23 setembro 2006

Snrs. empresários, invistam na modernização das empresas!


O desemprego, é neste momento em Portugal, um dos problemas que mais afecta a população.
Que neste últimos anos, tem subido assustadoramente. Mas, dá-me a sensação, que "muita boa gente" desvaloriza esta autêntica chaga social, que coloca milhares de famílias no limiar da miséria.
Principalmente na industria, nos seus variados sectores, desde da metalurgia e metalo-mecánica, passando pelo ramo automóvel, têxteis, calçado, etc.
Pessoas que tendo pouca formação, e vários anos ligados a esses sectores, são atirados para o desemprego, muitas delas, com mais de 45 anos.
Que depois naturalmente, têm muita dificuldade em arranjar outro tipo de emprego.
Visto nunca terem feito mais nada durante uma vida inteira, a não ser anos de trabalho e entrega nessas empresas.
Muitas dessas pessoas com 25, e 30, anos de trabalho e algumas mais, nessas empresas que entretanto fecharam.
E na sua esmagadora maioria, por não se modernizarem, e deixarem de ser competitivas.
E naturalmente, os trabalhadores, é que sofrem na pele, essa falta de investimento na modernização, por parte dos empresários, indo parar ao desemprego.
Depois muitos admiram-se, de haver muita gente no desemprego!
Não são concerteza os trabalhadores, que querem ir para o fundo de desemprego de livre vontade!
São para lá empurrados, pelo marasmo de muito empresários sem escrúpulos, que em vez de modernizarem as empresas, desviam o capital para outros fins.
E eu sei muito bem do que estou a falar, tenho conhecimnento directo de muitas situações por onde passei, exactamente no sector da metalurgia!
A sociedade portuguesa e os empresários em particular, se não quiserem que a lista de desempregados aumente, invistam na modernização das empresas!
Em vez de passarem a vida a acusarem o governo, de ser o responsável pelo desemprego.
Que eu saiba, os "empregados" do governo, ou seja do estado, não estão no desemprego!
Ou seja, os funcionários públicos.
Pelo contrário, são apesar de tudo, os que melhores condições de estabilidade laboral têm.
Por isso, não responsabilizem o governo pelo desemprego!
Quem lá está, são os trabalhadores do sector privado.
Por isso, lanço um apelo!
Senhores empresários, invistam na modernização das empresas, para que se tornem competitivas, e verão, que o desemprego diminui!

1 comentário:

A. João Soares disse...

Trata-se de um problema grave.
Mas não se equaciona com demagogias e raivas. É fruto de uma questão cultural nacional. Postos de trabalho existem e a prova reside na quantidade de imigrantes que chegaram e encontraram trabalho. Porquê? Porque os nacionais não quiseram ocupar esses lugares. Outro aspecto é a deficiente escolaridade que não dá capacidade às pessoas para criarem pequenas empresas, em vez de ficarem na ociosidade à espera de lhes trazerem um tacho com bom ordenado mensal, fazendo o mínimo. Outro aspecto é a incapacidade de calcular o risco de um negócio e de o saberem contornar e assumir.
Há muita gente que procura estabelecer-se por conta própria e que pouco depois antes de o negócio estar consolidado, abandona-o. As grandes empresas, numa óptica por vezes enviezada, procuram reduzir custos e tomam decisões menos correctas, pois o problema económio nem sempre está na reduçãp da mão-de-obra ou recursos humanos, mas também na modernização em termos de clarificação da estrutura e de equipamentos. Também os sindicatos não procuram incentivar os trabalhadores a aperfeiçoarem os seus conhecimentos para serem mais eficientes, criarem mais lucros para a empresa e, depois saberem reivindicar a mais justa distribuição destes, por forma a retirarem uma compensação justa.
Enfim, Sr. Mário Margaride, o tema é muito interessante, mas muito vasto, carecendo de uma análise sistemática e profunda.
Um abraço

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas