29 dezembro 2006

CRIMINOSO É CRIMINOSO.

Ainda que pintem Fidel Castro de branco, a mancha negra do crime não lhe sairá do corpo. Ao mandar executar adversários políticos, Fidel Castro cometeu crimes. Por isso, é um criminoso. Esta mácula, Fidel Castro, terá que arcar com ela até ao fim dos seus dias.
A revolução cubana, ainda que necessária, pois Cuba era dominada por uma ditadura de escárnio e desumana, apoiada por interesses norte-americanos, estes sempre dúbios e terríveis, não deu a Fiel Castro o direito de eliminar adversários políticos pela via do terror e da morte. Espero que a revolução cubana venha a seguir o seu destino e venha a ser benéfica para todos os cubanos. Contudo, tal como muitos cubanos que adoram a sua revolução, eu não devo nem posso, como homem iluminado pela paz e amante da bondade e do perdão a que o cristianismo me habituou, deixar Fidel Castro à sombra dos homens de bem. Não. Fidel Castro, tal como muitos outros ditadores e criminosos, não deixa de ser isso mesmo: ditador e criminoso.
Ele, como homem oriundo do cristianismo, não acolheu no seu sentir de humano cinco virtudes fundamentais: o perdão, a bondade, a solidariedade, a amizade e a justiça.
Quem não conseguir no seu ser conter estas cinco virtudes, pode pensar que o é, mas jamais será um verdadeiro Cristão.
O Cristianismo cometeu muitos erros ao longo da sua história, mas quem não souber aproveitar o que Nele há de bom, ao contrário, aproveitar o que Nele houve de errado, só não é Cristão, como nem sequer sabe o que é.

David Santos

6 comentários:

MRelvas disse...

Caro David,nem precisava de o escrever!mas assim contentou ALGUÉM!?
DITADORES "DEMOCRATAS" HÁ MUITOS!Aqueles que fazem as tropelias e depois dizem que é para o povo!

Enfim,ainda há os que vão nisso!Santa ignorância!

Abraços
MR

A. João Soares disse...

Bom texto.
Nem é preciso evocar o cristianismo. A solidariedade humana, o respeito pelos outros, o amor ao próximo como a si mesmo, a tolerância, etc. etc. são uma boa base para a Paz e a felicidade dos povos. Alguém que tem por dever dar felicidde e bem-estar ao povo, mas que o oprime a seu bel-prazer, é um traidor da população que deve servir, um tirano, um ditador.
Que Deus nos dê um 2007 melhor do que o 2006, sem guerras sem desperdícios com ostentações de poder, mas com mais justiça social.
Cumprimentos
A. João Soares

victor simoes disse...

Democracia totalitaria, é para onde caminhamos, David.
Se o povo não se precavem, o mundo está cheios de ditadores que se dizem democratas!

Um abraço

Beezzblogger disse...

E não será a DEMOCRACIA uma forma de DITADURA?

Devemos
Enxovalhar
Massacrar
Oprimir
Corromper
Roubar
Culpar
Inocentes
Ad-hoc

Claro que é a definição, vista por mim, da palavra, já que a do dicionário pouco me diz...

Abraços do Beezz

Mac Adriano disse...

Talvez não concorde totalmente por não ser cristão, que, de facto, não o sou. Talvez por isso ache que os excessos de Fidel Castro, devido à proximidade geográfica com os Estados Unidos, possam ter sido um mal necessário. Lembro-me do Chile, por exemplo, onde um homem que não fez mal a ninguém, Salvador Allende, ainda por cima eleito democraticamente, foi derrubado e praticamente assassinado por um ditador (Pinochet) apoiado pelos Estados Unidos, que matou muito mais gente do que Fidel. Talvez (digo eu) se Fidel não tivesse tido mão dura os Estados Unidos o tivessem igualmente derrubado para lá pôr um ditador mais a seu gosto. Não é que aprecie os assassinatos políticos mas, às vezes, não há outra forma de lidar com quem ainda é pior. A América Latina, infelizmente, não pode ser democrática, porque sempre que por lá há "democracia", é aquela que convém aos norte-americanos.

Anónimo disse...

He leído su comentario. Y no puedo dejarlo a usted, ni a tantos portugueses a la sombra de lo que usted llama "la verdad".
Decidí entonces escribirle dejándole mis consideraciones. Primero, me saltan a la vista la ignorancia sobre la historia cubana y errores de conceptos imperdonables, que son mejorados en el comentario de Mac Adriano.
¿Conoce, como se conoció tristemente en Chile, cifras de miles de cubanos desaparecidos? o asesinados de una noche para otra sin ni siquiera encontrarse sus restos? ¿Conoce la oscuridad de la inextinguible mancha negra del crimen en tierra cubana?
Un criminal es alguien que asesina, desde las ideas hasta vidas humanas. Como puede serlo quien ha sido por tanto tiempo la fuente de tantas ideas? El defensor de tantas ideas, el realizador de tantas ideas y programas sociales para Cuba y para muchos países en el mundo? Eso no es acaso,lo más cercano al cristianismo?
Cuando Guayasamín le hizo aquel retrato de las manos a Fidel y este le protestó durante el retrato: "¡Pero, Oswaldo, esas manos que me estás pintando están muy flacas y muy pálidas!". Guayasamín le dijo: "¿Pero es que no entiendes, Fidel? Estas no son manos, ¿no te das cuenta?, son palomas, son puras, nunca han robado ni se han manchado de sangre". Recuerda eso?
Como puede confundirle a Fidel su justicia y solidaridad que son sus pilares de conducta, ante los ojos de quienes no conocen lo que usted dice conocer bien. Acaso no sobran los ejemplos de ejercicios plenos de solidaridad de la revolución cubana dirigida por Fidel entregando al mundo, no lo que nos sobrara sino lo que teníamos, sin pedir nunca nada a cambio.
Me parece que necesita un poco más de información real antes de realizar juicios tan fuertes y calumniosos que nada tienen que ver con un cristiano.
Tampoco estará a par de las declaraciones de tantas personalidades en el mundo que acompañan su recuperación mientras proclaman el respeto del mundo por su obra.
Tiene su cristianismo alguna diferencia con el de los católicos de cuba, quienes llamaron a orar por la recuperación del Presidente Fidel Castro, quienes ofrecieron oraciones para que Dios acompañase en su enfermedad a Fidel y quienes se expresaron, como parte de mi pueblo, compartiendo preocupación por su salud y en unión con las súplicas de todos los creyentes, exhortando a la estabilidad y la armonía social imperantes en Cuba.
O tiene alguna diferencia también, con el cristianismo del intelectual y religioso brasileño Frey Beto, a quién admiro especialmente por su sabiduría y coherencia, y que se dispuso a viajar a Cuba para ir a orar con los cubanos por el rápido restablecimiento del Comandante en Jefe.
No encuentro otro deber que el de decirle una verdad diferente de la suya porque creo que la verdad es condición para ser respetado.
Milena, Cubana

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas