20 dezembro 2006

POLÍCIAS QUEREM DIREITO À GREVE



A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP), o sindicato mais representativo da PSP, entregou na Assembleia da República (AR) uma petição em que exige do Governo o direito à greve por parte dos polícias.
Mas porque razão não hão-de ter ainda esse direito? Os governantes, com muito regozijo, retiraram-lhes todos os direitos que os distinguiam dos funcionários vulgares públicos, e oestes têm direito a sindicato e a greve; também os meritíssimos juizes, que até se consideram órgão de soberania, também podem fazer greve. Então qual a razão de os polícias estarem privados dessa forma democrática de luta. Algo está errado nesta lógica que actua como um pau de dois bicos.
Não ensandeci, ao falar assim. Só queria enfatizar a falta de lógica do Governo em fazer restrições aos polícias em nome do bem público mas sem lhes dar qualquer compensação por esses sacrifícios, indo ao extremo de os comparar aos funcionário públicos.
Com efeito, não quero imaginar o que serão as grandes cidades num dia de greve da PSP. Nesse dia os prevaricadores agem impunemente, a qualquer hora, em qualquer local, sem qualquer receio. Realmente, não posso aceitar que a PSP faça greve, mas o Governo não pode imaginar o sofrimento de agentes que se vêm igualados aos «mangas de alpaca», mas a quem em dado momento tudo é exigido. Viu-se há dias na Dinamarca que os polícias estão sempre prontos a entrar em acção para combater os efeitos nefastos de governantes apressados e insensatos. A sua prontidão permite, em caso grave, contar com a sua presença qualquer hora, em qualquer dia, enfrentando riscos que por vezes vão até à perda da vida, o que não acontece a um vulgar funcionário público. Se o Governo não os prestigiar, se os tribunais não derem seguimento ao seu trabalho de fiscalização e repressão da criminalidade,
Não podemos ficar espantados se utilizarem formas irregulares de demonstrarem o seu mal-estar.

3 comentários:

pexeseco disse...

............♥
...........***
..........*****
.........*Feliz*
........*********
......************
.....******Natal****
....****************
...******************
..********************
..........****
..........****
..........****

MRelvas disse...

Nunca fui a favor das greves caro A. João Soares,mas o que diz é certo!!

Abraços
MR

Beezzblogger disse...

Amigo A João Soares concordo plenamente no que diz, mas acho que efectivamente não vamos ver os polícias com direito á greve,nem agora nem nunca, por uma razão muito simples que é esta, o Governo, este ou outro qualquer, ficaria nas mãos da polícia e governaria ao seu toque de caixa. Mas sou de acordo que os policias devem ter tratamento substancialmente diferente dos restantes funcionários públicos.

Abraços do Beezz

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas