15 janeiro 2007

A ATENÇÃO

A leitura ou o estudo - quando praticados sem a devida atenção - resultam inúteis. Há muita gente que se queixa de aprender com dificuldade e de tirar pouco proveito das lições da escola ou da vida. Em geral, quando assim acontece, todos atribuem este insucesso à falta de memória, mas, na realidade, deviam atribuí-lo à falta de atenção e também à falta de direcção: «Quando procuramos um objecto às vezes paramos sem saber o que procuramos - observa Faria de Vasconcelos - acusamos a atenção, a memória, quando na realidade é a direcção que bruscamente faltou; no sonho, na divagação as imagens sucedem-se umas às outras, não há direcção», A inteligência - Sua natureza e meditação.
A vida digna deste nome é um acto de atenção, porque, no entender de Darwin, trabalhar não significa mais do que estarmos atentos, e, segundo afirma Cesareo, o saber consiste na atenção.
Convém nunca esquecer que um espírito atento aproveita mais em dez minutos, do que outro espírito distraído em dez horas. É por isso mesmo que, na opinião de Ribot, «a possibilidade de ter atenção constitui uma vantagem de primeira ordem na luta pela vida», Psychologie de l`attention.

David Santos

7 comentários:

Ludovicus Rex disse...

Sem dúvida meu Amigo, o saber consiste, sempre, na atenção.
Mas só la chegamos com pesquisa, com leitura, com investigação...
Boa reflexão.

Mário Margaride disse...

É efectivamente uma verdade. Mas só a atenção não chega...se não desenvolvermos o intelecto como diz o Ludovico.
De pouco adiantará, alguém estar com muita atenção a algo que esteja a ouvir, ver, ou ler...se nada entender do que ouviu, leu e viu! Terá que ter capacidade de assimilação. Se não...de nada lhe valerá, a atenção.
Um abraço
M.Margaride

Anónimo disse...

A questão, meu amigo David, é que a nossa atenção é altamente seletiva... Entào, para ter a atenção é preciso também motivação, não é...rs..
Obrigada por sua visita, apareça sempre, viu
bjo

Beezzblogger disse...

Atenção, muita atenção, pois vou dizer uma coisa importante: Amigo David, é tão bom ler os textos que o amigo escreve que os leio com muita atenção.

Abraços do Beezz

MRelvas disse...

David, sim a atenção em tudo na vida é primordial.Procuremos estar atentos a tudo,sejamos observadores e participantes na vida,no seu diaa dia.

Hoje a hiper-actividade dos nosos jovens demonstram a falta de capacidade de concentração e é claro da ATENÇÃO!

A isto se deve em parte o insucesso escolar que tem de prender a tenção dos alunos.Devemos nós próprios desenvolver ATENTAMENTE os critérios interessantes da via diária, em Portugal e no mundo,sem termos "palas" nos olhos!

Abraço David

Mário Relvas

Antonio Delgado disse...

Amigo David,

são muito verdadeiras as palvras contidas nesta sua postagem. E o binómio Atenção/Motivação são muito importantes para captar a realidade. E depois há ainda a EMOÇÃO e a INTUIÇÃO... pequenos acidentes como a queda de uma maçã na cabeça de um qualquer mortal pode leva-LO directamente à INTUIÇÃO e desta para a ATENÇÃO e de seguida para a EMOÇÃO.

Muitas casualidades alteraram a nossa percepção do mundo.

um enorme
abraço

Lusófona disse...

Interessante você usar a palavra "espírito"...

Beijos

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas