06 março 2007

PASSES SOCIAIS, PARA QUEM?







O Metro do Porto, como é do conhecimento público, implementou há poucos meses, á semelhança do que já há muito existe nos STCP, (Sociedade de Transportes Colectivos do Porto), e CP (Caminhos de Ferro portugueses), passes sociais. Passes esses, dirigidos a reformados, jovens, estudantes, e idosos.

Até aqui tudo bem. É uma medida socialmente justa. A questão que eu coloco, enquanto contribuinte e utente, é até que ponto, o actual formato de concessão desses passes sociais é correcta, e socialmente justa? Porque repare-se, essa atribuição é transversal!

Ou seja, todos os reformados, ganhem eles 300 euros ou 1000, têm direito a esse passe, o que é uma tremenda injustiça. Esses reformados que auferem reformas elevadas, eu conheço alguns desses reformados. Dou como exemplo, reformados do ensino, antigos professores, outros da EDP, dos CTT, e por aí fora! Que deveriam ser excluídos desse benefício, pois podem muito bem pagar o passe normal.

Em contrapartida, os desempregados, aqueles que embora trabalhem, mas pouco mais ganham que o salário mínimo, têm que pagar na íntegra o seu passe, o que é uma tremenda injustiça!
Os Transportes Públicos, CP, Metro, e STCP, deveriam estender esses passes sociais aos desempregados e a milhares e milhares de trabalhadores, que pouco mais ganham do que o salário mínimo, e precisam dos passes para ir para os seus empregos.
Ao contrário dos idosos e reformados, grande parte deles, andam a passear!

Há que haver verdadeira justiça social, porque esses, sim, são os verdadeiros carenciados. No entanto, têm que pagar o seu passe com a tarifa normal. O que é uma autêntica injustiça social! Afinal os passes sociais, são para quem?

4 comentários:

MRelvas disse...

Já aqui em tempos o amigo Margaride abordou este tema.

Estou de acordo que os carenciados devem ter um tratamento diferenciado, tal como os estudantes que usufruem de passe de estudante, sem se ver se os pais possuem posses bastantes para os seus filhos andarem de caroo...o que muitos fazem!
Os reformados,os desempregados, de acordo com os valores da sua reforma ou subsídio de desemprego, se for baixa, ou o valor mínimo, deveriam também ser contemplados. nem que seja em horário "off peack"!

Abraços
MR

papagaio da suica disse...

Desculpe la mas se pedimos justica social para todos ,porque afastar quem esta reformado porque assim trabalhou ,se ganhou mais é porque tambem descontou mais,nao se deve nunca descriminar os reformados,nao importa as reformas,direitos adqueridos nao se tirao.deixen-nos passear.fica a ideia.
M.O

Beezzblogger disse...

Amigo Margaride, o que acontece realmente é uma injustiça, acho que como tantas outras que por aqui proliferam, esta é só mais uma e das grossas.

Só quem nunca precisou deste tipo de transporte para os empregos, é que pode pensar de outra forma, Olha lá ò papagaio, tu sempre andaste de carro???

Vamos acabar com as injustiças, pois reformas chorudas, deviam ser menos contempladas face ás mais carenciadas.

Abraços do beezz

Mário Margaride disse...

Olá Carlos!

Ninguém melhor do que tu, para constatar esta realidade. Já que trabalhaste nos STCP, e sabes quantas milhares de pessoas viajam diáriamente, nos transportes públicos, para ir trabalhar.
Nem toda a gente tem carro próprio, por várias razões, ao contrário do que muitos julgam.
E muitos e muitos desses trabalhadores, ganhando uma miséria como todos sabemos. Têm que pagar o respectivo passe, na totalidade do seu tarifário, e como disse, porque sei, conheço muitos nessas circunstâncias, ou seja! Reformados com reformas de mais de mil euros, a beneficiarem de passes sociais. Ora isto é profundamente injusto, para quem trabalha e ganha pouco mais do que o salário mínino, e o mesmo acontece com os desempregados. Que para além de estarem desempregados, ainda têm que pagar o passe na íntegra do seu tarifário.
São assim duplamente penalizados.

Espero, que no caso do Metro, alterem esta situação. Já na altura desta medida, o Director executivo Oliveira Marques, disse que essa situação ia ser resolvida.

Aguardemos pois...que isso aconteça.

Obrigado a todos, pelos vossos comentários.

Abraço

M.Margaride

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas