16 novembro 2006

Amizade.


Um dia...
Um dia a maioria de nós irá separar-se.
Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, das descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que partilhamos.
Saudades até dos momentos de lágrimas, da angústia, das vésperas dos finais de semana, dos finais de ano, enfim... do companheirismo vivido.
Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre.
Hoje não tenho mais tanta certeza disso.
Em breve cada um vai para seu lado, seja pelo destino ou por algum desentendimento, segue a sua vida.
Talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe... nas cartas que trocaremos.
Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices...
Aí, os dias vão passar, meses... anos... até este contacto se tornar cada vez mais raro.
Vamo-nos perder no tempo...
Um dia os nossos filhos verão as nossas fotografias e perguntarão: "Quem são aquelas pessoas?"
Diremos... que eram nossos amigos e... isso vai doer tanto!
-"Foram meus amigos, foi com eles que vivi tantos bons anos da minha vida!"
A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente...
Quando o nosso grupo estiver incompleto... reunir-nos-emos para um último adeus de um amigo.
E, entre lágrima abraçar-nos-emos. Então faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante.
Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vida isolada do passado.
E perder-nos-emos no tempo...
Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades...
Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!"


Fernando Pessoa

7 comentários:

david santos disse...

Ó bezz, está fantástico. Tenho esse texto cá nos meus livros de leitura e formação, pois sou pessoano mesmo em termos académicos.A Universidade Ferando Pessoa é a minha Universidade, mas o meu poeta, mesmo gostando de todos, pois outra coisa não podia ser, é Cesário Verde, o que também não é difícil de perceber. Muito obrigado, bezz. Está fantástico.

Klatuu o embuçado disse...

Texto chocho... nem tudo o que é do mestre... é de mestre.

Klatuu o embuçado disse...

De que obra isto é retirado?? Duvido muito da autoria!

Mário Margaride disse...

Amigo bezz. Isso só acontece com a verdadeira amizade, como diz Pessoa.
Porque amizade apregoada da boca para fora, sem conteudo prático...é mera hipocrisia!
Um grande abraço
M.Margaride

MRelvas disse...

Saudades da amizade,saudades da vida...
Assim é a vida!

Cumprimentos
MR

Anónimo disse...

Amigo Bezz

Assim é que é.

Nunca é demais relembrar as coisas boas da vida e a amizade é uma delas.

É verdade que é difícil encontrar amizades sinceras, mas também se nos fecharmos na concha a pensar mal de tudo e de todos nunca poderemos vir a experimentar o que é bom.

Desilusões, todos as temos! Deixar de viver porque nos agarramos a elas e às derrotas que tivemos é impedir-nos de encontrar o que a vida tem de bom.

Sonho é o nome que muitos dão o àquilo que defendo.

Em parte é verdade, mas está nas nossas mãos transformar aquilo que começa por um sonho, na verdadeira realidade.

E tudo começa por uma semente seja na agricultura seja em qualquer área da vida.

Primeiro os projectos começam por um desejo, depois um sonho, depois pomos mão à obra procurando o que podemos fazer para pôr essa semente a crescer e por aí vai, até que muitos sonhos, um dia se tornam em maravilhosas obras.

Reguemos pois as sementes da amizade para que possam dar bons frutos.

Estamos todos de Parabéns porque temos andado a regar a semente da amizade.

Alexandra Caracol

JOSÉ FARIA disse...

Amigo Bezz, este DESPERTAR sobre a vida, as vidas, as amizades, os amores, as separações de Fernando Pessoa, acorda-nos para a realidade, sobretudo a quem tem sentimentos.
Elas leituras faz-nos bem. Deixa-nos a interrogar-nos a nós mesmos.
Acorda saudades quase adormecidas que as pressas do dia a dia quase as fez esquecer.
Obrigado amigo e Boa Semana!
José Faria

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas