16 março 2007

PARA LER E MEDITAR


4 comentários:

Papagaio da Suica disse...

Como homem do norte e sem papas na lingua ,escreveu o que acha verdade sem ofender ninguem,tambem acho como ja escrevi que é dinheiro deitado fora ha mais em que pensar, mas se a camara quer o museu que ele seja para informar os mais inaltos e incultos o que foi na realidade 40 anos de ditadura oprecao e pobresa.saudacoes M.O

Beezzblogger disse...

Enaltecendo as palavras do meu amigo Manel, o necas, acho que Salzar já foi, já passou, e não sou contar a criação do museu, antes pelo contrário, que este sirva para alertar consciências mesmo daqueles que ainda hoje sonham com ele.

Abraços do beezz

david santos disse...

Acho bem o museu. Um tirano jamais pode ser esquecido. Um bandido daquela espécie deve estar em lugar onde se veja para que as pessoas não o esqueçam. Ai de nós que nos esquecessemos da bomba atómica, da guerra no Iraque, da guerra no Vietname, de Estaline, de Hitler e... esse criminoso deve estar onde todos o vejam. Sou dos que, os crápulas bandidos e criminosos como Salazar devem fazer parte da história, porque todos sabemos haver várias histórias e Salazar, este tirano, faz parte da história negra. Por isso, acho bem que se mostre essa besta para que os nossos vindouros saibam quem a besta foi.
Parabéns.

victor simoes disse...

Concordo com a ideia do museu, temos obrigação de preservar a história e as memórias do passado!
Independentemente do bom ou do mau, a história tem de ser contada às gerações futuras.

Beijinho

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas