05 novembro 2006

Charles Chaplin - Discurso no final filme "O grande ditador"

Muito sugestivo e para meditar este discurso de Charles Chaplin.
Num mundo, em que cada vez mais a tecnologia e a ciência, vai desbravando fronteiras do conhecimento. Num mundo, onde em pleno séc.XXI, o homem deveria poder usufruir de toda a tecnologia e conhecimento, ser feliz, viver melhor, com mais qualidade de vida, observamos que, continuamos a ser escravos do trabalho, que as condições de vida pioram.
Tudo em favor do apropriamento da riqueza mundial, por meia dúzia de senhores.
A pobreza aumenta a nível mundial, exponencialmente a riqueza de alguns aumenta também.
Tudo devido à má distribuição, às desigualdades sociais e injustiças.
Num periodo em que somos excedentários, na produção de alimentos ( Ocidente), morrem milhões de seres humanos à fome, porque os tramites de mercado e o jogo do grande capital, assim determina ( deitam-se fora alimentos, para não baixar o preço de mercado, penalizam-se países por excederem as cotas de produção, agrícola e pecuária etc.) e nós impávidos e serenos, não nos incomodamos, continuamos com a nossa vidinha, do dia a dia!

5 comentários:

david santos disse...

Bem bonito. Vi esse filme.
Um abraço.

MRelvas disse...

Caro Victor,

O Chalie Chaplin foi deveras um dos Homens que mais contribuiu-naquele tempo já-para a critica construtiva sobre o mundo.Por isso escolheu uma personagem-Charlot,sem dinheiro algum,um esfarrapado que lutava em cada episódio onde entrava,pela justiça,pelo amor e denuncia do mal.Muita gente ria sem perceber o que le queria efectivamente debunciar com o riso.As veddaes dizem-se a brincar!Nada mais eficiente que o HUMOR para acordar consciências!

Um abraço
Mário Relvas

Mário Margaride disse...

A verdade nua e crua amigo Simões.
As grandes destribuidoras do ramo alimentar, preferem de facto deitar fora, a baixar os preços!
Depois hipócritamente falam em fome e miséria.
Só que esses...nunca souberam o que é passar fome!
Um grande abraço.
Mário Margaride.

MRelvas disse...

Caro Margaride já não se recorda da nossa agricultura ter de deitar fora o seu tomate,as suas batatas,o leite dos açores,enfim...porque ou não conseguiam vender pela entrada de produtos espanhóis mais baratos (onde está a laranja do Algarve?),ou não dizerem que tinhamos leite a amis...ridículo o que se passa nesta pseudo europa...
O tomate que foi para o lixo.Penso que está apra fechar ou já fechou outra cooperativa produtora de tomate.

Não temos agricultura porque quizemos deixar de ser Portugueses para sermos europeus ou lá o que isso será!Não temos pesca...aconteceu o mesmo,deitava-se fora porque não conseguimos competir com os esoanhóis.Pois sabem meus amigos que a indústria se passa o mesmo.Assim, eu apelidei de bloqueio económico espanhól...

Abraços com aromas de PORTUGAL!
MR

Antonio Delgado disse...

Amigo Victor, sou o Antonio de Ecos e comentários. Deixo-lhe uma pequena postagem sobre esse homem ímpar que foi Charlin Chaplin.

Ele próprio sofreu mais do que ninguém as agruras da vida,antes de ser o que foi e posteriormente com a expulsão dos Estados Unidos, esse país das liberdades BLA...BLA...BLA.
Ele foi igualmente ímpar no progresso da industria cinematográfia e cultural...Mas felizmente era incómodo! Combatia as injustiças e as contradições do ser humano, como a riqueza, a avareza, a cobiça, a inveja,a religião a mediocridade,a hipocrisia sexual, as dictaduras e até a propria democracia. Tudo isto com a melhor arma que há: O HUMOR! Ele é fulminante porque deixa sem argumentação qualquer poder, seja religioso ou politico e é de livre aderencia.
Estes grandes poderes têm explorado e calado, ao longo dos séculos, a alma e a VOZ DO POVO. Charlin Chaplin teve a coragem de denuncia-los, como ninguém um a um.
Considero ainda que o seu legado, artistico, literario e musical, são verdadeiros hinos ao AMOR, à PAZ, à LIBERDADE e à JUSTIÇA, dai a universalidade da sua obra. Por este seu legado a VOZ DO POVO tornou-se mais digna e respeitada

Cordialmente António

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas