13 novembro 2006

Salário Minimo


A grande revelação de José Sócrates, no congresso que ontem terminou em santarém, foi sem dúvida o aumento já no próximo ano, ao salário minimo de 385€ para 400€ e com a promessa de que até 2009 este chegará aos miseros 500€. Revelação essa que divide sindicatos, e enerva patrões. A meu ver, trata-se de mais uma manobra de diversão deste governo e da sua maioria, era bom que assim fosse, o poder de compra de muita gentinha que por aí anda (aos milhares infelizmente) aumentaria de forma ténue é certo, mas como diz o ditado «migalhas é pão...». No entanto nas notícias, o presidente da CAP (Confederação de Agricultores Portugueses), já maifestou total desacordo com este aumento, não pondo de parte um aumento sim mas de 10€, que daria 395€, e assim, no ponto de vista dele, daria para assegurar os tais postos de trabalho, que segundo este, são na maioria neste sector, dependentes (os patrões) de mão de obra barata, e ao haver tal aumento, poria em causa esses postos de trabalho. Resta saber se outras confederações de patrões o seguirão, e se o governo terá mesmo "Tomates", para ir com isto por diante. Era bom que os tivesse, depois, passados alguns anos, ou mesmo no ano imediato a estes aumentos, os patrões olharam para os seus lucros aumentar, e a economia a subir, como aliás eu já o referi por diversas vezes. Sim Senhores empresários foi assim que a Espanha saíu da crise, aquela á uns 8 anos atrás, e foi assim que a Irlanda também cresceu, e os senhores, para escoarem os vossos produtos, e serviços também tem de fazer alguns sacrifícios, não tanto como nós, mas alguns, que depois da tempestade vem a bonança. Queria dizer só mais uma coisinha em tom de desafio, façam a experiência, aumentem os salários, os lucros nesse ano serão menores, mas no ano seguinte e nos outros consequentes os vossos lucros duplicarão. Se fugirem á lógica do enrriquecimento em pouco tempo e do lucro fácil, terão mais lucros e mais duradouros. E digo eu que não sou economista como o Cavaco.
Bem hajam

8 comentários:

MRelvas disse...

Caro amigo beezz,não entende que para além de haver dinheiro para algumas coisas,os reformados que recebem menos que isso ficam esquecidos...quando o governo aumentar o ordenado mínimo devia aumentar as pensões mínimas dos que fizeram descontos e estão (maldita sorte) indexados à tabela da maldita função pública que não sobe os seus ordenados à anos...Quem descontou uma vida-curta ou longa,por algum motivo estará reformado não merecerá a atenção de um reajustamento e um estudo das pensões??

Abraços amigo beezz (raio de nome,escola um que de diga sem (...)).

Conceição Bernardino disse...

Caro amigo quando o rendimento per capita é equivalente a 150 euros já nada mais me admira neste pais.

conceição Bernardino

Beezzblogger disse...

Amigo Mrelvas, o que diz é de facto verdade, pese embora a falta de lucidez deste governo, e nessa eu estou consigo. Quanto ao nome "Beezz, eu escolhi este, inventado por mim, uma vez que também ao me lembrar dele não me diz nada, mas fica no ouvido, pelo menos para mim, os meus amigos já me conhecem por ele, e eu espero que você me passe a conhecer também, já agora um a pergunta:-Em que ano Esteve nos Comandos? É que eu estive na Amadora, ainda o Jaime Neves era o Comandante do Batalhão de Comandos, aliás saiu nesse ano para a Reforma.

Mário Margaride disse...

Amigo beezz. Oxalá tenha "tomates" como diz. Mas é a tal situação. Até pode o Governo decretar 1000 euros! O problema, como disse o patrão da CIP, que refere no post. É saber se as empresas terão capacidade de poder pagar esse aumento. É que não é o estado que paga os saláros dos privados, são as empresas! Essa é que é a questão principal. A ver vamos!
Um abraço
M.Margaride.

A. João Soares disse...

Amigo Beezz
Mais um Comando, com garra.
Como o vosso convívio de Janeiro tem um orador que admiro, talvez lá me infiltre à socapa. Só me falta saber se há algum carreiro para a vossa sede a partir da estação de Santo Amaro, porque a de Paço d'Arcos fica longe!
O seu texto está com muita qualidade. Para saír da crise há que começar por qualquer ponto do circuito. E o salário mínimo dá mais resultdo social. O dinheiro circula e essa é uma forma de o fazer circular com mais intensidade. Seria bom que começássemos a dar pequenos passos no sentido de imitarmos a Irlanda, e a Espanha.
Mas, como diz a Conceição, como será posível um tal salário mínimo se o rendimento per capita é apenas de 150 €?
Se os salários aumentam, aumenta o poder de compra, o comércio gera mais riqueza e as pessoas passarão a viver melhor.
Mesmo que não sejamos economistas, nada custa dar palpites baseados nas nossas experiências, leituras e conversas. Há pastores analfabetos que são grandes filósofos, fruto das suas reflexões acerca daquilo que observam à sua volta. Repare que um dos grandes males do País é o Governo ter muitos professores universitários que poderão saber muita teoria, mas ignoram as realidades nacionais. Até fizeram uma lei das finanças dos partidos que não são capazes de cumprir!!! Leis inviáveis que só servem para encher papel.
Um abraço
A João Soares

david santos disse...

Estou com o meu Amigo, bezz. Já está tudo dito.
Parabéns.

MRelvas disse...

Caro amigo beezz,raio de nome...o Coronel jaime Neves saiu no dia 31 de Agosto de 1981,não para a reforma,mas por passagem à reserva por vontade própria depois de ter chamado de mentiroso o CEMGFA General garcia dos Santos e o PR EANES!

Talvez não saiba o motivo,mas eu talvez um dia explique...
Talvez agora não seja o melhor momento.


Lamento,mas pelo que escreve e eu admiro-o,não foi Comando...sabe eu sinto um COMANDO ao longe,mesmo os que fogem à norma,são poucos!...

O meu amigo poderia ter passado no Ex-RCMDS na Amadora no período de 1993,ano da extinção...

A propósito,eu não vejo a sua foto e o seu link está preto...

"São muitos anos a assar frangos"

Diga se correcto,escuto!

"EU QUERO,EU SEI,EU POSSO"!


um grande abraço beezzz

Beezzblogger disse...

Amigo Mrelvas, eu nunvca disse que fui comando, integrei isso sim a BLI (Brigada Ligeira de Intervenção) no Extinto RCMDS, e como o amigo diz e muito bem o Jaime Neves saiu de facto em 81, mas quando eu lá estava, ouva sempre o seu nome ser mencionado como o comandante, mais tarde cerca de um mês depois, de estar no RCMDS fui para o COFT, em Algés que era onde pertencia a BLI, e assim foi até ao fim da tropa.
Um Abraço

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas