28 outubro 2006

Bolsos dos Portugueses mais vazios!


Parece, que decididamente as finanças e o nosso muito competente e digníssimo ministro das finanças, estão cada vez mais apostados em ir ao bolso dos pobres. Seja qual for o pretexto, alguns casos que me têm vindo ao conhecimento, de penhoras rídiculas a pobres trabalhadores, sem terem verificado as possibilidades de cada um, basta não ter o comprovativo de pagamento ao fisco. Pode ser até de à 10 anos atrás e até a camisa nos tiram!
Mas, pergunto eu qual a moral, aos verdadeiros prevaricadores, aos crimes de colarinho branco, não mexem, deixam prescrever dívidas de muitos milhões e aos pobres, zás... QUAL É A MORAL SENHOR MINISTRO? EM QUE PAÍS ESTAMOS?
Nesta foto bastante ilustrativa, brinca-se com o dinheiro dos contribuintes, os senhores da Brigada de Trânsito, vão trabalhar ou vão passear e curtir uma de aceleras? Os cabrioletes da BT, não são um despesismo? E mais aínda! Agora perdoam-se uns milhões de contos a Moçambique, respeitantes a dívidas relacionadas com a barragem de Cahora Bassa, diz o nosso competente e mui ilustre ninistro, que não é relevante para o défice... MAS OS BOLSOS DOS PORTUGUESES, ESTÃO CADA VEZ MAIS DEPENADOS, POR CAUSA DO BENDITO DÉFICE!

Enfim um Governo pobre, de um país em ruína, que faz fulestrias e esbanja, como se fosse rico!
Um governo, que não dá o exemplo, não é justo, não é um governo de todos, um governo para os bolsos das elites sociais e clientelismos habituais.

Nota: Esta a crítica é extensível a todos quantos tem governado este país, após a Revolução de Abril... todos mesmo, o bom da Revolução materializa-se nos bolsos dos donos da quinta.

4 comentários:

MRelvas disse...

Estou de acordo consigo amigo Victor.Agora sobre "os cabriolets" deve especificar a quantidade...pois como sabe há policiamentos para tais carros!dou-lhe um exemplo,há mais, para um descapotável,as corridas de ciclismo.Entre elas a volta a Portugal.
Para lá de penso ser um carro produzido em portugal...posso estar enganado,sobre a proveniência,mas penso que é feito em Portugal.
Bem,os cabriolets são carros como outros com capota rígida,automática,com motor diesel potente e económico.Este é um carro para 8 a 9000contos...Mas os BMWs e os Imprezas são mais caros e têm prestado um bom serviço na àrea do policiamento das auto-estradas!!Assim este carro faz 2 em 1, num só, pode fazer os serviços normais de capota fechada,rígida e de serviços de patrulhamento auto de corridas ou outras.
Caro amigo Victor,sempre houve descapótáveis nas forças de segurança-a PSP tb recebeu.

Quanto aos casos de colarinho branco é isso-o branqueamento das coisas.A Casa Pia leva mais tempo que o julgamento de Nuremberga-26 meses!
Quanto a Moçambique é uma catástrofe,mas se não perdoassem...não recebiam nenhum!Houve mais regalias que Portugal deu e que não se comenta..para breve!

Como diz alguém-a quinta lusitana,dos barões dos políticos de Portugal!

Um abraço

MRelvas disse...

E mais uma coisa,amigo Victor-Barragem de Cabora Bassa.Chamem lá o que quizerem,mas muitos militares portugueses morreram em Cabora Bassa e não na Cahora Bassa deles!
Foi na nossa,parece que ficamos ainda com 15 a 17% daquilo...talvez para quando der problemas Portugal ajudar a pagar!...

Por outro lado estão lá portugueses na Barragem a trabalhar,para eles mano um abraço,em especial para o meu ex-Comandante de Companhia T. Corn. cmd pq Carlos Alberto Garcia Pinto...No perímetro de segurança da referida CABORA BASSA!

Um abraço Victor
MR

A. João Soares disse...

Caros Víctor e Relvas,
Infelizmente, a cada momento, somos confrontados com um País gravemenete doente, com uma doença crónica que se arrasta ao longo dos anos e parece incurável. É uma doença do foro psiquiátrico. O ministro da saúde, às vezes parece procurar fugir ao contágio mas erra e não mostra interesse em criar hospitais para loucos.
O esbanjamento, a ostentação sem bases racionais são uma triste realidade em empresários e particulares. O que interessa é a qualidade do carro, mesmo que tenha sido comprado a prestações e estas fiquem por pagar, a roupa de marca, as férias em local de nome sonante, mas passa-se fome.
Mas, se os particulares podem fazer asneiras e até suicidar-se, é seu problema, embora nos preocupe a todos, mas os governantes deviam pensar, pelo menos uma vez, antes de desperdiçarem os nossos dinheiros. Estando o País em crise que nos obriga a sucessivos apertos de cinto, é de loucos enviar levianamente tropas, para o Iraque, Bósnia, Afeganistão Timor, Líbano, RDCongo, Angola, Moçambique, etc.
Para mostrar o quê?
Agora, repare num caso que está em gestação. Estando a falar-se no elevado consumo de electricidade, muito «bem» taduzido na declaração pública de un secretário de Estado acerca dos 16,5% de aumento, vão ser gastos vários milhões nas iluminações de Natal, na árvore de Natal que irá ser a mas alta da Europa ou talvez do Mundo!!! Somos realmente um País de loucos.
O velho de Restelo não era tão orate como Camões quis mostrar.
Um abraço
A J S

victor simoes disse...

Cabora Bassa, designação da barragem, ao tempo dos portugueses, actualmente a designação é Cahora Bassa. Assim, mudam-se os tempos, mudandam-se as formas, também de designação.
Maputo, era Lourenço Marques etc. etc...

http://pt.wikipedia.org/wiki/Barragem_de_Cahora_Bassa

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas