15 fevereiro 2007

EDUCAÇÃO PELAS RUAS DA AMARGURA!



DEFINITIVAMENTE A NOSSA EDUCAÇÃO, ESTÁ MESMO PELAS RUAS DA AMARGURA.
SE AS PROVAS GLOBAIS DO ENSINO BÁSICO (9ºANO), SERVIAM DE AFERIÇÃO POR UM LADO, E POR OUTRO, TINHAM A VALORIZAÇÃO DE 25% NO RESULTADO FINAL DOS EXAMES NACIONAIS, TINHAM DE FACTO IMPORTANCIA.

AGORA A MINISTRA DA EDUCAÇÃO, QUERER ACABAR COM AS PROVAS GLOBAIS, SEM GARANTIR, QUE IRÃO HAVER EXAMES NACIONAIS EFICASES, PARA QUE OS ALUNOS POSSAM DE FACTO SER AVALIADOS, COM METODOLOGIAS ADEQUADAS E AJUSTADAS, A TODAS AS DISCIPLINAS, A EXEMPLO DO QUE JÁ ACONTECE NO PORTUGUÊS E NA MATEMÁTICA, É NO MÍNIMO IRRESPONSÁVEL!


DIZER QUE AS PROVAS SÃO «DESAJUSTADAS, DESORGANIZADAS DO QUOTODIANO DAS ESCOLAS E DISPENSÁVEIS», PALAVRAS DA MINISTRA DA EDUCAÇÃO MARIA DE LOUDES RODRIGUES, NO DEBATE DESTA QUINTA FEIRA NO PARLAMENTO, E NÃO DIZER QUAIS AS ALTERNATIVAS. É NO MÍNIMO IRRESPONSÁVEL! PARA NÃO DIZER OUTRA COISA MENOS “SIMPÁTICA”.


QUESTIONADA PELOS JORNALISTAS NO FINAL DO DEBATE, LIMITOU-SE A RESPONDER, NÃO RESPONDENDO! QUE «OS EXAMES DEVEM SER INTRODUZIDOS QUANDO SE JUSTIFICA A AFERIÇÃO DA QUALIDADE DO ENSINO», PALAVRAS PARA QUÊ? É A NOSSA MINISTRA DA EDUCAÇÃO.

DE FACTO, A NOSSA EDUCAÇÃO, ANDA MESMO PELAS RUAS DA AMARGURA!

8 comentários:

Ludovicus Rex disse...

E depois chegam ás Universidades sem nada saberem...
É o país que temos.

Beezzblogger disse...

E se andam amigo... e como andam...

Abraços do beezz

Isabel Magalhães disse...

Chegam ao 10º ano não sabem escrever... aliás chegam à faculdade a dar erros crassos.

No Oeiras Local tb deixei um post sobre o assunto.

Um abraço.
I.

Mário Margaride disse...

É amigo Loduvico, infelizmente é a nossa triste realidade.
Sem uma política consistente, na organização do ensino, não iremos a lado nenhum!
Assim, cada vez formaremos, mais analfabetos...

Abraço

Mário Margaride disse...

Andam não andando, melhor dizendo!

Um abraço

Mário Margaride disse...

Sem dúvida nenhuma, cara Isabel!
Isso aliás verifica-se, nos concursos televisivos. Como o "Um contra todos". Onde mesmo formados. Não conseguem se quer responder, a perguntas básicas sobre Português!

Enfim...

Irei visitar o Oeiras Local!

Beijinho

MRelvas disse...

Caro Margaride a ministra já não sabe mais o que fazer.Será que o nosso 1º não vê isso ou só é teimoso?Pena é que sem educação quem sofre é o país e claro o POVO!

Educação e formação V/S investimento são razões de desenvolvimento.

Abraços amigo Margaride

Mário Relvas

A. João Soares disse...

Perante tanta unanimidade, só posso acrescentar mais umas achegas.
Sugiro uma visita ao meu post
http://mais-mentiras.blogspot.com/2007/02/ensino-ferramenta-do-desenvolvimento.html

Não devemos esquecer da aventura e das hesitações finais e das contradições entre dois secretários de estado quanto à TLEBS.
Também não devemos esquecer do tão falado inquérito a crianças sobre a vida sexual dos seus pais. Há aqui posts sobre estes dois temas. Nada se perde em recordar.
E, perante estas incapacidades de ministros, que faz o primeiro-ministro? Merece atenção aquilo que é dito e insinuado por Mário Relvas no seu comentário.
Abraços
A. João Soares

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas