30 agosto 2006

Divagando sobre a hipotética hipótese

Divagando sobre a hipotética hipótese, de sermos um dia um país decente, cheguei à seguinte conclusão!
Isso só seria possível, se "matassemos" todos os actuais políticos. E de seguida, começassemos uma "fornada" de novos políticos, talvez daqui a uns 40 ou 50 anos, isso fosse possível!
Mas o problema!
É que se calhar! Não teremos é tempo...de acender o "forno"e começarmos a fornada.
Morreremos sim, é todos"queimados"!
Pelos enormes "fogos", com que todos os dias somos ateados, pela classe política, que está hoje, na cadeira do poder!
Depois, de nós...só sobrarão as nossas cinzas, que de nada servirão, nada poderão fazer.
Esse, é que será o problema!

2 comentários:

A. João Soares disse...

Aqui está um bom tema para reflexão.A sociedade em geral também precisa de uma recuperação ética e cívica. Mas quem ensinará às crianças o civismo, a arte do respeito pelos valores e pelos outros, da boa convivência em colaboração em vez da competição?
Quanto à governação, há quem sugira a vinda de uma equipa de estrangeiros, à semelhança do futebol e daquilo que se passou após as invasões francesas. Essa equipa congelaria os partidos, iria formando uma nova classe de políticos que iriam praticando os conceitos da verdadeira democracia e, quando estes novos democratas estivessem capacitados para tomar o leme, sabendo representar o povo e defender os seus interesses legítimos, seria escrito o manual do Estado (Constituição) e teríamos o novo Portugal, sem paragens e sem ser necessário mandar para o crematório ou para as florestas a arder os actuais malfeitores eleitos.

MRelvas disse...

De acordo...o problema é que são sempre os mesmos e quando há uma renovação integram-se e passam a sofrer dos mesmos males!
PORTUGAL precisa já de mudança radical sob pena de se afundar um nobre país de muitos séculos de feitos nobres e agora,somos democráticamente um povo abananado.Esta democracia é só de alguns...

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas