu só estou de acordo com o anónimo no ponto onde refere a pouca postagem, dividindo-se os contributers por outros blogs.

Tudo se sabe na net, mas cá fora também...

Desenvolvam o blog com força SEM AMARRAS, para lá das ideologias de cada um.

Viva a liberdade, com responsabilidade.

A TODOS desejo um bom resto de domingo
Abraço
Mário Relvas

MRelvas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ludovicus Rex disse...

Um Bom resto de domigo amigo Relvas.

MRelvas disse...

Um resto de bom domingo amigo ludovicus rex!!

MR

Ludovicus Rex disse...

A Cultura é de Todos e para Todos.
Bom Fim De Semana

Ludovicus Rex disse...

(IP: 217.70.65.24 , c-217-70-65-24.bragatel.pt)

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas