09 setembro 2006

A VOZ DO POVO

S.O.S.
É mesmo um pedido de socorro.
Penso, embora admita que haja quem não concorde, todos termos a nossa dose de conhecimentos e falta deles. Por isso, sermos conhecedores e ignorantes, em determinados casos, calro está. Conclusão: nem sabemos tudo nem desconhecemos tudo.
Acabo de ler um editorial dum jornal local, que ainda está aqui na minha secretária. Tem cerca de três mil caracteres, não mais. Eis o que este (santo) diz no decurso do tal editorial para dar "sova" não cheguei a perceber a quem, a mim não era, podem confiar. Mas vamos lá: «dejectos, ignorantes, incompetentes, irresponsáveis, canalha, mediocridade, estupidez, indigência mental, espécies supostamente iluminadas, cota da sanita, relho, poleiro, figurantes ridículos, brancos, tintos, palhetes e rosé, revolução, China, Cuba e Venezuela, caixa de ressonância», esta última não é assim que se escreve, mas vamos em frente. «partido no poleiro, máfia, reaccionários, demagógica, máscara, fábrica às malvas, ancorou, erupções, gangrena, vulcões, letal lava.» Há mais, mas por agora, chega.
Claro que isto fora do contexto não dá para quem queira ajudar-me fazer muita coisa, mas considerando o número de caracteres do texto e com um pouco de esforço, quem sabe?
Caí em letargia permanente ou isto será analfabetismo funcional?
Ajudem-me, por favor!

6 comentários:

A. João Soares disse...

Caro Sr
Não se aflija. Guarde essa obra de arte, autêntico conteúdo de sanita, mas longe do nariz!
Deve tratar-se de um panfleto merecedor de ter muitos assinantes, dada a qualidade desse editorialista!!!
Nem tudo vai mal no nosso País, há coisas que são péssimas, como essa.
Há dias, fiz uma visita a um blogue e encontrei um «post» com muitos comentários e a minha curiosidade levou-me a dar-lhes uma olhadela. Era uma troca de mimos demasiado pouco cortês entre uns poucos comentadores que tal como o eco não se cansavam de retrocar os impropérios.
Neste jardim à beira-mar plantado, muitas rosas não dão flor, mas têm mais espinhos do que o desejável
É bom sabermos que a realidade contém destas escórias.

MRelvas disse...

Um jornal com editorial assim deve ser "dos bons"...no entanto essas palavras demonstram,em minha opinião contradicções claras.Ou pura e simplesmente o homem ataca tudo e todos,sem análise real e objectiva.Assim caro companheiro não vejo como possamos responder ao seu SOS,a não ser escrevendo os nossos textos livres,mas que focam realmente os reflexos sociais por cada um vividos no âmago da sua consciência.
Um abraço
MR

António João disse...

Não se aflijam. Como este há muitos outros. O que pretendeu foi mostrar que conhece muitas palavras difíceis. Imaginem quantas horas de gozo ele não terá ao rever-se vaidosamente na beleza que escreveu. Pura masturbação «intelectual». possivelmente nem quer atacar ninguém em concreto, como diz o Sr Relvas. Quem fica muito mal nesta fotografia é o jormnal que publica esta «beleza de hortaliça». Possivelmente quer imitar, mas muito mal, os discursos do Sampaio que ninguém percebia bem o que pretendia dizer.

victor simoes disse...

Não estamos a ler o texto, mas como diz, com tantas palavras "eruditas" por certo que não passa de uma publicação de qualidade muito duvidosa e sem credibilidade nenhuma e que não merece sequer, os comentários que lhe possamos dedicar.
Um abraço!

PS: Deixo aqui e agora o convite, para participar aqui no "A Voz do Povo", peça o acesso para: avozdopovo@sapo.pt

victor simoes disse...

David, peço imensa desculpa, pela confusão, você já aqui é participante.
Um grande abraço.

Mário Margaride disse...

Infelizmente, existem sempre alguns energúmenos, que como não têm capacidade para criticar com elegância, quando estão em desacordo.
Dizem estes disparates!
Eu diria parafraseando um adágio popular.(vozes de burro não chegam ao céu)

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas