08 novembro 2006

Banca

O Sr. João Salgueiro, distintíssimo presidente da ABP – Associação de Bancos Portugueses – insurgiu-se contra o governo, após este ter declarado na assembleia da república as medidas contempladas no OE para 2007, aumentos em sede de IRS e IRC para a banca, e não só a nível geral serão aumentados os impostos a este sector. Preocupa-me o facto de não passar de uma ameaça apenas e só, caberá a todos nós constatar-mos esse facto no decorrer do próximo ano. Senão vejamos:

1 - Desde 2000, ano após ano, a banca tem vindo a aumentar os seus lucros, sendo cada vez mais astronómicos, e utilizando a fuga que existe na lei, as várias fugas, como por exemplo, a distribuição de dividendos desses lucros pelos vários accionistas majoritários, e outras que demais.
2 - A banca é o maior credor do estado, principal financiador das suas obras e devaneios, ficando este último refém do poder capital.
Por último, o nosso ministro das finanças, é um amigo da banca, alias anteriormente a ser ministro, trabalhava no sector, muito antes de ter passado pelo banco de Portugal.

Com tudo isto, e com mais coisas que agora não me ocorrem, tenho quase, quase a certeza de que, será muito difícil que este ou outro governo qualquer faça a banca pagar o justo, não mais do que isso, e se todos pagasse-mos, estaríamos ao nível europeu, ou seja, ao nível dos demais estados membros como aqui os nossos vizinhos, espanhóis que sacrificou a banca e o grande poder capital, ainda no tempo do Filipe González, e não no de José Maria Aznar, como muitos querem fazer pensar, que fez uma coisa incrível, que foi, aumentar os salários, retirando ao poder capital no primeiro ano, devido a esses aumentos, entre 50 a 70% dos seus lucros, mas como o efeito dos aumentos fez mexer a economia, aumentando o poder de compra, os lucros destes senhores que haviam decrescido esses tais 50 a 70%, TRIPLICARAM nos anos seguintes, e a Espanha a crescer 4% ano. Também os Irlandeses, retiraram daí a receita, e onde está, onde? Aqui o poder capital não deixa fazer isso, não, mas há que haver TOMATES, como nesses países os houve.
Tenho dito!!!

3 comentários:

MRelvas disse...

Olá amigo Beezzbloger,gostei do seu post.Não gostei muito foi da chamada de atenção para o senhor Filipe Gozález,ilustre socialista e amigo do PBX-Partido Berdadeiramente Xuxialista)de Portugal...dá a entender que o PS fez alguma coisa.Sim poderá ter feito em Esapnha,mas foi Aznar que efectivamente desenvolveu a economia de Espanha...Não chega só cotar nas despesas,teóricamente o PBX português diz que corta,mas os indices factuais dizem que o aumento com a despesa do estado é um facto,por sinal bem real.Em Portugal o PS-PBX,destrui o País,principalmente no tempo do Reinado do Rei Soares e do seu Marqês do diálogo-António Guterres.Aí afogou Portugal...Daí para cá temos um 1º ministro que fala muito e faz pouco.Ou faz muito e os seus ministros nada fazem,ou não obedecem e ele em vez de os mandar para a GALP,EDP,ou outros empregos já desenhados,espera pelo fim da presidência europeia de responsabilidade portuguesa.Não seria de despachar já estes incómodos imcomptentes,já alguns repetentes do tempo do guterrismo de má memória?

Quanto ao ministro das finanças até tem-se esforçado,tendo que recuperar o que o anterior (deste governo,já reformado e oriundo do Banco de Portugal não conseguiu fazer.
Mais quantos ministros das finanças não passaram por bancos?Pelo próprio Banco de Portugal?

Acho bem que se atirem aos bancos,mas que passem efectivamente à acção e não sejam teóricos e não seja mais uma manobra de entretinimento do povinho!

Espanha tem um índice de desemprego elevado,mas um nível de vida muito desenvolvido sendo considerada a economia emergente da actualidade,pensando-se que ultrapassará a França,e talvez a Alemanha nos próximos 10/15 anos...
A Irlanda estava atrás de Portugal.fez uma política de esforço,de verdade e nao de subsidiodependente,estragando,denunciando a agricultura e pescas!

Abraço
Mário relvas

bendix2006 disse...

Muito bem, não somos treinadores, isto é , economistas de bancada. Mas, ao contrário do que os economistas possam defender... (disse defender?), apregoam (supondo que os bons economistas,... não os vejo!), estão cada qual envolvidos na defesa da sua dama, dando azo a que alienados de 2ª categoria, governem e façam os maiores disparates!
Falta-me saber se os economistas, que estão no governo, são realmente a nata da classe, se o são... meus amigos, estamos feitos, se são apenas os desempregados do mercado, (albergados no programa dos Jobs for boys, poderá haver uma restea de esperança!).
Quando um primeiro ministro, apesar de bem falante e dominando bem a retórica, mete os pés pelas mãos, em relação à recessão, pois demontra não conhecer os ciclos económicos ( ou faz dos outros burros, e o Marques Mendes, foi o principal, pois o homem meteu água e não soube contrapor! Aí mérito ao Sócrates, ganhou aos pontos.)
Dizia eu... esses economistas... não sabem que se não houver dinheiro, a economia estagna, para, ... muito simples, não tenho dinheiro, não compro, o merceeiro não vende, despede o empregado, porque não pode pagar o salário, os fornecedores... não vendem, as empresas não produzem... e vamos todos comprar aos chineses, que é mais barato, por sua vez, até os chineses entram em crise, pois nem o barato se compra!
Perdoem-me, este exmplo, que é do senso comum, mas perceptível!
Os políticos, não os têm tido no sítio, porque estão para se governarem e não para governar, estão sempre na mira do tacho, em caso de retirada do tapete... o povo, sabe como é, uma mão lava a outra e à que não entrar em colisão, com os futuros patrões!!! Que tristes, que deslavados, traidores da pátria!
E dignidade? A honra? A honestidade? Não existe!!!
Enquanto, este estado da Nação, se mantiver, continuamos a ser os coitadinhos da Europa, continuamos a ser motivo de riso e anedotas, porque o português, é um povo acomodado e deixa que malandros, que nunca fizeram nada, na vida se situem na política, na chulice e chupa sangue de todos nós!

Mário Margaride disse...

Vamos ver se consegue esse intento!
Esperemos para ver.
Cumprimentos
Mário Margaride.

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas