06 março 2007

ANGOLA: O PECADO DA CUMPLICIDADE




Por: Fernando Casimiro (Didinho)
didinho@sapo.pt
06.03.2007
José Eduardo dos Santos, Presidente de Angola desde 1979, símbolo consagrado da ditadura e da corrupção é o exemplo vivo da indiferença que realça a cumplicidade entre o Poder, dito institucional e o Poder territorial, o tal poder que se diz ser do povo.
Desde a sua subida ao poder e após sucessivas filtragens de sistemas na orientação política, militar e económica, sobretudo, que José Eduardo dos Santos tem como principal aliado a indiferença do povo angolano para que hoje, todo um desempenho com base na defesa de elites servisse de sustento para a consagração de um império denominado José Eduardo dos Santos, família e companhia.

Leia mais em: http://textosavozdopovo.blogspot.com/

3 comentários:

MRelvas disse...

Aqui está um homem que não passa de um DITADOR feito pela União Siviética e Cuba.

A sua fortuna pessoal é superior ao conjunto dos angolanos explorados!

E anda o governo português a apoiar este senhor...

Abraços Didinho

MR

victor simoes disse...

Uns cada vez mais ricos, outros cada vez mais pobres e espoliados.
Num país tão rico como Angola, muito se poderia fazer a bem do povo Angolano.

Abraço amigo

Beezzblogger disse...

O Zé Eduardo é COMUNA? Não acredito, desculpe mas se o amigo Relvas sabe o que diz, eu limito-me a aceitar...

Abraços do beezz

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas