28 novembro 2006

QUE RUMO PARA A JUVENTUDE ?

Os jovens de hoje serão os líderes de amanhã
As opiniões dos idosos em relação aos jovens sempre foram de crítica impiedosa, demonstrando dificuldade em compreender a insatisfação dos futuros adultos e a sua ânsia por fazerem reformas para criarem um mundo mais adequado as seus ideais de felicidade. Hoje, além desse problema de gerações, aprece um bem mais grave que se relaciona com a ausência de ideais em vários níveis etários. Deixou de haver teorizadores da ciência política, da ética profissional, da arte do relacionamento com as outras pessoas no emprego, no prédio, no bairro, nos lugares públicos, etc. O que mais se evidencia é o egoísmo, a ganância, a ostentação do carro, do telemóvel, do calçado e roupas de marca, do local de férias. Para se distinguir nisso, todas as negociatas, corrupção, tráficos, etc. são válidos. Os fins desculpam os meios.

Parece não haver grandes dúvidas de que estamos a atravessar um período crítico e, possivelmente, a entrar numa era de destruição de todos os valores da vida da humanidade. A comunicação social deixou de ser um instrumento de instrução e de apelo aos bons comportamentos, para ir ao encontro dos mais baixos instintos, aliciando para o facilitismo, realçando pessoas menos válidas moralmente, que depois são seguidas como modelos a imitar.
No meu post «O Mundo Amanhã» em A VOZ DO POVO em 7 de Outubro alertava para a importância dos blogues no futuro das sociedades, mas é preciso que sejam bem aproveitadas as suas potencialidades. Na troca de e-mails, tenho inserido sempre para um apelo suave, sem forçar, ao que a alma humana tem de melhor, mas infelizmente, pouco eco tenho recebido. Dá a impressão que a quase totalidade das pessoas trocam e-mails apenas para se deleitarem com as imagens e o som dos anexos, não tirando benefício da oportunidade de reflexão sobre a essência da vida em sociedade.

Isto mostra que os jovens estouvados já não são apenas os adolescentes mas muitos adultos, pais desses jovens. Os jovens já não têm na sua proximidade alguém que os esclareça e os ensine a encarar a vida com maturidade. Basta reparar nas notícias das inúmeras famílias que estão falidas devido ao mau uso de cartões de crédito, de compras a prestações, de consumismo exagerado sem controlo. E agora, com a proximidade do Natal, o caos acentua-se para não ficar atrás dos colegas e dos vizinhos, sendo um deitar dinheiro à rua sem qualquer senso.Penso que os utilizadores de blogues e os que trocam e-mails, devem ir destilando umas gotas de bom senso. Talvez algumas sementes caiam em terreno fértil e se propaguem as boas ideias. Temos que alimentar a esperança e irmos exercendo a melhor influência à nossa volta, chamando as pessoas à reflexão realista sobre o mundo de amanhã.

4 comentários:

pintoribeiro disse...

Pois. Gostei. Bom dia, abraço,

MRelvas disse...

Certo amigo A. João Soares,mais uma vez no seguimento dos nossos posts anteriores.

Efectivamente o problema geracional é anterior...já vem de trás.

Começou com as galinhas dos ovos de ouro-a entrada na CEE,com o reinado de Cavaco Silva acentuou-se.Importámos tudo o que de fora vinha.Pois o que era de fora é que era bom.Vierem todas as coisas boas e a maioria -más.
Perderam-se raízes na família,na Pátria e de uma forma ou de outra na fé, seja ela qual for!
Mas agora bateu no chão.



Abraços
Mário Relvas

João Moutinho disse...

"Panes et circenes".
A História repete-se.

Cucagaio disse...

A situação não é nova, e vai-se repetir no futuro. O conflito entre gerações, que muitas vezes não passa de simples incompreensão é algo que sempre acompanhou a humanidade. Os novos julgam que os velhos estão desligados da realidade, os mais velhos não veêm futuro para a nova geração. Não há perda de valores, há evolução, podemos ou não gostar do caminho que se segue tão-só. Um obrigado aos David Santos pela visita.

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas