24 agosto 2006

A VOZ DO POVO

É POSSIVEL, SIM SENHOR!

Admitir que a paz entre Israel e os seus vizinhos é coisa que jamais acontecerá, é não conhecer os povos e estar sintonizado com orientações e propaganda vindas do sionismo e do terrorismo norte-americano.
A paz entre os judeus e os seus vizinhos será um facto. Estes povos, apesar de as guerras os terem perseguido ao longo de séculos, têm sido vítimas do sionismo, extrema direita terrorista de Israel que, de braço dado com o terrorismo norte-americano, não lhes tem permitdo o convívio faterno e pacífico que tanto desejam.
Quando Israel for governado por israelitas sem interesses bélicos e desligados das grandes industrias belicistas dos Estados Unidos, haverá paz em toda a região do Médio Oriente.
Não é difícil chegar a conclusões. Basta sabermos quem domina economicamente o sionismo nos Estados Unidos e quem são os seus parceiros neste domínio para ficarmos com a certeza de que quando os verdadeiros judeus tomarem o "poder" em suas mãos, os povos daquela região "limarão as arestas" que os têm dividido.
Basta olhar para os países latino-americanos para sabermos do que falamos. À medida que estes países se vão libertando do terrorismo, vão deixando os donos da América do Norte mais isolados, mas beneficiando da paz e, não raras vezes, de melhores condições de vida e liberdade. Há quem chame de populistas a alguns dos seus dirigentes, mas quem estiver interessado em saber o que era a américa-latina há dezenas de anos atrás com o domínio norte-americano, encontra o resultado: francamente, positivo.
Por tudo isto, a "abantesma" não vem do povo judeu, vem do outro lado do mundo com a conivência de alguns, poucos, sionistas endinheirados e aliados do terror.

Sem comentários:

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas