04 dezembro 2006

Canta Por Mim

Canta Por Mim

Bem haja um programa de entretenimento onde histórias bem reais com enredos e contornos suportados pelo signo da pobreza, nos ajuda a pensar como é importante que o nosso Governo defina prioridades.
Chegam ao nosso conhecimento casos de pobreza extrema, onde ratos e baratas coabitam com humanos como de companhia bem-vinda se tratasse!!...
Ambições perfeitamente legítimas,como exemplo estudar ,ou ter uma habitação digna onde a chuva não sirva como companhia e a força do vento não consiga despir um telhado, não passam o patamar do sonho.
Vontades, objectivos de vida que passam pela ajuda do "Canta Por Mim"devíam ser complementados pela obrigação do Governo que afinal arrecada os nossos impostos, esquecendo a realidade da enorme pobreza que grassa no país. Em troca de inúmeros estádios de futebol onde foram gastos milhões de euros, agora desaproveitados, Tgv's , despesas extravagantes, tudo em prol da imagem de um país rico que em nada corresponde à realidade, sería mais gratificante ver o nosso país preocupado em pintar a vida de pobreza em tons de azul, amarfanhando o cinzento-escuro que teima acompanhar muitas famílias. Pensões de certos Senhores onde os valores ultrapassam o limite do aceitável é o contraste perfeito entre o excesso e a precaridade...
Que o programa "Canta Por Mim" nos obrigue a acordar e a reflectir sobre todo um sistema que parece andar adormecido!...


Maria Soledade Alves

3 comentários:

MRelvas disse...

É um programa fraco que vale pela denúncia de estados caóticos que existem em largo número na sociedade portuguesa!

Por isso parabéns à TVI!

david santos disse...

Olá, Soledade!
Parabéns!

victor simoes disse...

Viva Soledade, na minha opinião não gosto do programa, por aproveitamento da imagem de desgraça, miséria e pobreza! Um aproveitamento em torno de fixação de audiências e só por isso foi criado, numa lógica em que os protagonistas, têm de dar a cara e gerar um sentimento de desolação e pena.
Por isso acho o programa sórdido!
Reconheço no entanto o mérito de dar a conhecer o quanto de sofrimento existe, aqui ao nosso lado e a possibilidade de ajuda a quem precisa!
Note-se, eu não gosto da exploração feita na óptica empresarial, sabe quantos milhares de euros embolsa a TVI, pela passagem de publicidade no horário desta emissão? Pois altruísta seria reverter 50% dessas receitas para ajudar quem precisa e não sujeitar a um concurso a resolução ou ajuda!
Minha amiga, esta é a minha opinião e vale o que vale, uma opinião sobre um programa de televisão.

Um grande beijinho para si Soledade.

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas