14 setembro 2006

Pedantes

Acho piada a alguns
Que se julgam superiores
Só porque têm dinheiro
Já pensam que são doutores

Coitados desses pedantes
Têm dinheiro, que é obra!
Inteligência, é que lhes falta
Pois petulância, é de sobra

Pois esses seres "superiores"
Que arrogância não lhes falta
Um dia quem sabe, um dia...
Terão que prestar contas, à "malta"

A miséria que se instala
Ela não vem por acaso
São esses seres "superiores"
Que a fomentam, sem prazo

Para esses é importante
A miséria persistir
Enquanto houver ignorância
São lucros sempre a subir

Mais lucros para esses tais
Que se julgam importantes
Mas coitados desses ditos
Serão sempre ignorantes

6 comentários:

victor simoes disse...

Nem de propósito, acabei de apelidar de pedantes, os não autistas, com atitudes de autistas!
( Comentário no post anterior ) E o meu amigo, vem dar a definição de pedantes...
mto bem Mário.
Um abraço.

MRelvas disse...

A dignidade é o meu cartão de crédito.Infelizmente este cartão de crédito não é aceite em muitos lado...
A honestidade hoje conta como saldo negativo...
Sou assim e provavelmente assim morrerei...espero!
abraço

david santos disse...

Ó Mário, um abraço.
Essa de excesso de sujectivismo. Subjectivismo delirante com perda de contacto com a realidade exterior é a única forma de viver dos bons, poetas, homens que tentam viver à margem daquilo que o Mário deprecia lá no poema.
Talvez a sua "pedrada" tenha vários sentidos, será?
Adorei, meu amigo. Mas estou a dar-lhe sentidos doversos.
Até sempre, Mário.

david santos disse...

Está certo, Mário. Certinho. Como não vi comas na palavra superiores fiquei confuso com autismo. Mas ostentar conhecimentos que se não possui não traz mal ao mundo. O que é necessário é ajudá-los a caminhar no sentido correcto.
Um abraço. Deu-me trabalho, pode crer!

Tiago Carneiro disse...

O grande mal é a impunidade que se vê nesses "ricos" senhores.
O que falta por cá é uma ETA que (apesar dos inocentes) de vez em quando rebenta com um senhor desses. m Espanha os "boys" tem mais cuidadinho.

Mesmo com este exagero, às vezes é a vontade que dá... PUUUMMM.
Como não podemos vai em palavras.
Parabéns pelos comentários e pelo blog.
Abraço

david santos disse...

Tiago, Tiago! Não sejamos tão severos... Sabe, melhor que eu, serem as vítimas inocentes que pagam, nunca a "mãe" que pariu as maldades. Nem ETAS nem nada que de alguma jeito possa gerar maldade.
Eu sei não ser esta a sua verdadeira intenção, mas, quem sabe, não venha a gerar descontentamentos. Nem tanto ao mar nem tanto à praia. Um abraço, Tiago. Adoro os seus textos, mas não concordo com este.
Até sempre...

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas