31 março 2007

Uma Ideia... para fazer pensar...

Hoje, ao ler um comentário de um colaborador nosso, o meu caro amigo A.João Soares, em que a certa altura diz, e passo a citar:
"(...)Centenas de leis que para nada servem. Costumo citar o caso de todos conhecido do Código da Estrada. Para reduzirem o número de acidentes e suas vítimas, os tais doutores fazem sucessivas, alterações... mas o resultado é nulo(...)"
Ora, neste caso, que já algumas vezes foi aqui debatido, explorado e muita tinta já fez correr, e fará, convém dizer o seguinte, que me parece ser uma ideia de mais um cidadão, que infelizmente tem de andar na estrada todos os dias, e não sendo melhor condutor do que os demais, nem tentando superiorizar-se aos outros, analisa todos os dias o estado da nossa condução, as multas, as infracções e também alguns casos caricatos que me tem chegado às mãos, eis então a minha opinião, em dois casos que entendo relatar:
- Certo dia, na Finlândia, pais respeitado, e soberano, um determinado senhor, cujo nome não sei dizer devido às barreiras linguísticas que nos separam, mas como sendo ele presidente de uma grande empresa bem conhecida de todos nós (NOKIA), circulava a uma velocidade de 75 kms/hora, na sua moto, em local cuja velocidade máxima permitida por lei era ou é 50 kms/hora, caso idêntico em muitas das nossas estradas, foi apanhado no radar e o resultado está à vista, inibição de conduzir durante 60 dias com pena suspensa, dado ser a 1ª vez que foi apanhado, e pasme-se, 160.000 contos, sim 160.000 contos de multa, é que neste país as multas são de acordo com o IRS de cada cidadão, ora como este senhor ganha muito pouco anualmente, a coima é proporcional aos seus ganhos, já a medida de coação, essa é igual para todos os prevaricadores.
- Certo dia, em Portugal, um gestor de uma empresa pública, que ganha mal (basta ver as últimas notícias que têm sido dadas nestes casos), ia no automóvel pago por todos nós, e a dada altura, na A1, foi apanhado pelo RADAR a 216 kms/hora, onde só pode andar a 120 kms/hora, resultado, coima, e pasme-se de 120€, e inibição de conduzir durante 3 meses. Ora este gestor, diz em amena cavaqueira, que não ficou muito chateado pela multa, e até já tinha contratado um motorista, a ser pago por ele, cerca de 300 contos por mês, e assim durante 3 meses perdia 900 contos, mas era bem melhor do que ter de pagar uma multa elevadissima, caso fosse pelo IRS.
Conclusão:
Assim, não admira que as grandes máquinas, pois são estas (Mercedes, Audis, Ferraris, VW Passat´s e etc.) são estas máquinas que prevaricam mais, e são os trabalhadores, aqueles que auferem o salário mínimo, serão esses os detentores de tanta luxuosidade e cavalagem? Não, é claro que não, e deixo-vos um dado estatístico, desde que entrou o Durão Barroso, passando pelo Santana e agora com o Sócrates, nunca, e repito NUNCA se vendeu tanto topo de gama da Mercedes e da Audi como desde essa altura. E sei do que falo, pois estou ligado ao sector, e mais, tenho um familiar na Mercedes que me diz, epa crise? Qual crise, nestes últimos 5/6 anos, já deu para eu construir uma vivenda só de ganhos em comissionamento de vendas, coisa que eu nunca vi em 30 anos de casa. Mas este seria um outro tema, e não querendo me alongar nele, digo, as leis são mal feitas, só são feitas para o pequeno, porque os grandes, os facholas, sim FACHOLAS, são e serão sempre neste país salvaguardados pela política podre que cá se faz.
Carlos Rocha

3 comentários:

victor simoes disse...

Amigo Bezz, aqui está uma boa ideia, ou seja a proporcionalidade das coimas em relação ao rendimento do individuo. Seria justo, pois para nós o povo, pagar 200 Euros, é uma fortuna. Pra os afortunados deste país, é uma esmola, e continuam a prevaricar!
Já ouvi pior, um conhecido senhor, dizer ao polícia para se despachar a escrever o quizesse, pois tinha dinheiro para pagar!
Mas o intelecto de alguns governantes, não chega para destrinçar as injustiças sociais que se criam.

Um abraço

A. João Soares disse...

Amigos Beez e Víctor Simões.
Já conhecia o caso do Administrador da Nokia e, na altura, disse o mesmo que os meus amigos aqui dizem. Mas, ouvi de imediato que isso aqui não dá, porque grande parte dos poderosos não pagam IRS em proporção à vida que levam e foi citado o caso de dois na altura dirigentes futebolísticos que declararam na televisão que tinham apenas o salário mínimo. Eram o Damásio e um tal Bibi.
Perante isto, não se vê medida eficiente para tornar as leis aplicáveis a todos a não ser que, ao serem elaboradas, contem já com medidas práticas para esse efeito. Mas quem as faz conta deixar um buraco por onde se safar!!!
É o tal país de doutores que ficam satisfeitos quando parem uma lei, mas não têm a preocupação de ela ser ou não aplicável. É por isso que não considero grave que o Sócrates não seja licenciado. O que interessa é que governasse bem e para isso não é preciso ser doutor nem engenheiro. O mal do País é ter no Governo muitos teóricos catedráticos que não têm a noção da realidade da vida do povo.
O mal do caso de Sócrates é que não tenha sido transparente ao declarar as suas habilitações e acabar por ser ligado às falcatruas dos donos da UnI.
Votos de uma Páscoa Feliz

MRelvas disse...

Este tal País de Doutores e Engenheiros" é uma fantochada.

Atrasados mentais tratam-se por Drs, só porque mamam na mesma gamela. Alguns mal tiraram a 4ª classe. Em Braga é giro verem-se alguns politiqueiros importantes, auxiliares da CMB, "Prejidentes das Xuntas" tratarem-se por DRs..ridículo!

E que tal o senhor "inginheiro" Mesquita Machado começar a ser tratado como deve ser? Depois destes trintas anos de usurpação do título de engenheiro??

Um Regente Agrícula, ou agente técnico fazia o 5º ano e seguia para Santarém e fazia a Escola Agrícola, salvo erro durante 3 anos!!Engenheiro??De quê?De permanência na autarquia?Isso tem outro nome...

Haja decência!

Sigam o exemplo do 1º Ministro que retirou o título de engenheiro do site da Presidência do Conselho de Ministros, louvavelmente e colocou "Licenciado".

Não é preciso ser engenheiro para se ser alguém, bem pelo contrário.

Gostei da sua actitude senhor 1º Ministro, os outros que lhe sigam o exemplo...

País de analfabetos, que quer à viva força viver acima das suas posses e ser o que não é!

Provincianos...

Caro beezz, é preciso cuidado, não diga boa Páscoa, mas sim comam muitas amendoas...é preciso cuidado com os inquizidores do atéismo!

MR

Saúde a todos

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas