07 dezembro 2006

MENTES

Mentes ausentes, ocas...
Perversas, sombrias, perigosas
Destruidoras, doentias
Mentes dementes, vazias…
Inconsequentes, ausentes
De sentir, de amar, de lutar!
Mentes sem mente
Perdidas...
De rumo, de norte
Mentes despidas
Mentes que se ausentam
Mentes sujas, vazias...
Desconexas, complexas
Mentes que mentem a si próprias, frias!

5 comentários:

david santos disse...

Olá!
É pesadote, mas há de tudo isso...
Um abraço.

santolaya disse...

todos tenemos algo bueno.

Mário Margaride disse...

Como disse, amigo David. Há de tudo isso no ser humano. Muitas vezes, não por vontade própria, mas pela circunstância. Depois...não conseguem ser capazes de a controlar. A ela, à mente! Tal...é a sua complexidade.
Por essa razão, o mundo anda, em sentido contrário.
Um abraço
Mário Margaride

Conceição Bernardino disse...

Mentes que tudo dizem e tudo calam são mentes e mais nada!
jinho
conceição

MRelvas disse...

Infelizmente dizem que no tempo de Salazar os portugueses eram incultos...sim assim eram em parte,tal como em Espanha,Itália,França e outros países,mas veja-se quem é o povo menos culto da Euopa dos 25...neste momento,no sector educaional,literário,na cultura geral e no profissional.Aqui é que bate o ponto,regredimos...talvez com o TLEBS resolvam tudo,tal como fizeram com o simplex!

Cumprimentos

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas