25 janeiro 2007

"ERRARE HUMANUM EST"

Caros amigos,nestes últimos tempos muito se tem falado sobre o sargento Luís. O homem que levou seis anos de pena de prisão (diminuidos hoje para quatro) por não entregar a fiha "adoptiva" (ainda não o é) ao pai biológico.Fui o primeiro aqui a tomar posição solidária com ele ao não entregar a menina ao pai biológico.Dizia-se que este nunca tinha querido saber da filha.Que queria era dinheiro,etc..etc!Claro que me pus ao lado do casal "sequestrador" reagindo emocionalmente dizendo que pai é aquele ama os seus filhos, que os acarinha e não aqueles que sómente o são por laços sanguíneos.
Mas ao ler o acordo do Tribunal da comarca que o julgou verifiquei que a mãe biológica já tinha tentado reatar a custódia da filha em 2003...o que não conseguiu pois eles não a devolveram.Também verifiquei que o pai biológico anda nesta "aventura" de recuperação da filha desde há 4 anos...sim 4 anos, sem qualquer sucesso!Fiquei emocionado ao contrário.Agora a mãe diz que está bem entregue...mas que é isto?Aqui algo não cheira bem e sou obrigado a dar razão ao pai biológico que só não pegou de início na criança...porque não sabia que era sua,nem queria acreditar.Ele lá sabe porquê!
Mas desde que fez os testes de ADN de imediato solicitou no local certo a sua custódia.
Agora o sargento Luís diz que aceita o que o tribunal decidir e se decidir que deverá entregar a menina o fará.Afinal...
Eu errei,tal como o amigo A. João Soares disse;-não gostar de tomar posição sem saber em concreto toda a verdade e não só parte.
Aqui peço desculpa ao pai biológico pela minha precepitação, embuído de um espírito solidário, mas sem dados firmes.
Gostava que agora as personalidades públicas que deram a cara pelo sargento Luís tenham a mesma actitude que eu aqui tenho neste momento.Pedir desculpas.Para quê o "habeas corpus"?
"Errare humanum est"!

4 comentários:

victor simoes disse...

MRelvas, atenção que escapou um pormenor, a mãe biológica, intentou a recuperação da menina porque pretendia obter a cidadania portuguesa, isto é, precisava de provar que tinha um filho de um homem português. Só por isso, agiu perante o tribunal pedindo a custódia da filha. Segundo o que a mesma afirma, foi mal aconselhada e agiu dessa forma só para se legalizar no nosso país.
O pai, sinceramente não avaliei aínda.
Na minha opinião, agora há que acautelar os superiores interesses da criança, e não dos adultos.
Em todo caso acho a pena demasiado pesada para o nosso sargento, concordo com a sua imediata libertação.
Mas é claro que o tribunal julgou consoante, o historial que nós desconhecemos.

Um grande abraço

MRelvas disse...

Claro amigo Victor...eu sou pelos interesses da criança,mas atacquei em demasia o pai biológico e defendi demais o nosso sargento pensando na criança...mas esqueci-me de comentar isso da mãe querer um pai portug`^es mas está mais ou menos dentro daquela frase "ele lá sabe porquê"-O pai para não ter acreditado na mãe!
Moral da história,não devemos reagir sem sabermos tudo,com isto a única prejudicada será sempre a criança.
Abraços

Conceição Bernardino disse...

amigo relvas diga-me como fez a alteração do seu blog para beta e conseguiu manter a data da sua criação é que eu fiz actualização dos meus blogs eles não assumiram as datas de origem assumiram as de hoje
o blog amanhecer abri-o en junho de 2006
e o das palavras ousadas em agosto não sei que fazer apetece-me iliminar tudo
beijinhos e obrigada
Conceição

MRelvas disse...

Cara Conceição,o que é que não assumiu?Os contadores?Eu subsititui o meu contador por um mais sofisticado,mas com os valores no anterior indicados.Quanto ao resto...o relógio,rádio cotonete tive que colocar tudo de novo.Mas é muito mais fácil.
O profile é que parece não ter tido alteração no nº de visitas acho que indica o mesmo.Não tenho a certeza. A última vez que lá tinha ido ver ultrapassava os mil e cem se não estou em erro de visitas ao profile.

Tenha calma ,pois eu também tive dificuldades.Sabe o material tem sempre razão!

Vai ver que depois descobre que é mais fácil e o seu blog está bonito...eu exprimentei essa cor,era a que eu mais gostava mas tinha que mudar todas as cores de textos mais escuros a cores e por isso ficou o branco.Mas já me habituei!

Beijinhos

MR

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas