11 outubro 2006

NÃO É PARA ENSINAR NINGUÉM

Ao despedir-me desta minha família nem sempre bem acomodada, bem, coisas de famílias! Ah, mas espero voltar rápido. Não só para estar junto desta família, mas, sobretudo, refilar com a irmandade, seja ela mais velha ou mais nova. Não me vou ficar. Isso é que não! Ah, não vou, não!
Mas vamos ao que interessa.
Não pude vencer o atrevimento de me ausentar sem falar de poesia. Há coisas que para mim, ainda que aceite quem conteste e entenda outras formas de entender, a poesia não o é sem rima, métrica.
Há dias, uma nossa amiga postou Cecícilia Meireles. Pois muito bem. A Cecília sim, demonstrou ser poeta. Não só porque fez prosa poética, mas também, rima, métrica. Eu tive este atrevimento, porquê? Porque grande parte dos nossos trabalhos aqui expostos nesta área tem sido prosas poéticas. Por tudo isto, aqui fica o aviso, não existe poesia sem rima nem o seu bocado de métrica. Por isso, quando aparecem alguns não menos importantes que nós dizendo que a poesia fica melhor sem rima, podemos responder-lhe (s) com toda a clareza: estás enganado. Não é que os trabalhos não tenham a sua beleza e dignidade, mas são distintos.
Até breve.

david santos

6 comentários:

MRelvas disse...

Caro David,já vai para os arômas de África?Desejo-lhe, meu amigo uma boa estadia,que tente entrar connosco sempre que possa e em relação à poesia,eu concordo com o que escreve aqui.Eu gosto de ritmar,mas por respeito, não publico,não gosto de assassinar a poesia.
Bem haja David Santos,boa viagem.
Até sempre.

Mário relvas

JOSÉ FARIA disse...

Óh meu migo David Santos:
Na verdade eu também sempre procurei versejar rimando. Sempre procurei dar rima, e continuo a procurar eqilíbrio e sonoridade nas quadras que vou fazendo. Mas qual poéta qual quê,(!?) -Vou dando um jeito! Nem habilitações tenho para mais.
No entanto, procurando ajudar a sua compreensão e a minha,(!!) fúi à arca dos meus arquivos versejados e saquei de lá estes versos, que acho que vão de encontro áquilo que diz: "não existe poesia sem rima nem o seu bocado de métrica. Por isso, quando aparecem alguns não menos importantes que nós dizendo que a poesia fica melhor sem rima, podemos responder-lhe(s) com toda a clareza: estás enganado."
Eu quando concebi os versos a seguir transcritos, também foi com essa ideia: de que estava enganado! - Mas quem sou eu com o 9.º ano de escolaridade noturno(e a trabalhar de dia) para contestar a obra de Fernando Pessoa?
Ora ouça-me se faz favor:


GOSTAR DE PESSOA

Ando a ler Pessoa lentamente,
Sua vida e obra que me ensina,
Por vezes fecho o livro descontente,
Pois me cansa a poesia que não rima.

Diz o próprio Pessoa em sua obra,
Fazer rima é cansativo, é maçada.
Preocupar-se se palavra sobra,
Acrescentar com palavra achada.

Obrigatório não é forçosamente,
Escrever rimando em poesia,
Na de Pessoa parece estar ausente,
Parte bela que cria a melodia.

Eu sou leigo, pouco faço, pouco sei,
Mas diferencio a ordem da desordem.
Escrevo e digo do pouco que escutei,
Dilato o que meu sentido pode.

Como dentes de um pente ao alto posto,
Está o texto, frases curtas, harmonia.
Se sem rima o poema não tem gosto,
Declamá-lo não encontra melodia.

Mas continuo a ler p’ra conhecer,
Essa obra que me ensina, em fogo brando,
Perdoa pois meu errado entender,
Pois sou pessoa, sou Faria e não Fernando.(!?)


Foi o que se pôde arranjar amigo David... na hora!
Um Abraço Amigo!
E deixe navegar livremente a alma para maior receptividade de inspiração poética.

Mário Margaride disse...

Então meu amigo, vai caçar Leões! Ou são só gatinhos. Bom, amigo David, espero que tenha uma boa estadia, e boa viagem. Cá o esperamos, com prazer.
Um grande abraço. Mário Margaride.

A VOZ DO POVO disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
A VOZ DO POVO disse...

Em nome da administração do blogue, desejo-lhe uma boa viagem, que tudo corra como o desejado.
Se puder, e tiver um computador à mão não deixe de escrever.

Cumprimentos

MRelvas disse...

Querem infos perguntem.Não sejam incapazes.Não conseguem tirar infos de um ganapo.


Dei-vos as cahves do meu pc,nunca se faz tal...devem ter dito,ele não percebe nada disto...fi-lo consciente.Dei agora a outro inteligente que me apareceu no meu pc oferendo-se para tudo.Eu não confio em ninguém...mas vou vendo até onde vai o jogo.TD o que está no meu pc pode ser colocado nos jornais......


Trabalho com segurança meus amigos.

VIVA PORTUGAL!

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas