15 janeiro 2007

A LIBERDADE DE SER LIVRE

Como devem saber. Por várias ocasiões em circunstâncias propícias, manifestei o meu ateísmo.
Portanto, como devem calcular, não acredito em qualquer tipo de religião.
Na minha opinião…apenas servem para manipular as mentes humanas, como se sabe, de enorme complexidade.

Daí, quem conseguir controlar a mente do outro, controla-lhe todos os seus movimentos, castrando-lhe toda a sua liberdade, em toda a sua dimensão.
Jamais essas pessoas serão livres! Enquanto dogmas doutrinários de origem religiosa, lhe impuserem comportamentos.

Deixam de ser pessoas. Passam a ser peças de uma engrenagem, que se limitam a obedecer a regras e normas, que as aprisionam, e não as deixam, ter vontade própria.
Quando a uma criança lhe é imposto, determinado credo religioso, essa criança, deixa de ser livre, à partida.

Só muito dificilmente, essa criança poderá libertar-se dessa amarra.
Porque já lhe incutiram no seu cérebro, essa doutrina.
No entanto…é precisa muita vontade e determinação, para optar, por não seguir qualquer credo religioso, principalmente, quando a esmagadora maioria dessa família, tem um determinado credo religioso.

Mas se quiser, tiver interesse, e alguma capacidade, de poder entender o sentido da existência das religiões! Poderá faze-lo.
Se não...ficará para sempre, refém dessas mesmas religiões, sejam elas quais forem.
Seguindo normas, comportamentos e dogmas, sem nunca ter consciência dessa realidade.
Claro que não são todas as pessoas! Mas são muitas.

Ao tomarmos essa opção livre, de sermos donos do nosso pensamento, e pensarmos por nós próprios. Entramos em rota de colisão com a família.
Quando tomamos esta atitude, corremos o risco de rejeição e antagonismo por parte dos pais, familiares, amigos, etc.…
Eu falo por experiência própria.

No entanto…com todos os defeitos e virtudes. Posso hoje dizer com toda a convicção, que penso com a minha cabeça, e ando, com os meus próprios pés.
Ninguém nem nada me condiciona. A não ser…a minha consciência.

12 comentários:

Anónimo disse...

Não estou em desacordo total...mas o que tem isso a ver com liberdade?Nomeadamente o aborto?
Os contrários poderão dizer que isso foi um trauma quando terá batido com a cabeça na cama!

Amigo Mário Margaride eu estou em desacordo com a Igreja,mas o ABORTO é contra a vida não a favor ou contra a IGREJA!

Pense lá quem quer e porquê esta lei do aborto...os hospitais privados (clínicas).Mas já fazem os abortos com base na saúde da mulher (pranha porque mãe não será),desculpando-se na saúde mental da mulher (pranha não mãe)...

Os médicos assinam aqui em como ela sofre de problemas psíquicos e outros que poderá vir a sofrer e já está...um assina,outro faz o estrago...

Diga-me se foi a Igreja que mandou formar em Portugal osmédicos das clínicas que espanholas que com uma lei mais fraca que a nossa fazem mais abortos.Aprenderam em sítios como a clínica de Oiã em Ílhavo e depois foam para Espanha,agora vêm para cá...

Mas amigo Mário,quando sou contra os padres,sou-o,não tenho uma pala contra os burros.Eu mandei um mail a um "senhor" do DM de Braga onde lhe relatava um facto de um religioso...e até hoje não tive mais acesso ao referido jornal,também não tenho enviado textos para lá há muito!

Eu critico quando tenho que criticar e o meu amigo vai habituar-se a não dizer dos outros o que não quer que digam de si!Se uns são agarrados à igreja e ao CDS,outros deverão logo ser conotados pelo ateísmo de Cunhal/soviético e ligação ao PCP!

Cllaro como a àgua,porque para si quem não pensa como o meu amigo,são todos uns ignorantes levados pelo "diabo" da igreja católica.

Faz-me embrar o Saramago que agora no fim da vida diz ter dúvidas sobre a religião,sobre o ateísmo!

Uma coisa são as faltas que os homens cometem (em todos os sectores,também na Igraja) outros são os ideais em que cada um acredita.

Parece paradigma,mas porque será que a dita esuqerda é a fvor da maioria dos ideais que levam a nossa juventude ao beco sem saída...droga,aborto,prostituição...tudo livre,sim coitados deles e delas!
Depois não há retorno amigo Mário.

Uma mulher que faz um aborto nunca mais é a mesma!Acredite porque eu sei o que me dizem pessoas conhecidas!

Vá lá deixe lá a igreja para os Islamitas e outros que tais e falemos em nosso nome!

Nem sou do CDS, nem defendo a igreja!

Não sou advogado de ninguém,mas penso nas pessoas e no fim da juventude...crescendo cada vez mais a idade da população portuguesa!

Pensem no que o país precisa!

Deixe lá a igreja,só lá vai quem quer.Agora já tiraram o Cardeal das cerimónias oficiais e vão chamar o Gengis Khan!

Abraço
MR

Keshi disse...

hola! :)

Keshi.

A. João Soares disse...

Caros Mário Margaride, e MRelvas,

A liberdade é realmente um bem precioso. E, como tal, tem vários inimigos, vários obstáculos ao seu exercício. Qualquer aliança a religiões, a pessoas, a partidos políticos, a clubes ou a associações limita a liberdade.

Qualquer escolha impõe a coerência e a continuidade e lógica na acção, limitando a liberdade. Um portista ou um benfiquista, envolto no cachecol do seu clube, não tem liberdade de aplaudir o clube rival. Um comunista confesso não tem liberdade de concordar com um decisão, mesmo que muito boa, do CDS.

Um homem casado não é livre de levar para casa e para a cama a loiraça que encontrou no café.
Portanto, a liberdade total não passa de teoria, pois na realidade ela é muito condicionada, pelo direito à propriedade, pelas leis, pelos valores que controlam o relacionamento social, pelo interesse colectivo, etc

É certo que qualquer religião condiciona a liberdade, mas isso acontece com tudo aquilo que nos rodeia. Temos que aprender a exercer o nosso livre-arbítrio, tomar as decisões que mais nos interessam e assumir totalmente a responsabilidade por elas.
Um abraço
A. João Soares

Ná Jornalista disse...

Olá!
Obrigada pela visita no meu blog!
E..gostei do seu texto, gosto de ler sobre o que não concordo em essência ams mesmo assim me chama atenção, indicarei esse texto a uma pessoa que quero ver a reação, minha mãe!

Ná Carvalho

Mário Margaride disse...

Amigo Relvas, não desmente uma linha, daquilo que está expresso no texto. Nem se quer fala dele.
Eu falo de liberdade, não de aborto. Falo de sermos livres de pensar e agir livremente, sem amarras de qualquer tipo, religiosas, partidárias. Sermos nós, a decidir por nós! E não qualquer partido político, ou credo religioso, a dizer-nos o que devemos ou não devemos fazer, como se fôssemos, atrazados mentais.
É disso que eu falo.
E sobre isso meu amigo...nem uma palavra!
Quanto aos comportamentos e atitudes de cada um! É do seu livre arbítrio, em função da sua consciência.

Um abraço

M.Margaride

Mário Margaride disse...

Obrigada ná, pela visita.
Volta sempre!

Beijinho

MRelvas disse...

Eu falei sobre uma pessoa ser livre amigo Mário...pode ser católico, judeu e não estar amarrado...pode-se ser Social Democrata em pensamentos e ideais e votar-se no Jerónimo de Sousa ou vice/versa!Pode-se querer votar no Camões e votar noutros,mas isso é livre.O que eu digo amigo Mário é que não podemos meter no mesmo saco tudo e todos.Liberdade é antes de mais ACEITAR os outros tal e qual são!

Antes de nos impor-mos se nos aceitásse-mos uns aos outros...meu amigo era uma maravilha "utópica",mas maravilha,um belo sonho!

Abraços
MR

Então meu amigo

Mário Margaride disse...

Amigo Relvas, eu aceito sempre as diferenças...mesmo não concordando com elas.
Isso faz parte da liberdade de ser livre! Aceitar a opinião do outro, mesmo não concordando com ela.
Nunca impor a nossa opinião com única, e exclusiva da verdade. É apenas e só a nossa opinião. Por isso, é que somos livres, de pensar livremente.

Um abraço
M.Margaride

Ludovicus Rex disse...

Interessante que ainda hoje falava com uma pessoa, do mesmo que o Mário aqui escreve, sem ainda o ter lido. E digo-lhe mais, sou Livre, porque penso por mim.
Um abraço

Beezzblogger disse...

Amigo Margaride, eu ando num turbilhão de pensamentos, e este texto, ajudou-me de facto a esclarecer uma dúvida que eu tinha e um receio, pois não sabia o que fazer, mas agora já o sei, o meu filho de 6 anos, devia ser inscrito este ano na catequese, caso eu lhe quise-se impor a doutrina católica, mas como a mim me foi imposta e eu fui obrigado a ir à catequese, a fazer as duas comunhões, só não fui crismado porque aí com 16/17 anos embirrei que não queria, acho que não tenho o direito de o impor ao meu filho e deixá-lo pensar pela sua cabeça.

Daqui a alguns anos ele vai-me agradecer, pois devo ensinar-lhe os bons valores e a ser honesto e correto, pois a educação deve partir dos pais.

Mas se o obriga-se a ir à catequese ele poderia se tornar num católico não praticante como eu, ou então ateu, deixa-o escolher.

Abraços do beezz

Maria Soledade Alves disse...

Amigo Mário Margaride: O Homem pode ser católico,protestante,partidário ou apartidário. O importante é não deixar-se alienar Nunca, seja por aquilo que for.LIBERDADE é ter a capacidade de agir e decidir por si próprio.Podemos ser católicos ou comunistas à vontade se assim o entendermos.Só assim se compreende a liberdade.

Abraço:MªSoledade Alves

Mário Margaride disse...

Amiga Soledade, seja bem-vinda! Claro, que é isso exactamente que tento alertar com este texto.
Mas como saberá, há milhões e milhões de pessoas, que são manipuladas! Tanto pelos credos religiosos, como pelos partidos políticos! Sejam de esquerda ou de direita! Saberá concerteza disso. Ainda bem para si, que não se deixa manipular! Mas milhões de pessoas...não poderam dizer a mesma coisa.
Eu minha cara Soledade! Não faço, nem nunca fiz, parte nem de nenhuma religião, nem partido político!
O meu pensamento! Deriva da observação, do mundo que me rodeia. Das ilações que vou tirando, ouvindo, lendo, e formando a minha personalidade. E daí...formando a minha própria opinião. Sem que, quem quer seja...me condicione no meu pensamento. Sou de facto livre pensador.
Com todos as virtudes e defeitos, como qualquer um ser humano.
Mas penso, pela minha própria cabeça.
Beijinho

M.Margaride

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas