20 setembro 2006

Boa sorte, ao novo procurador-geral da República!


O juíz-conselheiro Fernando José Matos Pinto Monteiro, é o próximo procurador-geral da República (PGR), rendendo assim Souto Moura, que tomará posse no próximo dia 9 de Setembro.
Espera-se, que o novo procurador, tire do "banho maria moribundo", em que se encontra, já há cerca de quatro anos, o famigerado caso "Casa Pia".
Como todos sabemos, se arrasta indefinidamente no tempo, sem fim à vista.
O ainda procurador Souto Moura, na altura dos acontecimentos, Novembro de 2002, se tinha proposto a ir com as investigações até às ultimas consequências.
Todavia, começaram a surgir problemas, quando da detenção de Paulo Pedroso então deputado do P.S. (Partido Socialista), como aliás já acontecera dois meses antes, com a detenção de Carlos Cruz, onde dizia que não era suspeito, depois já era novamente!
Acabando por isso, por ser detido.
Entrando nalgum desnorte, que motivou na altura, por parte de alguns partidos políticos, o pedido para a sua demissão.
Além, das famosas escutas telefónicas, também elas envolvendo Ferro Rodrigues, o então Secretário Geral do P.S, entre outras personalidades.
Este processo da "Casa Pia", que já rios de tinta fez correr, e que Souto Moura, nunca foi capaz de liderar com firmeza, e determinação, deixando chegar ao ponto em que neste momento se encontra, ou seja, parado sem fim à vista.
Com as reviravoltas, que este processo já levou, temo, e concerteza os portugueses também, que não irá haver culpados, e que mais uma vez a culpa irá morrer solteira.
E as vítimas, as crianças...ainda vão virar culpadas!
Esperam, todos os portugueses, deste novo procurador, um novo impulso no processo "Casa Pia".
Qual telenovela, de tão complexo enredo, não se vislumbrando, fim à vista!
Não só este caso concerteza!
Mas o caso, "Casa Pia", é de facto aquele, onde o ainda procurador Souto Moura, mais "escorregadelas" deu.
Espera-se, por isso, que este novo procurador, tenha capacidade de não se deixar intimidar, por interesses obscuros, que gravitam à volta deste caso da "Casa Pia", e dos demais casos!
Que se eternizam nos tribunais, os chamados casos de "colarinho branco", que por outras palavras significa, corrupção, que vão saltando de tribunal em tribunal, sem que se vislumbre, um fim!
Esperemos pois, que seja firme e decidido, nas suas decisões, e não se deixe enredar em manobras de bastidores, por parte daqueles que não estão interessados, que estes casos, se resolvam.
E que tudo farão, para que a "engrenagem", não funcione!
Por isso, desejo boa sorte, ao novo procurador-geral da República, Pinto Monteiro!

1 comentário:

MRelvas disse...

Desejo sorte ao Procurador-Geral da República.Numa altura muito conturbada para a justiça,forças de segurança e de investigação,de "informações" onde é preciso travar os fenómenos de corrupção,fazer andar os milhares de processos parados nos tribunais,dos processos que não têm seguimento nos órgãos de investigação criminal...Para lá da sorte é preciso coragem de mudar o que emperra...veremos se tem coragem.Tudo o que realmente seja para bem do meu país,da segurança dos cidadãos e da liberdade,eu grito a plenos pulmões

PRESENTE PORTUGAL!

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas