14 janeiro 2007

COMO SE ESCREVE.

Boa Tarde a todos, espero que estejam a ter um óptimo Domingo, assim como eu. Em primeiro lugar, eu queria aqui dizer o seguinte:

Entristece-me saber que há "contributors" deste blog, que se sentirão melindrados com termos que usei em determinado post intitulado "ROUBALHEIRA", publicado aqui (ver mais abaixo). Digo no fim que são, os descritos nesse mesmo post, "CAMBADA DE LADRÕES" para finalizar. Ora, se o sinto, se me faz bem desabafar, e se não ofendi ninguém dos "contributors", nem nenhum dos visitantes à excepção dos descritos, e responderei a esses com provas e com frontalidade, se tudo o que fiz foi pela oportunidade que este meio me deu de RECLAMAR, REFILAR, DESMASCARAR e de escrever, porque não fazê-lo?

Aos que se sentiram melindrados com tais afirmações, que repito, para mim não são insultuosas a eles, a esses a minhas sinceras desculpas, pois não o fiz com intenção, mas afirmo que não retiro uma virgula sequer ao que lá está escrito, pois acredito que haverá muitos mais que o tem vontade de o dizer, e que por outras razões, ou por receio não o fazem ou fizeram.

Por último, se é por essas e por outras, que pessoas se querem ir embora, eu, independentemente da linguagem (não sendo palavrões e ofensa aos "contributores e visitantes deste blog), vou continuar a escrever aquilo que sinto, doa a quem doer. Eu em relação aos que referi no meu post, estou a ser alvo de um roubo, e como eu milhares de portugueses, e como a mim ninguém me cala, a não ser com POLÓNIO210, ou com qualquer outro tipo de atentado, vou denunciando o que no meu entender acho mal.

A todos quero que saibam, que os estimo e considero, mesmo com as diferenças pois é com elas que crescemos.

Bem hajam e Até Sempre.

Carlos Rocha

9 comentários:

Anónimo disse...

Caro amigo Carlos,

não isso tem que ver com uma linha editorial.Não me consigo fazer exolicar.Dei esse exemplo porque pensei que o amigo não ficaria melindrado!

Há outros que para mim são diferentes.Eu compreendi o que quiz dizer...amigo não me faça sentir culpado do que não sou!

Não me vou embora por não ter coragem de dizer aquilo que sinto.Estou a trabalhar no sentido de melhorar o meu blog,penso efectivamente que podemos dizer aquilo que pretendemos,sem cairmos em linguagem de caserna.Desculpe lá mas o raio da minha sinceridade dá nisto!Só digo o que sinto para o bem de todos...não foi para o criticar pelo sentido negativo,muito menos a si,que se tem esforçado!De acordo que não acho bonito escrever em letras gordas,isso,mas eu até era para lhe falar no encontro ou em conjunto sobre ostermos...podemos criticar com ironia.

Saiba o meu amigo que eu posso discordar de opiniões,de factos nunca,mas acima de tudo sou leal e AMIGO!

Não lhe permito que coloque outras intenções nas minhas palavras.Gosto de si e conte comigo,sempre.Não me conhece,eu não facilito,mas também não quero que me facilitem nada!

Por acaso vim aqui agora,pois enganei-me e cliquei no Voz do Povo em vez do Aromas e evejo este texto...quiz o destino.

Para a frente meus amigos.Depois de eu ter tudo resolvido no meu blog direi!

ABRAÇOS A TODOS!

A CRÍTICA É CONSTRUTIVA!

david santos disse...

Olá!
Ainda!?
Olhar para a frente!...
Claro que se tivermos um português correcto e as palavras mais adequadas, "era oiro sobre azul." Eu detesto palavrões. Mas não vamos, agora, fazer todos um doutoramento em português. Aliás, que mesmo com o doutoramento, não quer dizer que não escrevêcemos mal. Não tenho dúvidas, que nós todos, mesmo todos, escrevemos bem e mal. Cada um deve fazer o melhor que sabe e pode, mas autosuprimirem-se, não. Por isso, meu grande amigo Carlos Rocha, em frente. Não sei o porquê desta agora!
Abraços.

Anónimo disse...

rwwdqiCaro Amigo,
Continue diferente de todos, igual a si próprio.
Creio que já uma vez comentei um texto seu em que dizia que as palavras eram muito duras para o meu gosto, mas tive o cuidado de, logo a seguir, confessar que não encontrava outras melhores para exprimir a sua indignação. Os sentimento intensos nem sempre podem ser descritos por palavras doces.
Muitas vezes, para fugir a tais palavras, procuro usar de ironia, mas isso, por vezes, não é bem interpretado. As pessoas, ao passarem os olhos a correr, vêm ali a ideia contrária à que queríamos comunicar.
Seja franco naquilo que exprime, e pense que as palavras são apenas o veículo que transporta as ideias. Estas é que são fundamentais.
Um abraço de Amizade
A. João Soares

Ludovicus Rex disse...

Meu amigo estou consigo, este deve ser um espaço onde escrevemos o que nos vai na alma. Quando aceitei entrar neste Blog-Jornal foi porque senti que neste espaço não havia lapis azul. E assim é, um espaço Livre e Democrático.

Um abraço e vamos em frente.

Anónimo disse...

Todos deverão compreender...Eu não fiz uma leitura ofensiva a esse texto. O português mais polido e mais encardido pode variar com o teor do post, ou do estado de alma do escriba. Também digo asneiras e por vezes até posso escrever uma ou outra (sem cair no chorrilho, lol) portanto acaba por ser uma atitude normal. Não creio que a nota do MRelvas tenha sido tão repreensiva como a entendeu! Continuem a ser honestos com o que pensam e escrevam-no.

Abraço

victor simoes disse...

Amigo Beez, pelo que vejo houve um mal entendido, mas julgo que o meu amigo saberá superar. Quando falamos em linha editorial, referimo-nos a manter uma linha de informação, denúncia de situações que consideramos erradas, nos mais diversos temas e sobretudo sem amarras, livre de falsos pudores e não teremo que ser "softs".
Cada qual deverá escrever o que lhe vai na alma, mantendo no entanto o nível e a categoria a que temos habituado os leitores deste blogue.
Só em liberdade de expressão e de forma séria poderemos continuar a dar Voz ao Povo.

Um grande abraço

Beezzblogger disse...

Amigos uma coisa que fique bem clara, eu não estou melindrado, apenas coloquei este pos, exactamente para não haver mal entendidos.

Quanta a si amigo Relvas, eu sei que o amigo é um homem forte e de convicções, e não pense que fiquei melindrado, mas se o fica-se dizia-o sem rodeios. Apenas coloquei aqui este post, que era para todos verem como é que a gente se entende, e ainda bem que sim, e eu adoro que me critiquem, pois aprendo com isso. É que, no seu texto, para os menos atentos, causa a impressão, de que você está zangado com a malta, e não está que eu sei que não.

Tirando isto, e voltando ao que interessa, VAMOS CONTINUAR A LUTAR PARA A VOZ DO POVO SER O MAIOR BLOGUE NACIONAL!!!

FORÇA COMPANHEIROS!

ABRAÇOS, AMIGO RELVAS, E BEM HAJA.

aBRAÇOS PARA TODOS DO BEEZZ

david santos disse...

Olá!
Tal e qual, amigo João Soares. Daí eu ter o cuidado de dizer ao nosso querido amigo Carlos Rocha, que não vale tudo, mas mais perigoso seria ele autosuprimir-se. Isso eu não quero que ele faça nem niguém. Portanto, o meu comentário demonstra estar com ele a 100%. Era o que faltava, só porque eu não gosto de certas palavras, ele não dizer o que lhe vai na alma, isso era pôr o carro à frente dos pneus.
Daí eu ter dito que já não valia a pena aquele texto, mais nada.
Abraços para si e para todos.
Ânimo!

Tiago Carneiro disse...

O Beez é assim.O coração ao pé da boca.

Tudo nesta vida pode ser dito de várias formas. Depende sempre de quem o diz e com que intenções o diz.

O nosso amigo Carlos é um lutador que não se demove de colocar os pontos nos is. Doa a quem doer.
Continua!

Só não concordo contigo numa coisa Beez. O meu blog vai ser o MAIOR! LOL

Abraço do vosso amigo Tiago

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas